Curiosidades

Mosquito da dengue pode transmitir febre oropouche?

0

A dengue é um dos principais problemas de saúde pública do mundo. A doença febril aguda é causada por um vírus, e seu principal vetor de transmissão é o famoso mosquito Aedes aegypti, o que tem as listras brancas. E como se o alto números de casos de dengue já não fosse ruim o suficiente, no Brasil, os casos de febre oropouche também estão aumentanto, principalmente na região amazônica.

Para se ter uma ideia, nos três primeiros meses do ano foram registrados 3,5 mil casos da doença que é transmitida também por um mosquito. Por mais que espécies diferentes estejam envolvidas na proliferação desse vírus, o Aedes aegypti não transmite essa doença até o momento. Contudo, conforme os especialistas, isso pode mudar no futuro.

O vetor principal da febre oropouche é o maruim (Culicoides paraenses), mais conhecido como mosquito-pólvora. Entretanto, à medida que o vírus oropouche está avançando pelo nosso país, o contato dele com outras espécies está crescendo. É justamente nesse ponto que existe o risco de, em algum momento, ele começar a ser transmitido também pelo mosquito da dengue.

Mosquito da dengue transmite febre oropouche?

Canaltech

“Hoje, sabemos que o vírus oropouche consegue se multiplicar no A. aegypti quando inoculado experimentalmente no inseto”, afirmou Flávio Guimarães da Fonseca, cientista e professor do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais (Ufmg).

Mesmo que exista essa capacidade do vírus oropouche, aparentemente, o patógeno não consegue ser transmitido do mosquito da dengue para outras pessoas. “O vírus [oropouche] não consegue transpor barreiras teciduais e invadir a glândula salivar do mosquito. Assim, ele não consegue ser transmitido pela picada do A. aegypti, e é através da invasão da glândula salivar do vetor que outros vírus como dengue, zika e chikungunya, por exemplo, conseguem infectar seres humanos”, pontuou ele.

Contudo, como os vírus são extremamente adaptáveis, é possível que com mutações novas e por um rearranjo genético, o agente infeccioso da febre oropouche consiga um dia ser transmitido também pelo mosquito da dengue. E o risco disso se tornar realidade aumenta à medida que a doença vai se espalhando do norte para o resto do Brasil.

“O aumento do encontro entre o vírus oropouche e o mosquito A. aegypti é um coquetel potencialmente explosivo, possibilitando a adaptação do vírus a um mosquito amplamente distribuído no Brasil e no mundo”, destacou Fonseca.

Febre oropouche

Canaltech

Como dito, essa doença tem se espalhado do norte para outras regiões do país. Tanto que um homem 42 anos, morador do Humaitá, na Zona Sul da capital fluminense, que tinha viajado recentemente para o Amazonas, foi a primeira morte confirmada pela febre no Rio de Janeiro.

Como toda nova doença com capacidade de se espalhar, as pessoas querem saber o máximo sobre ela. Essa doença é causada por um arbovírus do gênero Orthobunyavirus, da família Peribunyaviridae.

A transmissão dela ocorre através dos mosquitos, principalmente pelo Culicoides paraensis e pelo Culex quinquefasciatus, que são conhecidos popularmente como maruim.

No nosso país, desde a década de 1970 surtos dessa doença são registrados na região amazônica. Inclusive, isso está acontecendo agora no Amazonas, com os números de casos mais do que triplicando nos últimos meses. Ao todo são 1.674 diagnósticos confirmados em laboratório.

Dentre os sintomas da doença estão febre alta; dores de cabeça, musculares e nas articulações; calafrios, às vezes acompanhados de náuseas, vômitos; e erupção cutânea. Eles são bem parecidos com os sintomas da dengue, por isso que o seu diagnóstico acaba sendo prejudicado.

Além disso, como não existe um tratamento específico ou vacina para esse vírus, as pessoas que são infectadas têm que fazer uso de analgésicos e antitérmicos que são prescritos pelo médico.

Fonte: Canaltech, Olhar digital

Imagens: Canaltech

Qual animal era “o melhor amigo do homem” no passado?

Artigo anterior

Ex chef do McDonald’s ensina a receita do molho especial do Big Mac. Aprenda

Próximo artigo