Fatos Nerd

GTA 6 | Hacker que vazou gameplays em setembro de 2022 é condenado à prisão perpétua

0

A trajetória de Arion Kurtaj, o jovem hacker por trás da ampla divulgação não autorizada de gameplay de GTA 6 em setembro de 2022, está perto do fim, judicialmente falando.

Kurtaj foi condenado à prisão perpétua em um hospital, de acordo com a decisão do tribunal, que impôs uma “ordem hospitalar indefinida”.

O veredicto significa que ele permanecerá em um ambiente hospitalar seguro pelo resto de sua vida, a menos que os médicos concluam que ele não representa mais uma ameaça.

A fundamentação para essa sentença baseia-se na avaliação de que Kurtaj “ainda representa um alto risco para o público devido às suas habilidades e motivação”.

Relatos indicam que ele afirmou a psiquiatras sua intenção de continuar suas atividades ilícitas.

Durante uma audiência em dezembro, ficou claro que Kurtaj planejava retomar sua trajetória criminosa após conquistar a liberdade.

A avaliação foi responsabilidade da Dra. Claudia Camden-Smith, que emitiu o comunicado e o diagnóstico de Kurtaj. Quando falou ao promotor, ela informou sobre suas fortes motivações para voltar ao mundo do crime.

Seu cúmplice nas invasões cibernéticas recebeu uma sentença diferente, sendo “condenado a uma ordem de reabilitação juvenil de 18 meses, incluindo supervisão intensa e proibição de usar VPNs”, conforme relato da mídia.

Essa sentença marca o desfecho de um capítulo que se desenrolou ao longo de mais de um ano, desde a invasão do sistema de comunicação interna da Rockstar Games por Kurtaj, resultando na divulgação de 90 vídeos de gameplay de GTA 6.

Ao longo de alguns anos, ele e seu cúmplice, ainda adolescente, comprometeram sistemas de empresas como Nvidia, Uber, BT, Revolut, mesmo estando em liberdade condicional durante esse período.

Via Viciados

Quais foram os crimes de Arion Kurtaj?

Para quem tem dúvidas sobre os crimes cometidos por Arion Kurtaj e seu cúmplice adolescente, vale entender mais sobre a série de atividades ilícitas que eles realizaram.

Para começar, as acusações trazem invasão de sistemas, afetando a comunicação interna da Rockstar Games, o ponto de partida dos crimes.

Foi lá onde Kurtaj conseguiu acessar informações confidenciais e divulgar 90 vídeos de gameplay de GTA 6 sem autorização.

Isso leva ao segundo maior crime, a divulgação de material confidencial sem autorização. Além de violar os direitos autorais e conseguir um belo processo da Rockstar, eles também prejudicaram a empresa e impactaram a antecipação e recepção do jogo por parte dos jogadores.

Além disso, a dupla também comprometeu sistemas sensíveis de empresas renomadas, incluindo Nvidia, Uber, BT e Revolut.

Essas invasões resultaram na divulgação não autorizada de informações confidenciais dessas empresas, causando danos financeiros e prejuízos financeiros em relação aos equipamentos.

Como os principais crimes de tecnologia, o ataque aos sistemas das empresas pode ter levado à violação da privacidade dos usuários. Afinal, existem informações pessoais e sensíveis, e a possibilidade de exposição sem autorização.

E mesmo estando em liberdade condicional, Kurtaj planejava continuar suas atividades criminosas, desafiando as tentativas de reabilitação.

Isso contribuiu para a decisão do tribunal de impor uma ordem hospitalar indefinida, reconhecendo-o como um risco contínuo para a segurança digital.

GTA 6 segue famoso

Via DeviantArt

Felizmente, para os fãs, os crimes de Arion Kurtaj não influenciaram o lançamento do trailer de GTA 6 e nem interferirem na experiência dos espectadores.

Quando saiu, bateu o recorde de visualizações no Youtube, ultrapassando 100 milhões de views em menos de 24 horas. Além disso, também trouxe inúmeras teorias e debates nos fóruns da série.

Dessa forma, enquanto Arion Kurtaj paga por seus crimes, a comunidade gamer segue satisfeita com os rumos que o jogo tomou.

Claro, ainda é importante tomar cuidado com outros hackers, que tentam invadir os servidores da Rockstar para divulgar mais materiais. Contudo, experts como Kurtaj agora terão um monitoramento redobrado.

 

Fonte: Viciados

Imagens: Viciados, DeviantArt

As 7 descobertas arqueológicas mais interessantes em 2023

Previous article

Viagem no tempo é possível sem causarmos caos no futuro? Cientista diz que sim

Next article

Comments

Comments are closed.