Estamos vivendo na era mais digital até agora. Qualquer coisa vira meme, alguém se torna uma celebridade do nada por causa de uma rede social, e todos tentam seus minutos ao sol de algum jeito. Os memes surgem toda hora e desafios mil são lançados nas redes sociais. Na era do 'lacrar', não importa o que você fizer ou como fizer, o único objetivo é chamar a atenção e se tudo der certo, se tornar um viral da internet.

Os desafios podem ser dos mais variados, como jogar um balde de água gelada na cabeça, fazer algo ridículo como comer alguma coisa desagradável ou dançar. Esses tipos de desafios não machucam ninguém. Mas tem também aqueles que são bem extremos. Quem não se lembra do famoso desafio da Baleia Azul? Ele causou polêmica no mundo todo, porque, no final, o participante era desafiado a cometer suicídio.

A todo momento, surge um desafio novo. O da vez começou com um vídeo, filmado em uma escola de Caracas, na Venezuela. O vídeo mostra a brincadeira perigosa, que já chegou no Brasil, e os especialistas estão deixando os pais em alerta.

Esse desafio é chamado de "cráneo roto" ou "quebra-crânio" e é feito com três pessoas. Geralmente, duas sabem sobre o desafio e a outra não. As duas que sabem ficam nos lados e pulam. Depois, a pessoa do meio pula. E então, as do lado dão uma rasteira na pessoa desavisada. Então a pessoa cai no chão.

Viral

Publicidade
continue a leitura

Um dos vídeos que viralizou foi feito em um colégio na Venezuela. A escola Santo Tomás de Aquino confirmou o vídeo e emitiu um comunicado dizendo que tanto os alunos quanto seus pais foram chamados para tomar as medidas necessárias.

Depois do vídeo divulgado, várias notícias foram feitas afirmando que o menino que caiu no desafio tinha sofrido uma fratura craniana. Segundo a agência AFP, que fez contato com a escola, as notícias eram falsas e o garoto passava bem.

Publicidade
continue a leitura

O desafio não foi exclusividade da escola Santo Tomás de Aquino. É possível ver vídeos dele em outra escola venezuelana. O menino que está no meio cai no chão em cima do seu próprio braço e segura o punho como se estivesse com dor.

Perigo

Nos vídeos, já é possível ver que esse desafio não é uma simples brincadeira. A pessoa que está no meio é pega de surpresa e corre o risco de bater a cabeça ou então outras partes do corpo com força no chão.

“Uma ‘brincadeira’ que os amigos podem achar engraçado, que não tem nada de mais. Mas que na verdade pode levar a um traumatismo craniano e até morte! Super sério! A crianças e adolescentes fazem porque não têm noção do perigo”, explicou a médica Erica Mantelli.

O dentistas Federico Baena, que mora em Querátaro, no México, também fez um vídeo alertando os riscos desse novo desafio. “As crianças e muitos adultos não têm consciência da gravidade das coisas. Não sabem que se uma pessoa cai e bate a nuca, pode ser fatal. Se cai de frente, pode quebrar o nariz, os dentes", disse ele.

Dizendo alguns vídeos e relatos, esse desafio já chegou no Brasil. E é fundamental alertar os pais para protegerem suas crianças.

Publicado em: 12/02/20 15h33