• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Isso é o que pode acontecer com sua língua após comer frutos do mar mal cozidos

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      05/06/18 às 13h22

O que pode dar errado no momento em que uma pessoa come um fruto do mar mal cozido? De primeiro, alguns podem acabar pensando em uma alergia ou intoxicação alimentar, certo? Mas, acredite, existem possibilidades ainda mais perturbadoras do que estas. E, se você pretende continuar lendo essa matéria, é melhor se preparar para o que está para vir. Afinal, só de imaginar essa possibilidade você já vai ficar enjoado.

Isso tudo porque, por incrível que pareça, uma mulher acabou tendo sua boca completamente inseminada por uma lula depois de ingerir o animal mal cozido. O caso, sem dúvida, acabou chocando tanto aos médicos quanto aos internautas. Afinal, não é toda hora que você vê um caso como esse, não é mesmo? E, para falar a verdade, esperamos não ter que ver um parecido com ele tão cedo!

A mulher que teve sua boca inseminada por uma lula

Imaginar uma situação como essa dever estar sendo realmente chocante para você, e sem dúvida deve ter sido ainda pior para a mulher dessa história. Acontece que, depois de comer um prato de frutos do mar mal cozido, uma mulher da Coréia do Sul, de 63 anos, acabou passando por uma situação surreal. No momento em que ela colocou o alimento na boca, acabou sentindo uma dor avassaladora. A dor foi tanta que ela nem mesmo foi capaz de engolir o pedaço que havia pegado, cuspindo-o de volta.

Mas, ainda assim, esse pouco tempo que ficou com ele na boca foi o suficiente para sentir algo mexendo lá dentro e para que os espermatóforos de lula se fixassem por toda parte. Ela foi levada para o hospital imediatamente e, ao chegar lá, os médicos ficaram chocados com o que viram. Ela estava com a sua língua, bochechas e gengivas cobertas com 12 pequenos saquinhos de espermatozoides do animal. Eles pertenciam a uma espécie chamada 'Todarodes pacificus' e haviam sido depositados lá involuntariamente no momento em que ela os ingeriu acidentalmente.

Como isso aconteceu?

Acontece que essa espécie de lula, o 'Todarodes pacificus', usa o seu quarto tentáculo como órgão genital. Ele seria usado para pegar os espermatóforos - saquinhos de espermatozoides, e o coloca sobre o corpo da fêmea. Mas, aparentemente, esse processo acontece de forma completamente autônoma e involuntária, fazendo com que ela possa ser injetada no momento em que entra em contato com um corpo, como a mucosa oral humana - neste caso. Mas, ainda assim, os especialistas não entendem como esses espermatóforos acabaram conseguindo se implantar na boca da mulher.

Para evitar que algo horrível assim venha a acontecer com você, é melhor tomar cuidado ao comer algum fruto do mar como esse. Mas, na verdade, tudo isso poderia ter sido evitado se os procedimentos na hora do preparo do alimento tivessem sido feitos corretamente. Afinal, para se fazer um prato que contenha uma lula, é preciso retirar o seu órgão sexual. E, caso isso não seja feito, eles precisam estar cozidos o suficiente para que os espermatóforos não sobrevivam. O que acharam desse caso? Sabiam que algo assim era possível? Para falar a verdade, muitas pessoas podem acabar não querendo comer frutos do mar depois dessa, com toda razão. Comenta aí se for um deles!

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+