Notícias

Tartarugas são confundidas com pessoas se afogando em praia de Alagoas

0

Uma ocorrência atendida pelo Corpo de Bombeiros na tarde do feriado de 7 de Setembro na Praia de Tabuba, na Barra de Santo Antônio, Litoral de Alagoas, teve um desfecho curioso. Depois de quase três horas de buscas por duas pessoas que estariam se afogando em alto mar, o helicóptero do Grupamento Aéreo descobriu que, na realidade, eram duas tartarugas nadando.

Às 14h18, os bombeiros receberam um chamado para um resgate de duas pessoas no mar. Enquanto os guarda-vidas realizavam as buscas pelo mar, a aeronave do Grupamento Aéreo fazia uma varredura nas águas.

As buscas duraram aproximadamente três horas. Às 17h29, os bombeiros informaram que “as buscas foram feitas pelo Grupamento Aéreo e pelo Aquático e foi constatado que tratava-se de duas tartarugas”.

Diversas pessoas acompanharam as buscas na praia. O cabo Nasser do Corpo de Bombeiros disse ao G1 que não se tratou de um trote. De acordo com ele, as tartarugas marinhas que aparecem na região são bem grandes e podem ser confundidas com pessoas no mar.

“Nessa praia, ocorrem muitos aparecimentos de tartarugas marinhas. E são tartarugas grandes, que vêm se alimentar aqui na nossa costa. Então as pessoas muitas vezes confundem. Foi feita a varredura com o nosso helicóptero Arcanjo e com os nossos homens do grupamento aquático”, disse o bombeiro.

Tartarugas-marinhas são encontradas mortas em praia de Salvador

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Já na cidade de Salvador, duas tartarugas-marinhas foram encontradas mortas na praia da Pituba na manhã do dia 05 de setembro. Os corpos dos animais estavam a aproximadamente 300 metros de distância um do outro.

Não existem informações sobre o que causou o óbito e nem se os animais eram filhotes ou adultos.

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Equipes do Projeto Tamar foram acionadas e banhistas entraram em contato com a prefeitura para realizar a remoção dos animais do local.

Equador investiga caça de 4 tartarugas-gigantes ameaçadas de extinção em Galápagos

Foto: Getty Images via BBC

Já no Equador, no final de agosto de 2022, começou a ser realizada uma investigação sobre a morte de quatro tartarugas-gigantes de Galápagos. As autoridades temem que esses animais tenham sido caçados e comidos.

Os restos mortais dos animais foram encontrados em um parque nacional de Isabela, a maior ilha do arquipélago de Galápagos.

Apesar de o ato de matar animais ameaçados de extinção ser proibido desde 1933, ainda assim, mais de uma dúzia foram caçados nos últimos dois anos.

A carne de tartaruga já foi considerada uma iguaria. Porém quem caça esses animais agora pode pegar até três anos de prisão.

Em setembro do ano passado, guardas florestais encontraram os restos mortais de 15 tartarugas-gigantes de Sierra Negra em Isabela.

Fotos dos cascos vazios foram compartilhadas e provocaram  indignação no Equador e mundo afora.

As evidências reunidas na época apontaram que as 15 tartarugas haviam sido caçadas por conta de sua carne.

Inspiração de Darwin

Foto: Reprodução/ Galápagos Conservancy

A recente descoberta dos restos mortais de mais quatro tartarugas reacendeu os temores de que a prática segue sendo realizada mesmo com a proibição total da caça.

De acordo com informações repercutidas pela BBC, os peritos realizarão autópsias nos restos mortais dos animais. Além disso, uma equipe especializada em crimes ambientais ficou responsável por colher depoimentos de agentes do parque nacional.

As tartarugas-gigantes de Galápagos possuem uma expectativa de vida de mais de 100 anos. Elas ficaram famosas por terem inspirado a teoria da evolução de Charles Darwin.

O navio em que Darwin navegou, o Beagle, levou 30 tartarugas vivas em sua viagem de Galápagos à Polinésia. No entanto, a maioria delas foi comida pela tripulação.

Atualmente, existem aproximadamente 15 mil tartarugas-gigantes no mundo, em comparação com 200 mil que haviam no século 19.

Fonte: G1, BBC

Influenciadora com autismo viraliza ao falar sobre transtorno

Artigo anterior

Menina de 2 anos raspa cabelo escondida dos pais e viraliza nas redes sociais

Próximo artigo