Os 10 criminosos mais procurados do mundo (2014)

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      29/08/14 às 22h41

Todos os anos a revista Forbes pede ao FBI a sua lista de homens mais procurados, e, em 2014, a lista que se segue foi a passada. Genocidas, traficantes de drogas, sequestradores e terroristas, esses nomes resumem em si morte e desgraça para a humanidade, apesar de estarem longe de serem os únicos, o FBI oferece verdadeiras recompensas milionárias para quem souber o paradeiro deles.

Apesar de pouco famosos para nós, brasileiros, nos continentes em que vivem essas pessoas são bem notadas. Por sorte, os nossos Marcolas e Fernandinhos Beira-Mar nunca chegaram a esse nível de violência ou atenção internacional, e esperamos que continue assim!

Joaquin Guzman

0517_joaquin-guzman_485x340

Conhecido como "El Chapo" ou "baixinho" (shorty, em inglês), é um dos principais traficantes de cocaína e maconha para os EUA. Acredita-se que esteja escondido em montanhas no norte mexicano. Está foragido desde 2001, quando escapou de uma prisão mexicana, onde havia sido condenado por lavagem de dinheiro. Atualmente, tem 53 anos e coordena o cartel "Sinaloa".

Ayman al-Zawahiri

0606_ayman-al-zawahiri_280x340

Suposto líder da Al-Qaeda, é associado a bombardeios terroristas nas embaixadas da Tanzânia e Quênia nos EUA, estando foragido desde 1998. Era o maior parceiro de Osama e o nº 2 da Al-Qaeda, e agora, provavelmente, assumiu o comando da mesma.

Dawood Ibrahim

0606_dawood-ibrahim_485x340

Caçado pela polícia indiana, esse homem já liderou uma organização criminosa chamada D-Company, com mais de 5 mil homens. A maior parte de seus crimes envolve assassinatos, tráfico e contrabando, alguns em envolvimento com a Al-Qaeda. Também é associado a diversos ataques terroristas, e acredita-se que esteja atualmente no Paquistão.

Semion Mogilevich

0517_semion-mogilevich_485x340

Provavelmente o principal nome da máfia russa, foi preso em 2008 após ser acusado de não pagar impostos, mas foi solto em 2009. Desde então, acordos entre os governos dos EUA e Rússia são propostos, mas nunca efetivados. Apesar das denúncias oficiais sobre Mogilevich serem brandas, ele está associado a diversos crimes mais pesados, como assassinato por encomenda e tráfico de armas, incluindo atômicas.

Nasir al-Wuhayshi

0606_nasir-al-wuhayshi_485x340

Antigo secretário de Bin Laden, é o líder de uma poderosa facção da Al Qaeda no Iêmen, onde escapou de uma prisão de segurança máxima em 2006. Desde então, tem reconstruído seu império e já assumiu autoria em ataques terroristas e contra unidades de defesa dos EUA, como um centro de alistamento militar em Little Rock.

Matteo Messina Denaro

0606_matteo-messina-denaro_280x340

Esse mafioso italiano é um dos maiores criminosos europeus, e continua foragido mesmo após uma onda de prisões realizada pela polícia italiana, que prendeu quase todos seus comparsas. Seu apelido é "diabólico" e sua popularidade só cresce desde que, em 2011, apareceu na lista dos mais procurados pela primeira vez. Com carros rápidos e relógios caros, ele é uma versão atualizada do Don Corleone.

Alimzhan Tokhtakhounov

0606_alimzhan-tokhtakhounov_485x340

Conhecido como "Taiwanchik", esse mafioso é poderoso na Rússia e está envolvido com tráfico de drogas, armas e uso de veículos roubados, entre outros. É apontado como um mandante de tudo que acontece em Utah, de concursos de beleza à eventos olímpicos. Já foi quase preso 2 vezes mas saiu ileso, o que lhe deu uma aura de "intocável".

Felicien Kabuga

0606_felicien-kabuga_280x340

O homem mais procurado da África e genocida famoso, é apontado como um dos principais financiadores de um massacre que matou mais de 800 mil pessoas na Ruanda, em 1994. Pela rádio, o governo de Kabuga incitava a violência entre as etnias africanas Tutsi e Hutu, além de dar armas, facões e veículos para seus soldados matarem civis rebeliosos.

Joseph Kony

0606_joseph-kony_485x340

O líder do "Exército de Resistência do Senhor", grupo que tenta tomar o controle da Uganda e instaurar um governo teocrático no país. Matou pessoas em Uganda, Congo, Sudão e outros países africanos, além de ter sequestrado mais de 60 mil pessoas, entre elas, 30 mil crianças. Como forma de iniciação em seu grupo, obriga crianças a matar seus pais, uma das muitas práticas que integram a lista de suas 33 atividades criminosas listadas.

Doku Umarov

0606_doku-umarov_485x340

Chamado de "Bin Laden russo", lidera o "Caucasus Emirate", na parte sul da Rússia. Assumiu autoria em diversos ataques terroristas, incluindo ataques de homem-bomba em estações de metrô e aereportos russos. 5 milhões são oferecidos para qualquer informação que leve à sua captura.

Bônus: Paulo Maluf (Ele não é um dos mais procurados mas está na lista da Interpol)
1

Paulo Maluf - Roubo
Cidade natal: São Paulo (SP)
Idade: 82 anos
Quem incluiu na lista da Interpol: Estados Unidos
Crime a que responde: "posse ilegal de propriedade roubada"

O deputado federal Paulo Maluf e seu filho Flávio foram incluídos na lista da Interpol em 2010 a pedido da Justiça de Nova York. No processo, o político é acusado de desviar dinheiro público da obra da Avenida Água Espraiada, hoje Jornalista Roberto Marinho, em São Paulo. O dinheiro teria percorrido um caminho sinuoso, passando por instituições norte-americanas, por isso o processo por lá. Em sua defesa, ele afirma que não é réu no processo, que atinge uma empresa em que a família é acionária.

 

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+