Notícias

Foto do Papa Francisco com casaco estiloso foi gerada por IA

0

No último sábado, dia 25, uma foto do Papa Francisco usando uma jaqueta branca com estilo “drip” viralizou nas redes sociais.

No entanto, apesar de várias teorias terem surgido sobre a origem da foto, ela não é autêntica e foi criada por meio de Inteligência Artificial (IA).

De acordo com informações divulgadas, o casaco seria uma criação do estilista italiano Filippo Sorcinelli. Ele já desenvolveu outros projetos para o Vaticano e para o Papa Francisco, bem como para o seu antecessor, Bento XVI.

Via UOL

A imagem inicialmente apareceu no Reddit, uma comunidade de fóruns online, na página Midjourney, que apresenta criações feitas com a ferramenta de IA que permite criar imagens hiper-realistas a partir de uma descrição.

No entanto, bastou chegar ao Twitter para viralizar entre os usuários, criando uma centena de memes e chegando até mesmo nos portais de informação online.

Contudo, a foto do Papa Francisco não era real, e muitos não perceberam antes de compartilhar. Mesmo que fosse em forma de piada, esse acontecimento mostra os perigos que a inteligência artificial traz para o mundo das celebridades e personalidades influentes.

Os perigos da foto do Papa Francisco

Via Vatican

A tecnologia de criação de imagens hiper-realistas por meio de Inteligência Artificial (IA) pode apresentar diversos perigos, como por exemplo, a possibilidade de manipulação de imagens e a criação de provas falsas para destruir a reputação de indivíduos ou organizações.

Com a crescente sofisticação das ferramentas de IA, é possível criar imagens e vídeos que parecem autênticos, mas que na verdade são falsos. Isso significa que é cada vez mais difícil distinguir entre o que é real e o que é falso. Assim, pode levar a consequências graves em diversos campos, desde o jornalismo até a política.

Um dos principais perigos é o uso malicioso da tecnologia para criar provas falsas com o objetivo de prejudicar a reputação de alguém.

Por exemplo, uma imagem ou um vídeo com manipulação pode influenciar na acusação de uma pessoa de um crime ou para criar uma falsa narrativa sobre sua conduta.

Além disso, a manipulação de imagens pode servir para distorcer fatos históricos e para espalhar desinformação em larga escala, o que pode ter um impacto negativo na sociedade como um todo.

Embora a foto do Papa Francisco tenha sido uma tentativa de piada, algo mais grave poderia surgir dessa produção, principalmente por se tratar de uma figura religiosa de importância e respeito.

Como identificar esse tipo de imagem

Via CNN

Para identificar se uma imagem foi produzida por inteligência artificial, é importante prestar atenção em alguns aspectos, por exemplo, é possível perceber isso em fundos com alto desfoque, por exemplo.

O mesmo se aplica para textos difíceis de ler, no fundo da imagem, falta de equilíbrio e simetria no rosto, partes que se parecem com uma pintura, em vez de fotografia, e objetos que ficam juntos com a pele.

Ferramentas de manipulação fotográfica também tendem a duplicar alguns elementos quando usam uma base já pronta.

No caso da foto do Papa Francisco, apesar de estar quase perfeita, há alguns detalhes suspeitos.

Por exemplo, o objeto na mão direita que parece uma garrafa e está desfocado. Além disso, tem uma definição estranha nos dedos da mão direita e dois anéis na mão esquerda, sendo que o anel papal é usado na mão direita.

Para se prevenir, a melhor medida é fazer uma busca reversa no Google, procurando por referências em sites oficiais e confiáveis.

Dessa forma, a plataforma poderá indicar se existem correspondências, outros ângulos de fotografia e até mesmo se algum usuário indicou a falsificação.

Esse caso, que surgiu com a foto do Papa Francisco, abriu precedentes para novos estudos e cuidados com comprovações fotográficas. Embora a tecnologia ainda esteja em crescimento, é preciso atenção para não escalar de forma surpreendente no futuro.

 

Fonte: Olhar Digital

Imagens: CNN, UOL, Vatican

Clonagem de cartão: 3 a cada 10 brasileiros já sofreram tentativa de fraude

Artigo anterior

O que a cor da urina diz sobre a sua saúde?

Próximo artigo