No universo dos quadrinhos, existe uma polarização entre o bem e o mal. Na verdade, até mesmo no mundo real vemos esse maniqueísmo. No entanto, a questão aqui é que o mundo fictício de super-heróis é muito bem delimitado entre bandidos e mocinhos, heróis e vilões. Sendo assim, ao longo de uma narrativa os dois lados são apresentados e tendemos a torcer por aquele que defende os conceitos moralmente aceitos, ou pelo menos é assim que somos levar a pensar. Todavia, apesar dessa divisão ser bem polarizada, há como personagens migrarem de um extremo para o outro? Por exemplo, tem como um vilão se tornar um herói? A resposta é sim. Logo abaixo, você pode conferir alguns exemplos de situações de super-heróis que começaram suas carreiras como vilões.

7 - Gavião Arqueiro (vilão sim, mas por amor)

O Universo Cinematográfico Marvel apresentou o Gavião Arqueiro como um pai de família comprometido em salvar o mundo, então é difícil imaginá-lo como vilão. No entanto, acredite se quiser, o velho Clint Barton fez algumas coisas ilegais quando estreou na Casa das Ideias. Apaixonado por Viúva Negra, o Gavião Arqueiro buscou demonstrar seu afeto ajudando-a a roubar tecnologia das Indústrias Stark. Em seguida, ele participou de um esquema de espionagem internacional. Contudo, após ser ferido, ele acabou percebendo que não estava do lado certo das coisas e se tornou um Vingador. É amigo, quem nunca teve uma fase sendo gado, não é mesmo?

6 - Vampira (da irmandade de vilões aos X-Men)

Se você conhece Vampira exclusivamente pelas animações ou filmes dos X-Men, provavelmente perdeu alguns detalhes sobre sua origem. Quando foi apresentada pela primeira vez nas páginas da Marvel Comics, Vampira integrava a Irmandade de Mutantes. Sim, estamos falando dos vilões dos X-Men. No entanto, se serve de circunstância atenuante, a garota foi manipulada por Mística para tal. Fazendo-a acreditar que após anos isolada por conta de seus poderes, Vampira finalmente havia encontrado uma "família", Mística a instruiu a sugar poderes e ferir diversos personagens do Universo Marvel. Contudo, eventualmente, Vampira acabou pedindo ajuda dos X-Men e mudando de lado, após perceber que estava sendo usada e havia se tornado a vilã da história.

Publicidade
continue a leitura

5 - Viúva Negra (uma questão de perspectiva)

Assim como pudemos ver no tópico do Gavião Arqueiro, inicialmente, a Viúva Negra não era muito confiável. Acontece que seu propósito, em suas primeiras aparições, era atuar como uma antagonista do Homem de Ferro. Embora ela fosse considerada uma heroína para a República Soviética, nos Estados Unidos, ela estava do lado contrário da lei. De qualquer forma, isso não impediu que ela usasse todas as suas habilidades como espiã para cumprir suas missões, mesmo que isso envolvesse manipular pessoas, como Gavião Arqueiro. Surpreendentemente, ela acabou se envolvendo com ele e essa relação a motivou a mudar de lado, se tornando uma Vingadora.

4 - Falcão (vilão é uma palavra forte)

Da mesma forma que Clint Barton, o UCM sempre mostrou Sam Wilson como um mocinho. Todavia, o que poucos sabem é que, incialmente, ele era um criminoso e membro de uma gangue. Embora isso tenha sido motivado pelo assassinato de seus pais e sua revolta com o mundo, ele nunca foi exatamente um dos vilões, mas também não era um cidadão exemplar. Após ser envolvido em uma conspiração para matar o Capitão América, Wilson acabou se tornando amigo de seu alvo e assumindo a identidade de Falcão, um novo herói.

Publicidade
continue a leitura

3 - Deadpool (um mercenário patrocinado por vilões)

Ainda hoje, não podemos considerar o Deadpool exatamente um herói, mas acredite, suas intenções melhoraram muito desde que ele foi criado. Sabendo que ele é um mercenário, é certo dizer que sua moral, ética e lavores tinham um preço. Sendo assim, incialmente ele recebia altos valores dos vilões para matar mocinhos. Contudo, com o passar do tempo ele deixou essa atividade de lado e voltou sua energia e disposição em ajudar as pessoas por uma genuína satisfação pessoal, mesmo que pra isso ele ainda infrinja algumas leis de vez em quando.

2 - Homem-Borracha (uma história de redenção)

Publicidade
continue a leitura

Antes de se tornar o Homem-Borracha, Patrick "Eel" O'Brian era um pequeno vigarista. De ladrão à arrombador de cofres, Eel se especializou em diversos tipos de crime. Em suma, ele nunca foi alguém bom ou confiável, até isso mudar em uma noite fatídica. Enquanto trabalhava em uma fábrica de produtos químicos, Eel foi baleado no ombro e acabou caindo em um estranho líquido. Quando acordou, ele estava sendo cuidado por um monge, já que seus "amigos" o haviam abandonado. A partir daí, Eel notou que além de novos poderes elásticos, ele também havia ganhado uma segunda chance, e passou a buscar ser uma pessoa melhor.

1 - Visão (androides recém nascidos podem ser considerados vilões?)

No UCM visão nasceu puro e inocente. Contudo, nos quadrinhos, ele foi criado por Ultron para derrubar Hank Pym e Janet van Dyne. Então, na primeira vez que vimos Visão, ele estava lutando contra os Vingadores, mas fazia aquilo sob a influência de Ultron. Porém, no confronto com a equipe de heróis, o androide acabou se dando conta de que estava sendo manipulado e ganhou uma chance de redenção, a qual ele abraçou com toda a força.

Fonte: WhatCulture
Imagens: Marvel  DC Comics

Publicado em: 21/10/20 15h32