• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Revelaram páginas censuradas do diário de Anne Frank e é bem diferente do que esperávamos

POR Mateus Graff    EM História      22/05/18 às 20h52

No dia 9 de julho de 1942, Anne, seus pais, sua irmã e outros judeus se esconderam em um Anexo secreto junto ao escritório do pai de Anne, em Amsterdã, durante a ocupação nazista dos Países Baixos. Inicialmente, Anne Frank usa seu diário para contar sobre sua vida antes do confinamento e depois narra momentos vivenciados pelo grupo de pessoas confinadas no Anexo.

Os registros da garotinha serviram como um lembrete emocional do que os judeus passaram e foram publicados em um livro chamado "O Diário de Anne Frank". Algumas citações e reflexões da garotinha ficaram famosos pelo fato dela ter sido testemunha de sofrimento e crimes terríveis cometidos pelos nazistas.

Anne Frank nunca terminou seus diários e nem mesmo os viu publicados. Milhões de pessoas ao redor do mundo leram as palavras escritas por Anne, mas algumas páginas não foram publicadas, deixando um mistério. Mas parece que com a ajuda de tecnologia conseguiram revelar o que estava escrito nessas páginas e nós mostramos para vocês.

As páginas ocultas do diário de Anne Frank

Uma nova tecnologia permitiu que curadores do Museu Anne Frank pudessem ver o que estava por trás das folhas de papel marrom que foram coladas em cima de páginas do diário. O que estava escrito? Bom, Anne faz uma narrativa onde ela oferece conselhos sexuais a uma pessoa não identificada. Peter de Bruijn, do Instituto Huygens para a História da Holanda, diz que os detalhes são menos interessantes por sua natureza sexuais e mais por seu estilo.

Peter explica o seguinte: "Ela começa com uma pessoa imaginária com a qual está falando sobre sexo, e então ela cria uma espécie de ambiente literário para escrever sobre um assunto que ela talvez não se sinta confortável."

Em uma das páginas ela escreve o seguinte: "Vou usar essa página estragada para escrever piadas obscenas. Você sabe por que as meninas alemãs da Wehrmacht estão na Holanda? Para servir como colchões para os soldados."

Pois bem, mas se ela queria esconder essas páginas, não seria desrespeitoso publicá-las? A diretora de coleções da Casa de Anne Frank, Teresien da Silva, acredita que é para o bem maior. "Às vezes é importante para a pesquisa científica e também é bom para o público saber o que ela não queria publicar", disse ela em entrevista ao The New York Times.

Mas e você, sabia dessas páginas escondidas no diário de Anne Frank? Se sim, imaginava que era isso que estava escrito? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+