Ciência e Tecnologia

Threads | “Twitter do Instagram” vaza na Google Play Store

0

O rival do Twitter teve seu primeiro vazamento e traz algumas informações interessantes para o público.

Ele está sendo desenvolvido pela Meta, a empresa responsável pelo Facebook, WhatsApp e Instagram, e se aproxima cada vez mais de se tornar realidade.

Na segunda-feira (3), um desenvolvedor vazou a página do aplicativo “Threads, um app do Instagram” na Google Play Store, incluindo descrição e capturas de tela promocionais.

O vazamento foi feito por Alessandro Paluzzi em sua conta no Twitter, e já é possível observar alguns recursos do Threads nas imagens divulgadas.

Um dos recursos destacados é a possibilidade de fazer login e importar dados utilizando a conta do Instagram, conforme mencionado anteriormente.

Além disso, é possível ver uma tela para seguir contas que você já segue no Instagram, espaço para responder a publicações e um ícone muito semelhante ao do “Retweet” do Twitter, o que indica que essa função provavelmente fará parte da rede da Meta.

A descrição vazada do aplicativo apresenta informações sobre sua usabilidade, e destaca que é para “se discutir tudo”, desde tendências até notícias. Além disso, garante que os usuários poderão seguir e se conectar com os amigos e criadores de conteúdo.

O link da Play Store compartilhado por Paluzzi não está mais disponível para acesso.

Rival do Twitter #3

As primeiras informações sobre o projeto rival do Twitter da Meta surgiram em março, com a proposta de uma rede social baseada em texto e com uma interface similar.

A plataforma seria construída com base no protocolo ActivityPub, o mesmo utilizado pelo Mastodon, para funcionar como uma rede descentralizada, facilitando a transferência de acesso e dados entre outros serviços.

Desde então, o projeto passou por vários codinomes, como P92 e Barcelona, mas parece que Threads será o nome da versão final.

Ainda não há uma previsão de lançamento para essa nova rede social.

Alternativa popular

Via Pexels

Desde que Elon Musk adquiriu o Twitter, tem havido um aumento nas reclamações e insatisfações por parte dos usuários da plataforma.

Muitos expressaram frustrações em relação às políticas de moderação, à presença de conteúdo indesejado e à falta de transparência nas decisões tomadas pela empresa.

Além disso, o bilionário também implementou diversas mudanças pouco positivas, como pagamento de conta premium, limitação de uso do aplicativo e moderação de palavras arbitrárias.

Por isso, cada vez mais usuários deixam de usar a rede social com frequência, e se interessam por uma alternativa à altura. Entretanto, nenhuma opção ainda se aproxima do que é o Twitter, na atualidade.

Por outro lado, o desenvolvimento do rival do Twitter também vem de uma rixa antiga entre os donos das redes. Elon Musk e Mark Zuckerberg estão discutindo há anos, e a inimizade pode ter tomado proporções diferentes.

Unindo o útil ao agradável, o dono do Facebook promete um aplicativo integrado que agrade os usuários.

Diante desse cenário, há uma crescente expectativa por uma alternativa viável que permita aos utilizadores migrarem para uma plataforma que atenda melhor às suas necessidades e preocupações.

A possibilidade de um rival do Twitter desenvolvido pela Meta, empresa por trás do Facebook, WhatsApp e Instagram, desperta o interesse, especialmente de quem busca uma experiência de rede social mais satisfatória e alinhada com suas expectativas.

Resta aguardar novas informações ou vazamentos do aplicativo, ainda sem data para lançamento.

 

Fonte: Terra

Imagens: Pexels, Pexels

9 atitudes questionáveis de Elon Musk como dono do Twitter

Previous article

Fortuna de Elon Musk salta mais de US$ 11 bilhões em um dia, após Tesla entregar número recorde de veículos

Next article

Comments

Comments are closed.