Fatos NerdNotícias

Filha de Stan Lee fica do lado da Sony no caso do Homem-Aranha

0

O assunto do momento tem levantado posicionamentos de todos os lados. Enquanto alguns fãs da Marvel culpam a Sony pela saída do Homem-Aranha do MCU, outros apontam para a Disney. Esse último foi o caso da atriz Joan Celia “JC” Lee, a filha do falecido ícone dos quadrinhos, Stan Lee. De acordo com a herdeira do artista, o ex-presidente da Marvel Comics ficaria feliz com a notícia de que a Casa do Mickey Mouse não conseguiu controle sobre seu personagem. Para aqueles que não sabem, o alter ego de Peter Parker é uma co-criação de Stan Lee e Steve Ditko.

Desde a última terça-feira, a decisão da Sony de limitar o acesso da Disney ao Homem-Aranha e remover o herói do MCU tem dado o que falar. Aparentemente a organização-mãe da Marvel Studios queria que seus termos com a outra companhia fossem alterados. Segundo informações, a Disney solicitou trinta por cento dos lucros sob o filme do Aranha. Contudo, levando a consideração que a multinacional já recebia cinco por cento da bilheteria de estreia e o capital do merchandising, a Sony disse que não alteraria o acordo. Esse desentendimento resultou na saída da Marvel da produção dos filmes do lançador de teias.

O posicionamento da filha de Lee

Segundo sua entrevista para o TMZ, JC Lee defendeu a decisão da Sony de limitar o controle sobre o Homem-Aranha. Dessa forma, removê-lo das produções da Disney era algo necessário e Stan teria apreciado. Além disso, a filha de Lee ainda explicou que os heróis criados por Stan não devem ser monopolizados. “A Marvel e a Disney buscam o controle total das criações de meu pai. Por isso, elas devem ser checadas e equilibradas por outras que, mesmo visando o lucro, tenham respeito genuíno por Stan Lee e seu legado”, informou a atriz.

Aparentemente os Bananas de Pijamas não eram irmãos, entenda

Matéria anterior

Sasuke descobre ponto fraco de Jigen em novo capítulo de Boruto

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.