10 coisas que as redes de fast food nunca te contariam

POR A redação    EM Curiosidades      05/10/15 às 15h34

O surgimento das redes de alimentação fast food revolucionaram a maneira com que as pessoas se alimentam. Quando bate aquela fome e você não tem muito tempo, basta dar uma passadinha em uma das lanchonetes e restaurantes do tipo e pronto. A comida chega rápido e você pode comer mais rápido ainda, sem perder tempo.

O grande problema é que toda essa rapidez e agilidade pode fazer com que quem come fast food não fique atento a alguns detalhes ou deixe de questionar algumas coisas. A seguir você vai poder conferir alguns fatos que as redes de comida rápida não querem que você saiba. Confira:

1 - As batatas podem ser velhas

batata

Em muitos casos, quando você vai comprar batata frita nas redes de fast food, pode ser que elas já tenham sido preparadas há horas. Então se você quiser garantir que as suas batatas fritas estejam frescas, de maneira que elas fiquem mais crocantes e gostosas, basta pedi-las sem sal. Assim, o cozinheiro terá que fritar mais batatas. Depois você pode colocar a quantidade de sal que quiser.

2 - Material fecal nas máquinas de refrigerante

refri

Já imaginou como é feita a limpeza das máquinas de refrigerante? Ou se pelo menos existe alguma limpeza? De acordo com uma pesquisa realizada pela Hollins University e publicada no International Journal of Food Microbiology, em janeiro de 2010, 50% das máquinas de refrigerante das redes de fast food dos Estados Unidos possuem coliformes fecais. As bactérias estão presentes no intestino de grande parte dos animais, inclusive do homem. É melhor nem imaginar como elas vão parar na sua bebida.

3 - Ingredientes velhos

ingre

Assim como acontece com a batata frita, que pode ser consumida após horas do preparo, os ingredientes e condimentos para o preparo da sua comida podem ser reaproveitados no dia seguinte. A maioria das redes de fast food costumam ter essa prática. Tudo para evitar gastos e desperdícios, quem sai no prejuízo, claro, são os consumidores.

4 - Todo o seu dinheiro

dineh

De acordo com dados da The Oxford Research Agency, 25% dos brasileiros consomem fast food com frequência. Apenas no ano de 2013, eles gastaram 50 milhões de reais com os alimentos. A estimativa é que no ano de 2018, mais de 75 bilhões sejam gastos com o mesmo fim. Nos Estados Unidos, a população gasta mais de 200 bilhões comprando fast food.

5 - Milk Shake de produtos químicos

milk

Você sabe quais são os ingredientes usados para preparar milk shake? Se você respondeu leite, sorvete e frutas, pode estar enganado. Aquele milk shake que você compra nas redes de fast food podem conter mais de 51 produtos químicos. Se você escolher um com sabor de fruta, é pouquíssimo provável que haja alguma fruta ali.

6 - Xarope de milho

xarope

O xarope de milho é um ingrediente amplamente utilizado na fabricação e preparo de alimentos rápidos nessas redes. Ele é utilizado para adoçar os alimentos e também para fazer com que você tenha vontade de comer mais. Isso mesmo! O xarope engana o seu corpo para que ele sinta vontade de comer mais daquele alimento, mesmo que você já esteja satisfeito.

7 - Limões sem lavar

água

Alguns fast foods oferecem a opção de servir água ou refrigerante com limão. Até aí nenhum problema, se o limão tiver sido higienizado, o que raramente acontece. A casca suja do limão que vai direto para o seu copo pode conter microrganismos que fazem mal à saúde, além de poder estar contaminada com agrotóxicos, que também são nocivos.

8 - Marcas falsas

hamburguer

Sabe aquelas marcas no seu hambúrguer que indicam que ele foi grelhado? Elas não são resultado de uma grelha de verdade, é apenas um truque do fabricante para que o alimento pareça ser mais apetitoso. Não podemos negar que é algo bastante esperto, mas da próxima vez não se deixe enganar.

9 - De onde vem essa carne?

carne

As falsas marcas de grelha não é o único segredo que o seu hambúrguer esconde, a carne processada usada para a sua fabricação pode conter partes de até 100 vacas diferentes. Já imaginou que você pudesse estar comendo um pedacinho da carne de tantos animais ao mesmo tempo? Pois é o que acontece.

10 - Trabalho escravo

trab

Muitos fast foods são conhecidos por oferecerem jornadas muito exaustivas de trabalho e por não pagarem devidamente os seus funcionários, de maneira que eles exerçam um trabalho análogo ao da escravidão. Alguns escândalos envolvendo esse tipo de prática já estampou capas de alguns jornais pelo mundo, mas nem por isso as coisas mudaram.

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+