Por que os homens têm mamilos?

POR Ultra Curioso    EM Ciência e Tecnologia      09/09/15 às 20h14

O corpo da mulher e o corpo do homem tem traços característicos que permitem diferenciá-los e dar funções para cada parte deles. Através do pênis, por exemplo, o homem expele a urina e se reproduz. E através dos seios, a mulher pode alimentar um recém-nascido através da lactação. Bem, nesse aspecto não há dúvidas que os 'peitos' na mulher são essenciais. Mas e quanto ao homem? Se eles não são capazes de lactar, por que os homens têm mamilos?

Os seres humanos são mamíferos, o que significa que eles são de sangue quente, vertebrados, peludos, respiram ar e produzem leite para bebês. Até a quarta semana de desenvolvimento os embriões humanos ainda não possuem uma definição de masculino e feminino, sendo idênticos. A formação primária de glândulas mamárias e os tecidos são altamente conservados através das espécies de mamíferos e começam a se formar no início do desenvolvimento, antes de os processos específicos do gênero terem lugar.

A gônada do embrião aparece em torno de 4 semanas de desenvolvimento e é considerada indiferente, o que significa que o gênero não está tendo um papel no desenvolvimento naquele ponto. Isso vai continuar por mais algumas semanas.

Durante a oitava semana, células germinativas começar a se submeter a determinação do sexo. Os machos então segregam fatores que bloqueiam o desenvolvimento de condutas e estruturas do sexo feminino. Uma vez que o embrião macho produz testosterona, a hormônio pode influenciar outras características específicas do sexo em todo o corpo. Ou seja, todos os embriões vão ter mamilos, mas a partir de determinado ponto, as mulheres os desenvolvem e os homens não.

abdomen
Apesar de ter uma quantidade limitada de tecido mamário subdesenvolvido, os homens ainda são capazes de contrair câncer de mama. É extremamente raro para um homem desenvolver câncer de mama, mas os homens são responsáveis ??por menos de 1% de todos os casos de câncer de mama, ou seja: pode acontecer. Os fatores de risco incluem os níveis de estrogênio, obesidade, consumo de álcool e doença hepática.

Fonte: IFL Science

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+