O que acontece se uma pessoa beber 5 litros de café?

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      27/02/15 às 19h14

Café é uma das bebidas mais apreciadas em todo o planeta. Em alguns períodos da década de 1980, o café era a segunda mercadoria mais negociada no mundo por valor monetário, atrás apenas do petróleo. Para se ter uma ideia do quanto o café é importante para os brasileiros, Minas Gerais é responsável por 17% da produção mundial de café. É algo bastante expressivo.

A história do café começou no século IX. O café é originário das terras altas da Etiópia e difundiu-se para o mundo através do Egito e da Europa. A maioria das pessoas que consomem café diariamente desconhece as substâncias saudáveis e os seus efeitos terapêuticos que tem a bebida. Para se ter uma ideia, o café quando tomado de forma moderada ajuda a prevenir o mal de Parkinson, a depressão, o diabetes, os cálculos biliares e o câncer de cólon.

Entretanto, existem pessoas que não resistem à tentação e acabam consumindo quantidades absurdas de café por dia. Dessa maneira o café pode trazer prejuízos para a saúde. Em excesso o café pode causar uma ação diurética compulsiva que leva à perda de minerais, aminoácidos e vitaminas essenciais.

10

Além disso o consumo desenfreado causa enfraquecimento do organismo através da perda de sódio, potássio, cálcio, zinco, magnésio, vitaminas A e C, bem como do complexo B. O excesso no consumo de café possui relação direta com a doença fibroquística (eventualmente precursora do "câncer da mama"). Pode causar o aparecimento de polipos (primeiro estágio do câncer no aparelho digestivo), verrugas, psoríases e doenças de pele.

Como se não bastasse, o excesso de café reduz a taxa de oxigenação dos neurônios. Ele também provoca uma maior secreção de ácido clorídrico, causando irritações nas mucosas intestinais que causam colites e ulcerações, principalmente para quem sofre de gastrite. Sua ação é acidificante do sangue, propiciando o surgimento de leucorreias, cistites, colibaciloses e variados acessos fúngicos.

Em 2012, várias mortes foram ligadas ao consumo extremo de cafeína nos Estados Unidos. Cinco mortes foram ligadas  ao consumo do energético Monster Energy, que é alvo de processos judiciais no país. Outras 13 mortes e 33 hospitalizações estão sendo investigadas.

Em 2010 um britânico morreu por excesso de cafeína em seu organismo. Michael Lee Bedford morreu por ingerir o equivalente à 70 latas de energético. A dose letal de cafeína seria de 10 gramas, o que equivale à 5 litros de café. Tudo em excesso faz mal, o café não é uma exceção. Para que você não passe por contratempos e mantenha um consumo saudável de café, saiba que a dose ideal diária seria de 3 à 4 xícaras.

Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+