CuriosidadesEntretenimento

Toda a história da criação do Miojo

0

Para aqueles que moram sozinhos e não tem muita intimidade com a cozinha ou para os apressados que tem preguiça de cozinhar, o miojo sempre foi uma ótima opção. Rápido, fácil e tem um gostinho até aceitável, não é mesmo?!

Seja por necessidade, pressa e as vezes até por escolha mesmo, todo mundo já fez do macarrão instantâneo seu prato principal do dia. O que muita gente não sabe é a história super interessante que esse salvador de refeições tem. Mas para acabar com isso, fomos atrás de tudo para você. Todas as curiosidades sobre o miojo que você não sabia.

O criador de uma das maiores invenções do século 20 faleceu em janeiro de 2007, ele era o empresário Momofuku Ando, nascido em Taiwan. Ando fundou a Nissin Product – empresa responsável pelas primeiras fabricações do nosso conhecido macarrão instantâneo em 1958 – quando ele tinha 38 anos, em 1948. Desde então, a empresa só cresceu e seus produtos ficaram conhecidos mundialmente.

Sem título

No Japão, a criação foi considerada a invenção mais importante pós-guerra, ganhando do Karaokê e do Walkman. Uma das declarações mais famosas de Ando foi “só haverá paz no mundo quando o povo tiver comida suficiente”. Segundo ele, esse foi o motivo que o levou a criar o que conhecemos hoje como miojo. No fim da Segunda Guerra Mundial Momofuku viu uma fila enorme formada por soldados que esperavam para conseguir uma tigela de sopa. Daí lhe veio a ideia de facilitar aquilo.

Depois de ter seu produto conhecido mundialmente, Ando teve seu “lamem” consumido até no espaço. Em 2005, a Nissin produziu um macarrão especialmente para ser consumido pelo astronauta japonês Soichi Noguchi, durante uma missão espacial da nave Discovery.

Cup Noodles

tumblr_m0l4efahWH1r4jtqoo1_500_large

Em 1971, um funcionário da Nissin, Takeshi Otaka, sugeriu à Ando que o miojo fosse produzido em um pote de isopor, o formato deu tão certo que produto foi batizado de Cup Noodles e o design do copo é o mesmo até hoje. Atualmente o Brasil usa plástico duro nas embalagens. Porém, em outros países, os copos podem ser de papel ou isopor, que, além de serem leves e baratos, são um ótimo isolante térmico. Assim, o recipiente perde pouco calor, mantendo a água quente por mais tempo.

No Japão, o nome do miojo de copo é Cup Noodle, sem o “s” no final, e há mais de 15 sabores disponíveis nos mercados. Para dar o sabor diferenciado que o Cup Noodles tem em relação ao Nissin Miojo comum, os fios do macarrão são mergulhados por dez segundos em um tanque com água a 30ºC, temperada com sal e glutamato monossódico (sal sódico do ácido glutâmico). Depois de frito, quando o macarrão é levado para embalar, são acrescentados temperos em pó e pedaços de alimentos desidratados, como legumes e pedações de carne.

Tempero de macarrão instantâneo é mesmo inflamável?

Um vídeo que anda fazendo sucesso no Facebook nos últimos dias está deixando os amantes de de miojo preocupados. O vídeo mostra um teste feito com o tempero do macarrão instantâneo, colocado em um prato e em contato com a chama de um isqueiro. O tempero pega fogo como se fosse uma pequena carreira de pólvora.

Além de ter ganhado mais de 700 mil compartilhamentos de pessoas que diziam ter “abolido o miojo” de suas vidas, a legenda do vídeo continha a seguinte legenda: “Além de ficar parado por duas horas no estômago, aumentar as chances de câncer em mil vezes, ter a quantidade de sódio de 28 litros de coca-cola, não tem um nutriente que preste…”. Enfim, parece que quem fez o vídeo não gosta muito do miojo, não é?! Confira o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=ZFSIfdlVIDg

Depois da movimentação que o vídeo causou foram feitos testes para verificar se o tempero do miojo era realmente inflamável. Os ingredientes que fazem parte dos temperos do macarrão instantâneo ainda são um mistério, porém, sabemos que a mistura conta com sódio, açucares, proteínas, vitaminas e o glutamato monossódico. E além disso, que açúcar e sódio pegam fogo juntos, não separadamente. Sabendo disso, foram feitos mais testes com a suposta combustão do tempero de miojo.

Após esses testes foi desmentida a primeira versão do vídeo, ou seja, o tempero foi exposto ao fogo e não entrou em combustão.

Logo, é uma questão básica: come quem gosta. O fato é que o miojo já salvou muita gente daquela fome inesperada por aí. Confira o vídeo que mostra o contato entre o tempero e o fogo em que não acontece nada, nadinha.

Bônus: O que acontece se você comer miojo de estômago vazio?

Fast food (comida rápida) e comida instantânea são a preferência – é a salvação – de milhões e milhões de pessoas pelo mundo. Quem nunca chegou em casa cansado e morrendo de fome depois de um longo dia, ficou com preguiça de preparar comida e simplesmente fez um miojo? Afinal eles são fáceis, rápidos e gostosos, e justamente por isso costumam ser a refeição diária de muitas pessoas (principalmente aquelas que moram sozinhas).

Mas quando você descobrir o que acontece no seu corpo quando ele está digerindo esse tipo de macarrão, ainda quando você o come de estômago vazio, vai ficar chocado e vai repensar seriamente o hábito de comer miojo todos os dias.

O Dr. Branden Kuo do Hospital Geral de Massachusetts, EUA, utilizou uma espécie de “pílula-câmera” que capta imagens e transmite para o exterior sem usar fios, para poder ver o interior do organismo de uma pessoa quando esta está digerindo um macarrão instantâneo e um macarrão normal. O resultado surpreendeu a todos. Foram 32 horas de filmagens que aumentaram ainda mais a fama de vilão do miojo.

 miojo1

O Dr. Branden Kuo constatou que, mesmo depois de duas horas em que o macarrão instantâneo foi ingerido, ele ainda continuava intacto no estômago do indivíduo, enquanto as imagens do organismo da pessoa que havia consumido macarrão tradicional mostraram que o alimento já estava em processo de digestão.

Isso significa que o miojo exerce extrema pressão sobre o sistema digestivo, o que o faz trabalhar de maneira anormal para absorver os pouquíssimos nutriente que o macarrão industrializado contém. Confira o vídeo da experiência.

https://www.youtube.com/watch?v=IQlNv2Au-Lg

Outro efeito nocivo do miojo ao sistema digestivo é o fato de ele conter glutamato monossódico (MSG). O MSG é uma excitotoxina, significa que excita ligeiramente as células nervosas do corpo a o ponto causar danos e mesmo a morte dessas células. Isto pode também levar a disfunção cerebral, doença de Alzheimer, doença de Parkinson e mais.

MSG é também chamado de droga da obesidade, uma vez que é usado para engordar ratos nas experiências feitas com eles. Portanto, o ideal é maneirar no consumo de miojo, para manter normal seu sistema digestivo e preservar sua saúde.

Fontes: BrasilPost, JapãoemFoco.

As 5 coisas mais odiadas do mundo e que são extremamente úteis

Matéria anterior

5 episódios controversos em séries famosas

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.