Ciência e Tecnologia

TV desatualizada? Como transformar sua televisão em smart

0

As famosas SmartTV, ou televisões inteligentes, adquiridas há alguns anos podem não ter mais acesso aos recentes serviços de streaming.

Isso se deve à necessidade de atualização dos aplicativos e do sistema operacional da TV, semelhante ao que ocorre com celulares e computadores.

Muitas vezes, os fabricantes não atualizam os modelos mais antigos para suportar os aplicativos e sistemas mais recentes, independentemente da qualidade da resolução ou do tamanho da tela.

Nesses casos, pode ser mais vantajoso adquirir um dispositivo de smart TV separado e economizar, em vez de investir em um novo televisor. Mas como fazer isso?

O que é SmartTV?

Via Freepik

Uma SmartTV (ou televisão inteligente) é uma televisão com recursos avançados de conectividade à internet e capacidade de executar aplicativos.

Na prática, é uma combinação de uma TV tradicional com um computador, permitindo que os usuários acessem uma variedade de serviços online diretamente do televisor.

A SmartTV geralmente tem uma interface de usuário intuitiva que permite navegar pela internet, acessar serviços de streaming de vídeo (como Netflix, Amazon Prime Video, Disney+, etc.), reproduzir vídeos do YouTube, acessar redes sociais, jogar games online e outras atividades.

Tudo isso acontece diretamente na tela da TV, sem a necessidade de dispositivos externos como computadores ou consoles de jogos.

Elas também podem ser controladas remotamente por meio de controles remotos tradicionais ou até mesmo por aplicativos de smartphones.

Em resumo, oferecem uma experiência de entretenimento mais integrada e personalizada, permitindo que os usuários acessem uma ampla gama de conteúdo e serviços online diretamente da sala de estar.

Mas como atualizar uma TV antiga?

Agora, se a sua SmartTV não atualiza os aplicativos mais recentes, ou pior, você não tem um dispositivo inteligente que funciona nesse modelo, existe uma solução: transformá-la com um conversor.

Existem alguns dispositivos que, ao serem conectados à sua TV, proporcionam recursos atualizados e uma ampla variedade de aplicativos para desfrutar de filmes, séries e muito mais.

Basta conectar o dispositivo diretamente à sua televisão, nos modelos que se assemelham a um pen drive (como os da Amazon e da Xiaomi), ou através do cabo HDMI nos dispositivos em formato de caixa (como os da Apple e da Roku), e aproveitar os seus serviços favoritos.

Os preços desses equipamentos variam de R$ 210 a R$ 2.400 nas lojas online, e são compatíveis com quase todos os televisores da atualidade.

Dispositivos para ter uma SmartTV

Se você quer transformar seu aparelho antigo em uma SmartTV gastando menos, basta conferir um dispositivo que realize essa mudança. No mercado, os mais comuns são:

  • Amazon Fire TV Stick
  • Roku Express
  • Xiaomi Mi TV Stick
  • Amazon Fire TV 4K
  • Apple TV 4K
  • Aquário STV-3000 4K
  • Roku Express 4K

Todos funcionam da mesma forma, trazendo os aplicativos, serviços de streaming e outros programas para tornar a televisão mais inteligente. Contudo, o que muda pode ser a compatibilidade e a interface de navegação, além do preço, claro.

Via Freepik

O que se atentar antes de comprar

Antes de adquirir seu dispositivo para ter uma SmartTV transformada, vale a pena se atentar para alguns itens.

Por exemplo, alguns serviços de streaming podem não estar disponíveis nos dispositivos mais populares ou podem levar um tempo para aparecer. Assim, recomenda-se verificar no site do fabricante os aplicativos disponíveis.

Além disso, para desfrutar de streaming em 4K, é aconselhável ter uma conexão de internet mais rápida em casa, com pelo menos 25 Mbps. Você pode testar a velocidade da sua internet em sites como speedtest.net e fast.com.

A rede de 5GHz, encontrada na maioria dos roteadores de internet sem fio domésticos, é mais recomendada para a transmissão de vídeos, pois oferece uma velocidade de transmissão de dados mais alta.

A conexão dos dispositivos de streaming à internet acontece via Wi-Fi, embora alguns modelos também ofereçam a opção de conexão através de um cabo Ethernet padrão.

Vale ressaltar que a configuração do produto ocorre com a ajuda de um controle remoto incluído na embalagem ou por um aplicativo para smartphone (iOS ou Android). Assim, ele simplifica a inserção de informações como senha da rede sem fio e dados de login dos serviços de streaming.

Por fim, a maioria dos dispositivos de streaming também permite espelhar a tela do smartphone na TV com poucos toques, o que é ótimo para compartilhar fotos e vídeos com a família.

Nesse caso, procure pelos termos “Chromecast” (para dispositivos Android) e “AirPlay” (para dispositivos iPhone e outros produtos da Apple).

 

Fonte: G1

Imagens: Freepik, Freepik

Carnaval 2024: quando é e por que todo ano a data é diferente?

Previous article

Quais são as novas skills da Alexa e como usá-las?

Next article

Comments

Comments are closed.