Com quem você se parece? Talvez sua primeira resposta a essa perguntas seja “com ninguém”, mas, com certeza, essa seria uma afirmação equivocada. Mesmo que você seja dono de traços faciais super autênticos, a verdade é que você não tem como escapar da carga genética de sua família.

Essa herança, como costumam dizer, define não só nossas características biológicas de seu organismo, como o tipo sanguíneo, as doenças e imunidades. Mais que isso, ela nos garante uma espécie de "assinatura familiar" física, que nos torna parecidos com nossos progenitores e com as demais pessoas com as quais mantemos laços sanguíneos (como tios e primos).

Publicidade
continue a leitura

O projeto Retratos Genéticos, realizado por um fotógrafo francês chamado Ulric Collete, ilustra bem como essa relação acontece. Isso porque, em suas fotos, o profissional casa a imagem de algumas pessoas com seus parentes mais próximos.

O resultado desse trabalho, como você verá na galeria, é literalmente impressionante. Isso porque, quanto mais próximo o grau de parentesco, mais semelhantes as pessoas se parecem.

Publicidade
continue a leitura

Confira:

Publicidade
continue a leitura

Clique aqui para ver a galeria (se estiver usando celular)

Publicado em: 23/08/14 19h01