Notícias

Resgate dramático: Homem de 250 quilos é salvo após ficar preso em montanha de lixo em seu apartamento

0

Um resgate em uma montanha de lixo surpreendeu os moradores no coração de Barcelona, em El Prat de Llobregat.

Alejandro B. estava em sua própria casa e precisou ser recuperado em uma operação que durou sete horas.

Os bombeiros estavam usando máscaras e vestindo trajes de proteção biológica, escavando incansavelmente por uma montanha de lixo, desde o amanhecer até às 3 da manhã.

Alejandro, um homem robusto com cerca de 250 kg, vivia em meio à desordem e não havia saído de sua casa desde o início da pandemia.

Os vizinhos perceberam que algo estava errado e até mesmo alertaram o Conselho da Cidade de Barcelona.

No entanto, nada se concretizava, e o morador insistia que estava bem e não precisava de ajuda. Ele continuou sozinho, e os familiares não se importaram em conferir.

Preso em uma montanha de lixo

Via UOL

O pobre Alejandro trabalhava no aeroporto, era um cientista da computação, dizem. Porém, com a chegada da pandemia, sua casa se transformou em seu escritório.

Ninguém tinha ideia da gravidade da situação até que essa operação se desenrolasse. Alejandro não tomava seus remédios há anos. Parece ser um claro e extremo caso de síndrome de Diógenes.

Apesar de tudo, o resgate foi bem-sucedido. Entre a montanha de lixo, estava Alejandro, respirando com dificuldade. Os bombeiros prontamente o ajudaram. Ele foi levado para fora usando uma empilhadeira através de uma janela.

Agora, ele está no hospital Bellvitge e os boatos dizem que ele não corre risco de morte. A questão que fica é o que aconteceria com o cientista da computação se ninguém se alertasse? Agora, ele pode retornar para casa ou precisará ser encaminhado para um centro de saúde social?

Por enquanto, as pessoas agradecem os bombeiros locais e os vizinhos por serem atentos e perceberem que algo estava estranho.

Além disso, toda a comunidade agora se alerta para esse caso, e ficarão mais vigilantes para possíveis casos de ajuda silenciosa.

O que é síndrome de Diógenes?

Via SCC

A síndrome de Diógenes, também conhecida como síndrome do acumulador compulsivo, é um distúrbio comportamental caracterizado pelo acúmulo excessivo e desordenado de objetos, associado à negligência extrema com a higiene pessoal e a falta de cuidado com o ambiente onde a pessoa vive.

Essa síndrome recebeu esse nome em referência a Diógenes de Sinope, filósofo grego que vivia em extrema pobreza e acumulava objetos em sua moradia precária.

As pessoas afetadas pela síndrome de Diógenes geralmente têm dificuldades em se desfazer de qualquer item, mesmo que seja inútil ou insalubre, resultando no acúmulo progressivo de lixo, detritos e objetos diversos em seu ambiente.

Essa condição costuma estar associada a problemas de saúde mental, como transtornos de ansiedade, depressão, transtornos de personalidade ou demência.

Além do acúmulo excessivo, os indivíduos com síndrome de Diógenes podem apresentar isolamento social, negligência consigo mesmos, falta de cuidados básicos de higiene e dificuldade em interagir com outras pessoas. A síndrome pode afetar pessoas de diferentes faixas etárias, mas é mais comum em idosos.

O tratamento da síndrome de Diógenes envolve uma abordagem multidisciplinar, com intervenções médicas, psicológicas e sociais.

É importante oferecer suporte psicoterapêutico, incentivar a participação em programas de assistência social e garantir a remoção e limpeza do ambiente afetado, a fim de melhorar a qualidade de vida do indivíduo e evitar riscos à sua saúde e segurança.

Agora, com o resgate de Alejandro da montanha de lixo, ele poderá procurar tratamento e cuidar melhor da sua saúde, casa e da sua vida.

 

Fonte: Mistérios do Mundo

Imagens: UOL, SCC

Influenciadora desabafa em vídeo após experiência controversa com macaco em atividade turística

Artigo anterior

Após décadas de procura, homem suspeito de participar do genocídio de 2 mil pessoas em Ruanda é capturado

Próximo artigo