Quando foi e quem criou a Bíblia?

POR Ultra Curioso    EM Mistérios & Horror      22/09/15 às 13h53

Imagine um livro escrito milênios atrás mas que ainda é capaz de moldar a vida de bilhões de pessoas ao redor do mundo mesmo com o passar incessante do tempo. Um livro que relembra o passado, descreve o presente e prevê o futuro, que dita normas, padrões e toma uma personalidade humana como ícone máximo. Agora, se pergunte: quem teria escrito um livro tão incrível?

Obviamente você já percebeu que estamos falando da Bíblia, possivelmente o livro mais importante de todos os tempos - e o mais vendido também. Ela é a pedra fundamental do Cristianismo, trouxe os fundamentos do Judaísmo e influenciou também o surgimento do Islã.

Podemos afirmar que, além de ditar os princípios morais e éticos cristãos, a Bíblia descreve reinos e povos, conta histórias de guerras épicas e conquistas de forma cronológica e expõe conceitos filosóficos e sociais. Ou seja, um livro tão abrangente não poderia ter saído de uma única mente. É aí que surge a questão: Quando e por quem foi criada a Bíblia?

Segundo a tradição religiosa cristã, os cinco primeiros livros do Antigo Testamento (que o Judaísmo chama de Torá e o Catolicismo chama de Pentateuco) teriam sido obra de Moisés por volta do ano 1200 a.C. Já os Salmos teriam sido escritos por Davi, e Samuel seria o autor de Juízes. Entretanto, talvez não seja essa a completa verdade.

pregação Bíblia

As histórias que vemos atualmente na Bíblia derivam principalmente de antigas lendas surgidas na chamada "Terra Prometida", ou Canaã, que hoje corresponde ao Líbano, Palestina, Israel e pedaços da Jordânia, do Egito e da Síria. Porém, descobertas recentes revelam que, na maior parte do tempo, Canaã não foi um Estado, mas uma sim uma terra sem fronteiras habitada por vários tipos de povos, e o povo hebreu era apenas um entre muitas tribos que andavam por ali. Por isso, sua cultura e seus escritos foram influenciadas por vizinhos cananeus, que viviam ali desde o ano 5000 a.C. E eles não foram os únicos a influenciar as histórias do livro sagrado.

A Bíblia também nos leva aos antigos sumérios, que no 3º milênio a.C. escreveram a famosa Epopéia de Gilgamesh. Essa história fala sobre uma grande enchente que devastou o mundo e na qual apenas os justos se salvam construindo uma gigantesca embarcação. A semelhança com a história bíblia do dilúvio é notável.

hqdefault (1)

Mas foi entre os séculos X e IX a.C. que os hebreus começaram a colocar esse misto cultural de relatos no "papel". A primeira versão das Escrituras Sagradas foi produzida por volta de 1000 a.C. e corresponde à maior parte do que hoje são os livros de Gênesis e o Êxodo. Nos livros em questão, o tema principal é a relação passional entre Deus e o homem.

O Todo-Poderoso chega a fazer tratos com o homem, conversa de igual para igual e até dá bronca! Entretanto, logo no começo da Bíblia, já existiu uma divergência sobre o papel do homem e do Senhor na história toda: o personagem principal, Deus, é tratado por dois nomes diferentes.

Elohim e Yahweh, esses eram os nomes relacionados ao Todo-Poderoso. Em algumas partes ele é chamado de Yahweh - que seria seu nome real (traduzido em português como Javé ou Jeová). Em outros pontos, Deus é chamado de Elohim, um título mais formal e distante (que pode ser traduzido simplesmente como "Deus"). Moisés teria escrito tudo por si mesmo, segundo os mais conservadores, e usou os dois nomes simplesmente porque quis. Mas uma parte do texto narra a morte do próprio Moisés. Isso indica que ele não é o único autor.

images

Há indícios de que os trechos que falam de Javé sejam os mais antigos, escritos numa época em que a religiosidade era menos formal. Pelo nome que usa para se referir a Deus (Javé), o autor desses trechos foi apelidado de "Javista". Já o outro autor, que teria vivido por volta de 850 a.C., é chamado de "Eloísta". Todas essa denominações surgidas por causa do jeito que cada um se referia a Deus.

A versão final e "editada" do Pentateuco surgiu por volta do ano de 389 a.C., quando um religioso chamado Esdras liderou um grupo de sacerdotes que mudaram radicalmente o judaísmo (partindo das Escrituras). Eles editaram os livros anteriores e escreveram a maior parte dos livros Deuteronômio, Números, Levítico e também um dos pontos principais da Bíblia: os famosos 10 Mandamentos.

manuscrito

A Bíblia é um tão livro tão complexo, antigo e miscigenado que tomá-lo ao pé-da-letra de capa a capa seria, além de fundamentalismo e extremismo, total burrice. Afinal, você não querer sair por aí apedrejando prostitutas, deixando a barba crescer infinitamente e outras coisas do tipo, vai? Foi provado que o livro sagrado já foi alterado, reescrito e até fraudado. O que nos resta é pegar dela o que há de bom e praticar um de seus principais mandamentos: o amor ao próximo.

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+