Notícias

O que são os novos semáforos inteligentes instalados em SP?

0

Diversos cruzamentos na cidade de São Paulo têm recebido placas com a mensagem “Em modernização”, e trazem os novos semáforos inteligentes.

Segundo informações, essa mudança já ocorre em vias como a Avenida Pompeia, na Zona Oeste da cidade. Mas afinal, qual é o propósito dessa modernização e o que ela envolve?

Essa iniciativa se refere à renovação da infraestrutura dos semáforos na área metropolitana, que nos últimos anos tem enfrentado interrupções devido a danos e furtos de cabos elétricos, que são desviados para o mercado clandestino de cobre.

A responsabilidade pela modernização está nas mãos da empresa concessionária Ilumina SP.

O projeto abrange a substituição dos semáforos convencionais atualmente em operação por modelos “inteligentes”, além da substituição dos dispositivos defeituosos por novos exemplares.

Via Globo

Desde o ano anterior, a Ilumina SP tem a tarefa de manter e revitalizar os semáforos da capital.

Em 31 de agosto de 2022, a concessionária firmou um contrato de concessão com duração de 17 anos para executar esses serviços, integrados à PPP (parceria público-privada) da Iluminação Pública, que já estava sob a administração da Ilumina SP.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, esse contrato relacionado aos semáforos terá um custo de R$ 1,12 bilhão ao longo de 60 meses.

A gestão do contrato está a cargo da SP Regula (Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de São Paulo), em colaboração com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Semáforos inteligentes

A modernização dos semáforos visa otimizar a administração do tráfego e a consequente fluidez.

Conforme dito pela SP Regula, os novos dispositivos terão conexão a um centro de controle da CET e apresentam gerenciamento de forma remota.

A intenção é que os semáforos inteligentes coordenem o fluxo de tráfego com base nas condições de cada via, a fim de minimizar ocorrências de congestionamento.

A agência reguladora prevê a implementação desse novo sistema em toda a região abrangida pelo rodízio municipal.

Benefícios

A implementação de semáforos inteligentes que não são afetados por quedas de energia e podem ser controlados remotamente traz uma série de benefícios significativos para o gerenciamento do tráfego na capital.

Inicialmente, eles permitem um ajuste dinâmico dos tempos de sinalização com base no fluxo atual de tráfego.

Isso significa que os semáforos podem se adaptar em tempo real para otimizar o fluxo de veículos, minimizando congestionamentos e atrasos.

Assim, poderão reduzir consideravelmente os congestionamentos, melhorando a fluidez do tráfego e reduzindo o tempo de viagem.

Enquanto isso, ao diminuir a quantidade de tempo que os veículos passam parados nos semáforos, os motoristas economizam tempo e combustível.

Isso também contribui para uma redução nas emissões de gases de efeito estufa e na poluição do ar.

Via Portal Trânsito

Controle interno

Com o controle remoto, as autoridades de tráfego podem ajustar rapidamente os semáforos em resposta a eventos especiais, como acidentes, eventos esportivos ou situações de tráfego excepcionalmente elevado.

Ainda, semáforos inteligentes conseguem receber programação especial para priorizar a segurança de pedestres e ciclistas, dando-lhes mais tempo para atravessar as ruas de maneira segura.

A capacidade de alterar os tempos dos semáforos remotamente significa que as autoridades de tráfego podem otimizar o fluxo de veículos durante diferentes horários do dia.

Na prática, ajudará na diminuição de acidentes e colisões, permitindo vias mais seguras e eficientes.

Posteriormente, será possível atualizar a programação dos semáforos remotamente, com melhorias e as mudanças na gestão do tráfego.

Nos próximos meses, motoristas e pedestres poderão acompanhar a modernização no sistema, e aproveitar ruas mais protegidas.

 

Fonte: UOL

Imagens: Portal do Trânsito, Globo

O que acontecerá com o Programa Espacial Brasileiro?

Previous article

Comércio não quer o fim do parcelamento sem juros no cartão de crédito. Saiba o motivo

Next article

Comments

Comments are closed.