Curiosidades

Monte Everest cresce quase um metro

0

De acordo com China e Nepal, o Monte Everest, agora, é oficialmente mais alto do que se pensava. O anúncio feito em conjunto por ambos países resolve um conflito de longa data sobre a altura do pico mais alto do mundo, que se estende pela fronteira comum entre as duas nações.

Para fazer o comunicado, Kathmandu e Pequim enviaram recentemente topógrafos ao cume. Após análises, as duas nações chegaram à mesma conclusão: a altura oficial é de 8.848,86 metros (29.031,69 pés), um pouco mais alta do que os cálculos anteriores.

Medindo o Everest

O Nepal nunca havia medido a montanha antes. No entanto, adotou como oficial o cálculo da agência governamental Survey of India, realizado em 1953. Em seu cálculo, o órgão incluiu a capa de neve que cobria o pico do Everest. Portanto, a altura da montanha foi avaliada em 8.848 metros (29.028 pés).

A China, quando mediu a montanha, também considerou a neve sobre o pico. A estimativa foi feita em 2005. Mesmo considerando a neve presente no cume da rocha, o resultado foi diferente. De acordo com a China, na época, o Everest média 8.844,43 metros (29.017 pés), cerca de 3,7 metros (11 pés) a menos que a estimativa estabelecida pelo Nepal.

O comunicado que visa estabelecer uma medida métrica igual para a altura da montanha foi feita pelo ministro de Relações Exteriores do Nepal, Pradeep Kumar Gyawali, e o homólogo chinês Wang Yi, durante uma vídeo chamada.

O alpinista Ashish Gurung também participou da ligação. Segundo o alpinista, nesse momento, “temos que respeitar o resultado porque a mudança é totalmente positiva”, disse ele. “Igualar a altura é uma motivo de orgulho para o Nepal e o povo nepalês”, completou Gurung.

A montanha

Para os alpinistas, o terremoto de magnitude 7,8 que ocorreu em 2015, e que matou quase 9.000 pessoas no Nepal, pode ter afetado a altura do Everest. O país, que abriga outros sete dos 14 picos mais altos do mundo, enviou uma equipe de pesquisadores ao pico pela primeira vez em maio do ano passado para realizar os próprios cálculos.

A China já havia medido o Everest antes, no entanto, o país resolveu realizar uma nova expedição chinesa ao pico nesta primavera, quando a montanha foi interditada por ambos países devido à pandemia do coronavírus .

Santa Bir Lama, presidente da Associação de Montanhismo do Nepal, disse: “Este é um marco na história do montanhismo. Finalmente, podemos encerrar um debate de anos. Agora, a altura do pico tem um único número”.

O maior alpinista

Doug Scott, um dos primeiros alpinistas do Reino Unido a chegar ao topo do Everest, é considerado um dos maiores montanhistas de sua geração. Scott escalou o pico mais alto do mundo em 1975.

O profissional morreu de câncer, com 79 anos. De acordo com um comunicado, divulgado emitido pela Community Action Nepal, uma instituição de caridade que o alpinista fundou para ajudar pessoas no Himalaia, Scott morreu em sua casa, no Lake District, Reino Unido.

Scott escalou o Everest com o escocês Dougal Haston. Ambos realizaram a façanha de superar o lado mais perigoso da montanha, a face sudoeste. Os dois alpinistas, quando lograram o desafio, foram parabenizados pela Rainha Elizabeth.

Haston morreu em 1977, aos 36 anos, em uma avalanche, enquanto esquiava na Suíça.

Por que temos os lábios no tom avermelhado?

Matéria anterior

7 lugares macabros do mundo que você não conhecia

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications