Fatos NerdNotícias

Filmagens de The Witcher são interrompidas após vários casos de covid-19

0

Após meses paralisado, o mundo do entretenimento tem voltado lentamente ao ritmo. Como resultado disso, produções audiovisuais que haviam tido suas gravações suspensas ou adiadas estão sendo retomadas. No entanto, é importante lembrar que seguimos na luta contra o coronavírus e que os riscos ainda não foram eliminados, uma constante lembrança de que todo cuidado é pouco. Pois bem, tendo isso em vista, era de se esperar que mesmo após alguns estúdios voltaram à rotina normal, o contágio de Covid-19 seguisse sendo um empecilho e um temor. Coincidentemente, foi exatamente isso que aconteceu com as filmagens da segunda temporada da série The Witcher, da Netflix. De acordo com o Deadline, após a confirmação de múltiplos casos de coronavírus entre a equipe da produção, a mesma teve de ser interrompida.

No último sábado (7), quatro integrantes da equipe de The Witcher foram diagnosticados com coronavírus. Como forma de prevenção, a gigante do streaming decidiu cessar as gravações e realizar testes em todos os envolvidos na realização da série. Ao que tudo indica, o impacto foi imediatamente isolado e não chegou a atingir nenhum dos atores principais. Vale lembrar que essa é a segunda vez que as filmagens de The Witcher foram interrompidas esse ano. Na primeira vez, o ator Kristofer Hivju, conhecido por interpretar Tormund em Game of Thrones e escalado para essa nova temporada, revelou que havia testado positivo para coronavírus em março. Isso resultou na paralisação das gravações até a metade de agosto, o que acompanhou o lockdown do Reino Unido, cenário da fantasia medieval. Até então, não houveram atualizações sobre os casos, o que indica que tudo está sendo mantido sob controle.

Por fim, vale lembrar que até a liberação de uma vacina, diversas outras produções estarão sujeitas a passar pelo mesmo infortúnio. Antes de The Witcher, a equipe de The Batman teve de interromper as filmagens recentemente retomadas após Robert Pattinson, ator principal do filme, ter sido diagnosticado com Covid-19. No mais, a ansiedade para a segunda temporada de The Witcher segue a mesma, assim como a disposição da Netflix em repetir e talvez amplificar o sucesso da primeira leva de episódios da série.

O que esperar da segunda temporada de The Witcher, apesar do coronavírus

Segundo Yanil Coliva, do Pulp Fiction Cine, a segunda temporada parece estar adaptando O Sangue dos Elfos. Além disso, existem algumas histórias deA Espada do Destino. Em contrapartida, dificilmente O Tempo do Desprezo terá alguma relevância além da já citada, pelo menos por agora. Sendo assim, existem três eventos principais que devem ser observados: o tempo de Ciri em Kaer Morhen; a apresentação dos Scoia’tael e – por último, mas não menos importante – o encontro de Geralt com Nivellen e Vereena.

O final da primeira temporada mostrou Geralt e Ciri se reunindo. Então, podemos supor que a próxima leva de episódios já começará apresentando o treinamento da garota na Escola do Lobo. Ali Ciri aprenderá a lutar e nos aprofundaremos no passado de Geralt, bem como na história dos Bruxos. Vale lembrar que Lambert, Eskel, Coen e Vesemir já foram cotados para a nova temporada e já contam até com seus respectivos intérpretes escalados.

Por fim, podemos notar que, apesar de apostar na originalidade, a série busca se manter fiel ao material de origem. Inclusive, caso tenha sentido falta de Yennefer nesses detalhes, adiantamos que não deve se preocupar. Considerando que Anya Chalotra foi um dos destaques mais elogiados na primeira temporada da série, podemos esperar que, mesmo não estando incluída nesses eventos nos livros, ela os integre nas telas. E então, ansioso para a continuidade de The Witcher? Compartilhe sua opinião com a gente.

Imagens: Netflix  Fusion Medical Animation.

Para onde vai a gordura do nosso corpo quando emagrecemos?

Matéria anterior

Série do Cavaleiro da Lua ganha diretor

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar