Para onde vai a gordura do nosso corpo quando emagrecemos?
Tempo de leitura:2 Minutos, 45 Segundos

Para onde vai a gordura do nosso corpo quando emagrecemos?

Todos nós buscamos um tipo de corpo, o que nos agrada. Embora seja uma tarefa muito difícil, visto que os padrões de beleza estão cada vez mais exigentes, não é algo impossível. Para conseguir, muito se submetem a dietas rigorosas, uma rotina de exercícios e, em casos mais extremos, procedimentos cirúrgicos. Após essas mudanças em nossos corpos, nos pegamos pensando para onde vai tudo aquilo que eliminamos? Como aprendemos ainda no ensino fundamental em química e física, nada se cria, tudo se transforma. Isso já nos faz pensar um pouco sobre a gordura que perdemos.

Pensando sobre isso, o professor Andrew J. Brown e o pesquisador Ruben Meerman, da Universidade de South Wales, na Austrália, fizeram a mesma pergunta: “para onde vai a gordura que é transformada em energia quando perdemos peso?”. O questionamento foi feito a mais de 150 profissionais da área da saúde, entre médicos, dentistas e nutricionistas. Cerca de 98% dos profissionais erraram a resposta. Apenas 3 dessas pessoas conseguiram explicar o que acontece com a gordura quando emagrecemos. E pensando sobre isso, trouxemos a resposta para você, caro leitor.

O que acontece com a gordura quando emagrecemos?

Boa parte dos entrevistados disseram que esses quilos que perdemos se transformam em calor. No entanto, isso é algo fisicamente impossível, pois viola a lei da conservação das massas. Essa lei aponta que, em um sistema mais fechado no qual ocorre uma reação química, os átomos que estiveram ali, no começo da reação, também estarão no final. Outro disseram que essa gordura se converte em músculo. No entanto, isso também é algo impossível, segundo Meerman e Brown. Ainda teve quem disse que esse peso extra é eliminado por meio das fezes.

Bom, segundo os pesquisadores, todo o peso que perdemos emagrecendo vai, principalmente para os pulmões. Isso deixou diversas pessoas extremamente chocadas, mas há explicação para isso. “Quando alguém perde 10 kg de gordura, 4,1 kg são exalados como CO2. Os pulmões são, portanto, o principal órgão excretor da perda de peso”, de acordo com eles. Além disso, uma quantidade menor de gordura é eliminada por outras formas, como ureia e suor.

O estudo de Meerman e Brown foi publicado no British Medical Journal. Os especialistas em processos biomoleculares e biotecnologia justificaram o artigo alegando haver “surpreendente ignorância e confusão sobre o processo metabólico de perda de peso”, até mesmo entre os profissionais de saúde.

No que se transforma a gordura

De acordo com o estudo, essa gordura eliminada se converte, principalmente, em dióxido de carbono e água. O CO2 é eliminado pelas vias aéreas e a água passa por nosso sistema circulatório. Faz isso até que seja totalmente eliminada na forma de urina e suor. Basicamente tudo o que comemos, incluindo álcool, é eliminado pelos pulmões em forma de CO2, e pela urina, H2O. Isso também acontece com as proteínas, que se transformam em ureia e são eliminadas por meio do suor e urina.

Ainda de acordo com os especialistas, o único tipo de alimento que chega intacto ao intestino e é eliminado nas fezes é a fibra de alimentos como milho, trigo e outros grãos.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.