• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Esses foram 4 jogadores que morreram durante a Copa do Mundo

POR Mateus Graff    EM Copa do Mundo      25/06/18 às 15h58

A Copa do Mundo FIFA é um campeonato mundial que acontece de 4 em 4 anos e envolve 32 equipes. Bom, recentemente fizemos matérias sobre a Copa, como os 7 fatos sobre a Copa do Mundo de 2018 na Rússia e 10 acontecimentos marcantes no ano da última Copa do Mundo. Hoje, como ainda estamos no clima, resolvemos fazer essa matéria com alguns  jogadores que, infelizmente, morreram durante o campeonato mundial.

Bom, imaginem um cara estar realizando o sonho de sua vida em jogar na Copa do Mundo mas o destino ter preparado algum trágico. Sim, isso aconteceu, e não foi apenas uma vez. A gente separou alguns casos para vocês. Então, confiram agora a nossa matéria com os 4 jogadores que morreram durante a Copa do Mudo:

Sam Okwaraji - Nigéria

Sam Okwaraji tinha talento tanto academicamente quanto atleticamente. Durante os anos 80, ele jogou em muitos clubes europeus e retornou a nigéria em 1988 para jogar pela seleção. Em agosto de 1989, Sam Okwaraji e seus companheiros estavam em um jogo decisivo contra Angola, válido pelas eliminatórias para a Copa de 90.

Infelizmente Okwaraji sofreu um infarto fulminante e morreu diante das 100 mil pessoas que lotavam o Estádio Nacional de Lagos. Ainda em choque, o time nigeriano voltaria a campo duas semanas depois para deixar a vaga escapar diante de Camarões.

Marc-Vivien Foé - Camarões

A Copa das Confederações da FIFA é realizada a cada quatro anos. Vencedores dos diferentes torneios regionais e continentais, com representantes da Ásia, África, Américas, Oceania e Europa, competem, juntamente com o vencedor da Copa do Mundo anterior e a nação anfitriã da próxima Copa do Mundo.

Muitos consideram esse campeonato como um esquenta para a Copa do Mundo, tanto que a Copa das Confederações é chamada de "Mini Copa do Mundo".

Em junho de 2003, a seleção de Camarões chegou à semi final da Copa das Confederações. Em um confronto contra a Colômbia, os camaroneses saíram na frente. Mas nos 72 minutos de jogo, Marc-Vivien Foé desmaiou. Os médicos tentaram reanimá-lo durante 45 minutos, mas sem sucesso. Foé morreu no estádio enquanto seus companheiros terminavam o jogo. Enquanto eles estavam comemorando no vestiário, o capitão Rigobert Song deu a triste notícia da morte de Foé.

A autópsia realizada em Foé revelou que ele sofria de um caso não diagnosticado de cardiomiopatia hipertrófica, uma doença cardíaca caracterizada por aumento dos músculos das células cardíacas que levam a um espessamento das paredes do ventrículo. Foé tinha apenas 28 anos.

Andrés Escobar - Colômbia

Andrés Escobar não morreu em campo, mas supostamente por causa de um gol contra na Copa do Mundo. Estamos falando da Copa do Mundo de 1994, nos EUA. Na época, a Colômbia era uma grande potência do futebol mundial e iria enfrentar os EUA. Com o placar de 0 a 0 a minutos antes do intervalo, o zagueiro Andrés Escobar tentou bloquear um chute e acabou fazendo gol contra. Os EUA marcaram mais um, o jogo acabou 2 a 0 e com a Colômbia eliminada.

A seleção colombiana voltou para casa e Escobar foi para sua casa, em Medellin. Menos de duas semanas depois da eliminação, Escobar saiu de um restaurante com uma amiga as três e meia da manhã. Ele foi abordado por três homens que deram 12 tiros no jogador de apenas 27 anos de idade. As autoridades colombianas acreditam que o assassinato foi encomendado por senhores do crime da Colômbia, que podem ter feito apostas altas na vitória colombiana.

18 jogadores da seleção de Zambia

A Seleção da Zâmbia iria participar de uma partida das eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994 em abril de 1993, contra Senegal. No entanto o avião da Força Aérea da Zâmbia explodiu logo após decolar de um aeroporto em Libreville, no Gabão, onde tinha parado para reabastecer.

No total 30 pessoas morreram. Entre as vítimas estavam 18 jogadores, três dirigentes da Associação de Futebol da Zâmbia e cinco militares morreram. Os jogadores foram sepultados perto do Estádio da Independência na capital, Lusaka. O melhor jogador do time, Kalusha Bwalya não estava no avião e comandou a nova equipe que chegou à Final da Copa Africana de Nações em 1994.

Mas e vocês, já conhecia todas essas histórias trágicas desses jogadores? Comentem!

Próxima Matéria
Via   Grunge  
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+