Saúde

Rinite ou sinusite? Sintomas são parecidos, mas é importante diferenciar

0

Os sintomas da rinite e sinusite são muito parecidos, e você pode não saber o que está atrapalhando a sua respiração.

Nariz entupido, não sentindo cheiro e secreção escorrendo? Ambas as doenças podem estar te afetando.

Nesse caso, vale a pena conferir informações de especialistas e entender de uma vez por todas qual a diferença.

As duas são inflamações

A terminação ‘ite’ significa inflamação. Ou seja, rinite e sinusite são inflamações do nariz, mas em pontos diferentes.

No entanto, enquanto a rinite inflama a mucosa do nariz, a sinusite ocorre entre os seios do rosto, que ficam acima e no meio das bochechas.

Ambas também têm outra característica comum, além dos sintomas: vale a pena procurar o médico se durarem mais de cinco dias.

O otorrinolaringologista é o especialista mais indicado para avaliar o caso, diagnosticar rinite ou sinusite e prescrever o tratamento adequado.

Mesmo assim, é fundamental diferenciar rinite e sinusite, para evitar o uso desnecessário de antibióticos e corticoides.

O que é rinite?

Via Freepik

Rinite é uma inflamação da mucosa ao redor do nosso nariz, e costuma ter uma menor duração.

Ela acontece principalmente por infecções e alergias, como poeira ou pelos de animais.

Além disso, os sintomas costumam ser mais nariz entupido, escorrendo e espirros que não param. No entanto, pode existir obstrução durante a noite, secreção mais espessa e dor na frente do rosto.

O tratamento mais comum é com antialérgicos, ou anti-histamínicos, que ajudam brevemente. Enquanto isso, o uso de soro ajuda a limpar e diminuir o inchaço. Algumas pessoas precisam usar corticoides para ajudar a sarar de vez, mas somente o médico deve recomendar.

O que é sinusite?

Enquanto isso, sinusite é a inflamação dos seios paranasais, que são ossos atrás dos olhos e da testa. Geralmente, acontece por conta de bactérias, mas pode ser de alergias também. A diferença é que as causas variam mais, e costumam ser mais sérias.

Por exemplo, muitas pessoas possuem sinusite por problemas de desvio de septo ou forma crônica da cavidade nasal. Ou seja, os remédios não ajudarão tanto se não resolver o problema.

Os sintomas são mais graves, tendo também o nariz entupido e a secreção, mas também com dor de cabeça, tosse recorrente, irritação na garganta e cansaço, quase como uma gripe.

O tratamento é mais recomendado na base de corticoides e, algumas vezes, antibióticos específicos. Contudo, o indivíduo que possui caso crônico sentirá uma melhora apenas passageira.

De acordo com a Academia Americana de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, a sinusite é a quinta maior doença que faz as pessoas comprarem antibióticos.

Por isso, é fundamental ter orientação médica, avaliação clínica e tentar encontrar a causa do problema se as crises forem recorrentes no período de três meses. Geralmente cirurgias nasais ajudam nesse caso.

Via Freepik

Como tratar rinite e sinusite

Agora, seja rinite ou sinusite, existe uma alternativa que ajudará ambos os casos: a lavagem nasal. Ela ajuda de maneira preventiva e também após a crise.

Além disso, é importante evitar os desencadeadores de alergias, manter a higiene da casa e evitar ambientes poluídos, com poeira, aromas fortes, umidade e fumo.

Para lavar o nariz de forma correta, é indicado utilizar sempre soro fisiológico 0,9%. Se faltar, vale fazer um caseiro, usando 2 colheres (chá) de sal e 1 colher (chá) de bicarbonato em 1 litro de água fervida ou filtrada.

Em seguida, encha uma seringa de 20 ml com a solução, preferencialmente morna. Com isso, aplique a solução nas narinas, uma de cada vez, de forma lenta e contínua.

Dessa forma, as mucosas ou o seio nasal terão alívio a curto e longo prazo, além de ajudar a eliminar as secreções e ajudar na respiração. Outros sintomas, como dor de cabeça e dificuldade para respirar durante a noite, também terão uma melhora significativa.

Contudo, é importante entender a origem do problema e verificar o período entre as crises. Para pessoas com maior propensão de rinite, é comum que aconteça sempre em contato com os fatores, como pelos, pó ou mesmo mudança de estação ou quedas de temperatura.

No entanto, ele atingirá especificamente o nariz, e geralmente passa dentro de algumas horas ou dias, no máximo.

Se verificar outros sintomas mais graves, incluindo dores no peito, de cabeça ou febre, considere ser sinusite e procure um médico para obter a melhor receita.

 

Fonte: UOL

Imagens: Freepik, Freepik

Inteligência artificial vai substituir médicos? Bots já possuem até rosto humano

Artigo anterior

Dona da Nokia lança celular para fãs de cerveja

Próximo artigo