Fotógrafa retrata moradores de rua por 10 anos e descobre o pai entre eles

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      18/08/15 às 16h24

Diana Kim teve uma história parecida com a de muitas pessoas, seus pais se divorciaram quando ela era criança e Kim acabou perdendo o contato com o pai.

No entanto, uma atitude fez com que o percurso da vida da jovem se diferenciasse de outros tão parecidos. Tudo começou quando ela decidiu botar em prática um projeto fotográfico em Honolulu, no Havaí.

Em 2003 ela começou a fazer registros de pessoas em situação de rua a longo prazo. A fotógrafa se propôs a retratá-los durante 10 anos.

Quando estava quase concluindo o projeto, em 2012, depois de 9 anos fotografado os moradores de rua, Diana descobriu que o seu próprio pai estava entre eles.

O pai da jovem sofria de esquizofrenia grave. "Houve muitos casos em que parecia que ele estava discutindo com alguém, mas ninguém estava lá", conta Kim.

Depois de descobrir que aquele homem era o seu pai, a fotógrafa passou a alimentá-lo e tentar convencê-lo a fazer um tratamento médico. No entanto, ele sempre se negava.

Ele apenas aceitou a ajuda da filha quando sofreu um ataque cardíaco em outubro de 2014. Depois do ocorrido, o pai de Diana começou a se recuperar do incidente e de sua condição mental.

Atualmente, ele segue com o tratamento, planeja visitar a família na Coreia do Sul e até busca um emprego de meio turno como fotógrafo. Curiosamente, o pai seguia a mesma carreira que a filha antes de adoecer e ir viver nas ruas.

Se você ficou curioso para ver como foi o processo de recuperação do pai de Kim, as imagens abaixo mostram o antes e o depois do homem. É de impressionar, confira:

p2

p1   p3 p4 p5 p6 p7 p8 p9 p10 p11 p12 p13

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+