Ciência e Tecnologia

NASA dispara laser contra sonda indiana na Lua

0

A NASA direcionou um laser contra a Vikram da ISRO, uma sonda indiana que está na Lua. O disparo ocorreu a partir da órbita lunar, visando um alvo na superfície.

Embora o evento envolva a interação entre agências espaciais, não há motivo para preocupações sobre conflitos espaciais, especialmente considerando que a Vikram está atualmente inativa.

Na verdade, o laser foi disparado como parte de uma experiência científica conduzida pela agência espacial dos Estados Unidos.

O objetivo era testar uma tecnologia para localizar objetos com precisão na superfície lunar a longas distâncias, utilizando o laser como ferramenta de medição.

A NASA afirma que a capacidade de identificar facilmente a localização da Vikram será útil para futuras missões que explorarão a superfície lunar.

Xiaoli Sun, líder da equipe do Goddard Space Flight Center da NASA, afirmou em comunicado que demonstraram a capacidade de localizar seu retrorrefletor na superfície lunar a partir da órbita lunar.

Como o laser foi usado

Via India Today

O laser foi emitido pela sonda indiana robótica LRO (Lunar Reconnaissance Orbiter), que tem estado em órbita ao redor da Lua desde 2009.

A LRO conseguiu direcionar com precisão seu instrumento laser em direção à sonda indiana, que estava localizada cerca de 100 km abaixo, próximo à cratera Manzinus, no Polo Sul da Lua.

Para aumentar os pulsos do laser, a sonda indiana transportava um pequeno refletor da NASA com aproximadamente 5 centímetros de largura, quase do tamanho de uma bolacha.

Dessa forma, o dispositivo consegue refletir a luz vinda de qualquer direção. Ele consiste em oito prismas de quartzo em forma de canto de cubo, dispostos em uma estrutura de alumínio em formato de cúpula. Os cientistas afirmam que o dispositivo é simples e resistente, pois não requer energia nem manutenção.

Após o orbitador detectar a luz refletida pela sonda indiana, os cientistas da NASA confirmaram que sua técnica teve sucesso.

Método comum

Na prática, enviar pulsos de laser em direção a um objeto e medir o tempo que a luz leva para retornar é um método comum para rastrear satélites em órbita a partir do solo.

Vale ressaltar que a NASA tem utilizado esse tipo de refletor há muito tempo, inclusive desde a era Apollo, por exemplo. A diferença é que anteriormente esses refletores eram maiores, com o tamanho de uma mala de viagem.

Além disso, esta nova geração de refletores minúsculos tem aplicações adicionais em comparação com seus predecessores maiores.

A agência espacial os utiliza como marcadores de precisão, auxiliando as naves espaciais de entrega de carga a atracar de forma autônoma na Estação Espacial Internacional (ISS).

Ponto de atenção

Via Public Domain

Embora o comunicado indique que o laser atirado contra a sonda indiana tenha sido um teste contra um dispositivo inativo, ainda existem ressalvas quanto ao posicionamento e as intenções da NASA.

Isso porque o histórico de interações da agência especial estadunidense com outros países nem sempre foi positivo. Especialmente com países do oriente, que estão se posicionando de maneira mais incisiva na corrida espacial.

Apesar da NASA não ter uma culpa direta ou acusações como a precursora de incidentes diplomáticos científicos, existem algumas pessoas que apontam más intenções nos seus testes.

Essa desconfiança se reforça pela série de eventos mal-sucedidos da agência, principalmente o envio de uma equipe para a Lua depois de 50 anos sem uma missão com astronautas. A primeira tentativa foi um fracasso, enquanto outros países, como China e Japão, obtiveram sucesso nos últimos meses.

Dessa forma, mesmo que a indicação aponte um teste científico sem danos para a agência, a sonda indiana, e sua tecnologia, ficaram inutilizados.

Nas próximas semanas, interessados pelo assunto acompanharão as movimentações da NASA em busca de um novo teste para chegar na Lua, além de tecnologias de exploração que buscam seguir os passos dos países orientais.

 

Fonte: UOL

Imagens: India Today, Public Domain Pictures

6 frases que uma pessoa emocionalmente inteligente não fala

Previous article

“Chicotadas” de vento solar perturbaram campo magnético da Terra até o fim da semana

Next article

Comments

Comments are closed.