• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse é um vídeo de Chester Bennington 36 horas antes de seu suicídio, e nos mostra como a depressão é uma doença invisível

POR Isabela Ferreira    EM Entretenimento      19/09/17 às 19h57

No último dia 16 de setembro, o twitter entrou em alvoroço com um vídeo postado por Talita Bennington, viúva de Chester Bennington, que era vocalista do Linkin Park. Assim como já sabemos, o cantor sofria com depressão há algum tempo e já teria tentado suicídio em outras oportunidades, mas foi no dia 20 de julho de 2017, que o mundo perdeu um grande artista. Foi exatamente neste dia que Chester cometeu suicídio, aos 41 anos de idade.

Não foi uma enorme perda apenas para a família do músico. Milhões de fãs espelhados pelo mundo todo se sentiram, e ainda se sentem completamente desolados. Acontece que no dia 16, a mulher publicou um vídeo mostrando Chester feliz ao lado dos filhos. As imagens teriam sido registradas pouco tempo antes da fatalidade. Ele se mostra muito brincalhão e come jujubas com os filhos. Vendo os registros, ninguém poderia imaginar o que viria a seguir. É simplesmente chocante.

Exatamente por isso que Talinda resolveu mostrar o vídeo ao mundo. Ela quis ilustrar que "a depressão não tem um rosto ou um humor". No mesmo período em que a pessoa pode se mostrar muito bem, ela já pode sofrer com recaídas. É muito importante estar atento aos sinais, e suspeitar de tudo. Nesses casos, é fundamental que a família seja a base, o suporte para que o depressivo consiga se apoiar. Infelizmente, Chester não conseguiu sair vivo dessa.

Relatos de Talinda

Na legenda do vídeo ela escreveu: "Isto é o que a depressão nos pareceu apenas 36 hora antes de sua morte". Acrescenta ainda que tem consciência de que ele amava muito a família e que sem dúvidas, eles também o amavam.

Em depoimento ainda mais emocionado ela diz: "Ele era uma alma brilhante e amorosa com a voz de um anjo [...] e agora ele não está cantando suas canções em todos os nossos corações. Que Deus abençoe todos nós e ajude-nos a recorrer uns aos outros quando estamos com dor. Chester queria que o fizéssemos. Descanse em paz, meu amor!".

Em uma outra ocasião, Talinda também já havia postado uma foto íntima de família registrada dias antes da morte. Da mesma forma, tinha a intenção de destacar a natureza imprevisível de alguém que sofre de depressão. Ela usou a seguinte legenda: "Pensamentos suicidas estavam lá, mas você nunca saberia...".

Filho de Chester publica vídeo no YouTube

Na última terça feira, o filho de Chester resolveu marcar a Semana de Prevenção ao Suicídio com a publicação de um pequeno clipe no YouTube. Suas palavras realmente emocionam: "Eu quero comprometer-me que falarei com alguém antes de me machucar quando me sinto deprimido, triste, ou atravessando uma semana, um mês, ou um ano difícil". Ele ainda nos desafia a fazer o mesmo! É uma atitude mais do que bonita vinda de uma criança passando por momentos turbulentos.

Talinda se questiona como continuará a viver sem o marido, mas levanta a importância de estarmos sempre atentos às pessoas que convivem conosco. Se preocupa com o estado emocional e psicológico dos filhos, mas no fim das contas, sabe que as coisas ficarão bem. O caso de Chester é apenas mais um para nos fazer abrir os olhos.

Depressão é uma doença séria e deve ser tratada como tal! Muita gente tem mania de acreditar que a pessoa apenas procura por atenção cometendo atos de automutilação, o que é realmente absurdo! Levantemos a bandeira da paz, e vamos ajudar quem precisa! Não dá pra virar as costas para uma situação como essas. Abaixo você pode conferir o vídeo publicado pela mulher:

E então pessoal, o que acharam? Já tinham visto o vídeo antes? Compartilhem suas ideias com a gente, aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+