icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Os poderes místicos da píton desse monge budista impressionam

POR Bruno Dias EM Mundo Animal 17/02/20 às 18h59

capa do post Os poderes místicos da píton desse monge budista impressionam

As cobras estão entre os animais perigosos e temidos pela maioria das pessoas. Muitas de suas espécies são venenosas e podem ser letais em pouquíssimo tempo. Por isso, é mais do que lógico que as pessoas tenham medo desse animal. E o medo excessivo de cobras é chamado de ofidiofobia.

Se analisarmos de forma fria, as cobras são animais bastante interessantes, já que são parcialmente indefesas, por não terem membros como braços ou pernas. Mesmo com esse "desfalque", elas conseguem combinar sua agilidade e veneno e serem armas incrivelmente mortais quando associadas com a inteligência, um atributo que esses animais de sangue frio têm de sobra.

Vários são os fatores que as tornam um predador e assassino natural da vida selvagem. Nem todas são mortíferas da mesma forma. Existem dois tipos de assassinas, as que matam por ser muito fortes, podendo quebrar seus ossos e te asfixiar, e aquelas que matam com veneno.

As cobras são um dos animais mais venenosos presentes no reino animal. Existem centenas de espécies diferentes e cada uma pode ter um veneno diferente e que age de um forma diferente. Essas cobras podem ser muito perigosas e apenas um pouco do veneno pode matar centenas de seres humanos.

Dentre as cobras, temos a píton. Ela pode ser encontrada na Ásia e na África. Elas são cobras constritoras, ou seja, matam suas presas as apertando até a morte. Ao todo, existem 28 espécies de píton que vivem nos mais variados habitats. Desde florestas, até lugares rochosos. E várias espécies são encontradas perto da água.

Cobra

A cobra é bastante retratada como uma gigante sedenta por sangue. Mas, na realidade, isso não acontece. Talvez, a única verdade seja a de que ela realmente é uma gigante, podendo medir entre 4,5 até seis metros de comprimento. Algumas chegam até ter mais metros ainda.

É claro que, quando se falam em cobras gigantes, a Anaconda está ali, preenchendo esse espaço, como a maior cobra já existente no planeta. Mas sabemos que isso se restringe ao imaginário coletivo. A cobra mais famosa do cinema nunca existiu na realidade, e dizem ter sido inspirada na nossa sucuri.

O fato é que a Anaconda pode não ter existido, mas outros grandes répteis já rastejaram pelo nosso planeta. E ainda rastejam.

Por mais que várias pessoas tenham medo desse animal e optem por ficar longe deles por precaução, tem aqueles que amam. E não só amam, mas como os têm como animais de estimação.

Esse é o caso do monge budista Boonlert Apasaro, de 69 anos. Ele encontrou essa píton gigante em um mato, perto do edifício religioso de Nakhon Si Thammarat, no sul da Tailândia.

Desde que encontrou a cobra, o monge passou a criá-la em sua cabana, há mais de 30 anos. A cobra, chamada Thongkham, ficava no quarto dele e ela a alimentava todos os dias.

Os moradores da região acreditavam que a cobra tinha poderes milagrosos para curar doença. Em um vídeo, publicado no YouTube, é possível ver a píton, de sete metros de comprimento, enrolada ao redor do monge enquanto os habitantes vão para adorá-lo.

Até mesmo o próprio monge diz que sua píton é adorada graças aos seus poderes de cura.


Próxima Matéria
Via   Sputnik news  
Imagens Youtube
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest