Sabe o que é melhor que ganhar na loteria? Participar do “experimento social” do bilionário japonês Yusaku Maezawa. Recentemente, Maezawa decidiu que vai doar a seus seguidores, no Twitter, um total de US$ 9 milhões. Ou seja, cerca de R$ 36,6 milhões. De acordo com o bilionário, a iniciativa tem como objetivo avaliar a felicidade que o dinheiro ocasiona na vida das pessoas.

“É um experimento social sério”, afirmou Maezawa em um vídeo no Youtube. Com o processo, Maezawa espera atrair o interesse de pesquisadores acadêmicos e economistas.

Experimento social

Publicidade
continue a leitura

Os seguidores, que retweetaram um post publicado pelo bilionário no dia 1º de janeiro, serão selecionados aleatoriamente. Ao todo, mil pessoas serão selecionadas para participar do experimento social. Cada um dos selecionados deve receber cerca um milhão de ienes (R$ 36,7 mil).

Nesse ínterim, pesquisas regulares serão feitas, para avaliar o impacto do dinheiro na felicidade das pessoas. De acordo com a Reuters, “a iniciativa de doar os US$ 9 milhões é uma forma de estudar a renda básica universal. O conceito é amplamente discutido entre círculos políticos e também já foi citado pelo candidato à presidência dos Estados Unidos, Andrew Yang”.

Em contrapartida, para muitos, o experimento de Maezawa tem pouco a ver com a proposta. "A renda básica seria um pagamento regular para dar às pessoas alguma segurança", disse à Reuters Toshihiro Nagahama, economista do Dai-ichi Life Research Institute. "A proposta de Maezawa é totalmente diferente".

Para quem não se lembra, o executivo já apareceu no noticiário antes. Yusaku Maezawa será o primeiro "turista espacial" da SpaceX, empresa de Elon Musk, a ir à Lua.

Publicidade
continue a leitura

Yusaku Maezawa

Yusaku Maezawa será o primeiro passageiro do Big Falcon Rocket (BFR), o primeiro foguete comercial tripulado da SpaceX, empresa de Elon Musk. O bilionário fará a viagem inaugural em 2023. Trata-se de um passeio de uma semana e meros 386,24 mil km até à Lua e de volta à Terra.

Vale lembrar que o empresário não irá tocar o solo lunar. Nem Maezawa e nem Elon Musk revelaram o custo específico da aventura. O bilionário irá viajar com seis ou oito artistas de sua escolha dentro da espaçonave. O grupo vai usar a viagem, como inspiração para criar uma série de obras, a serem reunidas sob um mesmo projeto, o #dearMoon.

Publicidade
continue a leitura

Maezawa é, segundo lista recente da Forbes, o 18° mais rico do Japão e o 59° maior bilionário da área tech. Atualmente, sua riqueza é avaliada em US$ 2,9 bilhões. Em 2016, ele bateu o recorde, pelo mais caro arremate de uma obra do Jean-Michel Basquiat, em 2016. O bilionário fez o mesmo em 2017.

Acredita-se que Jean-Michel Basquiat, artista americano, seja um dos que irá à lua com Maezawa. "Um dia quando estava olhando para uma de suas pinturas, me peguei pensando 'e se Basquiat tivesse ido ao espaço'? Que obras maravilhosas ele teria criado?'", disse o empresário, em entrevista, a meios de comunicação.

Maezawa entrou no mundo dos negócios, em 2002. Depois de ver seu lado empreendedor dar frutos, Maezawa abriu a varejista de moda Zozotown, o maior e-commerce do setor no país. Inclusive, esta chegou a conseguir 76 bilhões de dólares em vendas, em seu último ano fiscal.

Publicado em: 13/01/20 18h38