• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Veja como está o corpo dessa mulher depois de fazer mais de 200 cirurgias plásticas

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      18/03/19 às 19h46

É certo que todos nós, ou a maioria, temos coisas que queremos mudar a nosso respeito, mas às vezes isso pode sair do controle e virar praticamente um vício. E graças à cirurgia plástica é possível que mudemos aquilo que não gostamos. Ela tem como objetivo a reconstituição de uma parte do corpo, que por razões médicas ou estéticas, a pessoa deseja mudar. Por isso, a cirurgia plástica se divide em duas facetas, a reparadora e a estética.

A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. Já a estética é realizada pelo paciente com o objetivo de fazer melhorias na aparência e não visa de fato realizar nenhum ajuste em termos de saúde (apesar que isso pode ser possível) mas sim chegar ao aspecto físico que agrada ao paciente que se submete à intervenção.

Em qualquer cirurgia plástica, pretende-se que a zona afetada mantenha o seu funcionamento e, na medida do possível, que conserve um aspecto natural. Ao contrário disso, há cirurgias em que o objetivo é negar a aparência natural e executar formas temáticas.

Esse é o caso da modelo Martina Bartholf, que é mais conhecida como Pixee Fox. A modelo de origem sueca vive hoje em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ela é seguida por quase 500 mil pessoas em sua conta no Instagram e muitos desses seguidores a acompanham por ela já ter feito mais de 200 cirurgias plásticas. O objetivo que ela quer atingir é ser o mais parecida possível com a personagem de desenho Jessica Rabbit.

"Eu estava tentando me encontrar e não estava funcionando, até que comecei a fazer cirurgias plásticas. Eu me tornei a minha própria obra de arte", afirmou ela em uma entrevista. A modelo tem 29 anos e já mexeu em várias partes do corpo. Ela já modificou seus seios, quadril, ouvidos, nariz e mudou a cor dos seus olhos.

Mas dentre todas as cirurgias, a que deixou Pixee mais famosa foi a sua cirurgia na cintura. O procedimento, super perigoso, tirou seis costelas da modelo. Isso foi feito para que ela atingisse o objetivo de se tornar a mulher com a menor cintura do mundo. Depois da cirurgia, ela passou a ter 35 centímetros nesta circunferência. "Meu sonho sempre foi bater esse recorde", conta.

Complicações

A modelo também se chama de "The Living Cartoon", que quer dizer um desenho em pessoa, em tradução livre. No dia 18 de abril, ela publicou um vídeo indo até um clínica em Las Vegas onde ela iria fazer injeções de kybella, que é uma substância conhecida por combater o queixo duplo. O que Pixee não imaginava era que esse seria o seu último post por um longo tempo.

Em julho do ano passado, a modelo compartilhou com seus fãs que estava se recuperando da última cirurgia que ela fez e teve algumas complicações e que por isso ela tinha postado apenas uma foto. A foto não era nada relacionada à cirurgia, ou a que tipo de complicação ela teria tido. Era apenas o novo cachorro da modelo.

Somente em novembro é que Pixee fez uma transmissão ao vivo em seu Instagram para falar aos fãs que, na verdade, ela teve que ser reanimada na mesa de cirurgia durante o seu último procedimento.

E depois de tantos procedimentos estéticos e complicações, Pixee apareceu no programa de televisão Botched, um reality show que mostra casos extremos de cirurgia plástica que são reparadas pelos médicos Terry Dubrow e Paul Nassif.

Próxima Matéria
Via   Daily star  
Imagens Instagram
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+