Curiosidades

Qual é a profissão dos maiores bilionários do Brasil?

0

Recentemente, a Forbes divulgou a lista dos brasileiros mais ricos. Ao todo, 20% desses bilionários têm algo em comum, claro, além da conta cheia de dinheiro, trabalham na mesma área.

O agronegócio é o ramo que mais enriquece os brasileiros há muitos anos. A soma da fortuna dos 54 brasileiros mais ricos chega a R$ 402,20 bilhões. 

Fábrica de bilionários

Foto: valio84sl/ Thinkstock

A lista da Forbes indica 290 brasileiros com enormes riquezas. Deles, 54 são empresários que atuam no setor do agronegócio.

Especialistas apontam que a explicação é que a população mundial não para de crescer e essas pessoas precisam de alimentos diariamente. Inclusive, vale destacar que até 2050 a previsão é que a população mundial seja de 9,7 bilhões de pessoas.

Esse aumento da população gera maior demanda de alimentos, o que garantiria muito dinheiro para as pessoas que movimentam o agronegócio. 

Também é importante destacar que, de acordo com dados de 2021, o agronegócio é responsável por 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Além disso, um relatório da World Wealth Report, consultoria Capgemini, aponta que o agronegócio está entre as dez áreas mais citadas para gerar milionários na próxima década.

Inclusive, até mesmo durante a pandemia da Covid-19, o agronegócio continuou crescendo, enquanto diversos segmentos somaram enormes prejuízos. 

Outro fator que ajuda a formar bilionários no ramo é a tecnologia cada vez mais presente no campo, aumentando a produtividade em áreas menores. A estimativa é que esse modelo crie mais super-ricos nos próximos anos.

A expectativa é que a riqueza do setor seja ainda maior com as AgTechs, as agências tecnológicas voltadas para o agronegócio. São diversas startups que estão buscando soluções para melhorar a produção no campo com mais respeito ao meio ambiente e ganhos ainda maiores.

Quem são os bilionários do agronegócio do Brasil

 

Agora que você já sabe o poder do agronegócio, veja abaixo quem são os bilionários dessa indústria, de acordo com a Forbes. A data de corte da apuração do patrimônio foi 31 de maio de 2022.

Jorge Paulo Lemann e família 

Foto: Felipe Rau/ Estadão Conteúdo/ Arquivo

Aos 82 anos de idade, Jorge Paulo Lemann possui um patrimônio de R$ 72 bilhões. A origem da fortuna do empresário é a empresa AB Inbev/3G Capital.

Mesmo com a queda significativa em seu patrimônio, Lemann voltou a ser o maior bilionário do Brasil neste ano. Além de ser acionista controlador da gigante cervejeira AB Inbev, o bilionário detém participação na Kraft Heinz e no Restaurant Brands International, controladora das redes de fast-food Burger King e Tim Hortons. 

Marcel Herrmann Telles

Foto: Paulo Fridman/ Corbis via Getty Images

Em segundo lugar está Marcel Herrmann Telles, sócio de Lemann na 3G Capital e em outros empreendimentos. O bilionário possui um patrimônio de R$ 48 bilhões e está em terceiro lugar na lista geral da Forbes de pessoas mais ricas do Brasil.

De acordo com a Forbes, Telles tem se envolvido cada vez menos no dia a dia das empresas. A revista também informou que, por meio da Innova Capital, o empresário também é grande acionista da ClearSale, que fez seu IPO na B3 em julho. Também através da Innova Capital, ele detém cerca de 9% da companhia.

Carlos Alberto da Veiga Sicupira e família

Foto: Divulgação/ UOL

Em terceiro lugar está Carlos Alberto da Veiga Sicupira, com patrimônio de R$ 39,85 bilhões. O bilionário de 72 anos também é sócio da 3G Capital e tem a origem de seu patrimônio atrelada à AB Inbev.

Além disso, o bilionário também faz parte do conselho de administração das Lojas Americanas, juntamente com Paulo Alberto Lemann, primogênito do sócio.

Sicupira está em quarto lugar no ranking geral da Forbes de pessoas mais ricas do Brasil.

Fonte: Edital Concurso, Forbes

Tudo indica que gatos sabem quando se fala deles

Previous article

Ecossistema a 500 metros de profundidade é descoberto nas Maldivas

Next article

Comments

Comments are closed.