Por que as vezes sentimos dor no peito ao respirar?

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      27/10/14 às 18h27

Na TV ou na internet, as pessoas falam o tempo todo sobre a importância de cuidar bem da saúde e do coração, além dos sintomas clássicos que identificam problemas cardíacos. E, como todo mundo sabe, dores no peito podem ser um péssimo sinal com relação a esse assunto.

Mas, apesar dos pesares, nem sempre dores na região torácica são um grande problema. Aquela dorzinha chata, que as pessoas têm de vez em quando, na altura do coração, por exemplo; pode não ser nada muito sério ou complicado.

De acordo com especialistas, a maior parte das pessoas jovens, saudáveis e sem casos de indivíduos cardíacos na família normalmente não estão sofrendo com nada mais sério que gases, quando reclamam de dores profundas na altura do coração. Engraçado não?

Pois é, aposto que você também já se preocupou, pelo menos uma vez na vida, com esse problema, não és mesmo? Os médicos contam que gases intestinais podem "subir" e provocar dores intensas no peito, normalmente acompanhadas de flatulências... ou os famosos puns; e costumam desaparecer por si mesmas.

2

Além disso, normalmente essas "dores" estão associadas a ingestão de alimentos que causam gases (como laticínios e outras comidas e bebidas fermentadas) ou a doenças gastrointestinais. Como esses gases costumam "caminhar" ou se concentrar pelo corpo, a impressão é que se está com "dor no coração", sobretudo se o desconforto estiver do lado esquerdo do peito. (Clique para ler ainda: 10 curiosidades sobre peidos que você sempre quis saber, mas nunca teria coragem de perguntar).

Acontece, no entanto, que não dá para generalizar. Se a dor no peito for persistente e não passar depois de ir ao banheiro e de uma massagem abdominal, é preciso procurar um médico. Isso porque, além de problemas cardíacos, essas dores na região superior do corpo podem indicar inúmeros outros problemas.

Confira:

- Dor no peito do lado esquerdo:

3

Pode ser sinal de infarto quando acompanhada por dor que irradia para os braços ou quando é constante, persistindo por mais de 20 minutos. Nestes casos é recomendado procurar um pronto-socorro o quanto antes.

- Dor no peito do lado direito:

5

Pode estar ligada a problemas na vesícula biliar, como cálculos (pedras) ou inflamação. Normalmente esse tipo de dor piora com o repouso, podendo também estar associada a febre, náuseas, vômitos e falta de apetite. Caso a dor se mantenha após uma hora, é preciso consultar um médico.

- Dor no peito ao respirar:

4

Esse pode ser um sinal de lesões nos músculos ou costelas. Isso porque, quando as dores nessa região estão relacionadas com o pulmão, elas tendem a ser constantes e não agravam com o movimento da respiração. Assim, o que se deve fazer é aplicar compressas quentes na região e se persistir por mais de 2 horas, é preciso ir ao hospital.

- Dor no peito e queimação:

6

Pode ser que a pessoa esteja com problemas gástricos, especialmente relacionado a úlcera gástrica. Mas, esses sintomas costumam aparecer também em quem fica muito tempo sem comer. Normalmente essas dores são tratadas com remédios antiácidos, de acordo com indicações médicas.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+