• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

10 lugares que você deve morrer sem jamais conhecer

POR Thamyris Fernandes    EM Mundo Afora      15/08/14 às 15h49

A internet é um guia perfeito para quem está com dúvidas antes de viajar. Como você já deve ter encontrado por aí, o que mais tem no espaço virtual são fotos e matérias indicando os destinos mais bonitos, confortáveis e paradisíacos para serem visitados durante as férias e assim por diante. Aliás, tem conselho para todos os gostos.

Hoje, no entanto, vamos quebrar um pouco essa regra. Para variar essa coisa de "lugar que você precisa conhecer", vamos listar abaixo, os locais onde você jamais deve considerar em duas andanças turísticas. São paradas dentro e fora do Brasil que precisam ser evitadas a qualquer custo, a menos que você tenha um super espírito aventureiro.

Confira:

10. Grande faixa de lixo do Pacífico

1

Você pode nunca ter ouvido falar nesse lugar, mas a verdade é que ele se trata de uma grande lixeira no meio do Oceano Pacífico. Embora ninguém saiba dizer exatamente o tamanho desse amontoado flutuante de porcarias, há quem arrisque dizer que sua área é maior que a do estado do Texas, nos Estados Unidos. Aliás, seu volume aumenta todos os dias, pois toneladas e mais toneladas de lixo não param de chegar ao lugar.

9. Ilhas Izu

2

Localizadas no Japão, as Izu compõem um grupo de ilhas vulcânicas, formadas por duas cidades e seis vilas. Elas ficam no Japão, mas não são sua melhor escolha para o turismo, caso visite o país. Isso porque essas terras são impregnadas com o cheiro de enxofre, resultado dos gases que saem pelas crateras vulcânicas. Além, claro, do perigo constante dos vulcões cansarem de ficar adormecidos, né?

8. A porta do Inferno

3

O lugar que recebe esse nome "simpático" consiste em uma caverna cheia de gás natural. Dizem que ela foi descoberta acidentalmente, em 1971, por um grupo de geólogos que cavava nessa região do Turcomenistão. Aliás, foram os próprios pesquisadores que colocaram fogo na cratera, com medo de um vazamento de gás. O problema é que a caverna vem queimando desde então...

7. Os jardins venenosos

4

O Alnwick Poison Garden ou Jardim Venenoso (em tradução livre) é formado apenas por plantas tóxicas, que podem causar até a morte. O lugar, que fica na Inglaterra, conta com variedades comuns, daquelas que crescem em nossos jardins; até os tipos mais raros de plantas venenosas, como beladona, tabaco e mandrágora, além de maconha e até coca!

6. Mina de Asbestos

5

A chamada Mina de Asbestos fica no Canadá e é repleta de minerais como o silício, muito valioso e bastante tóxico também, isso porque sua "poeira" pode causar câncer. O problema com esse tipo de lugar é tão sério que na Europa sua exploração já foi proibida.

5. Ilha Ramree

6

A ilha é, basicamente, um enorme pântano de água salgada, localizada em Burma. Habitada por crocodilos, considerados os mais perigosos do mundo; ela também é o lar de mosquitos da malária e de escorpiões venenosos. Durante a Segunda Guerra Mundial, o lugar foi palco de uma batalha super sangrenta. Aliás, dos 2 mil soldados japoneses que entraram no pântano, apenas 20 saíram com vida.

4. Estrada de Yungas

7

O caminho da morte, como também é conhecida a estrada, fica na Bolívia, a aproximadamente 70 quilômetros de La Paz. Conhecida por ser extremamente perigosa, a estrada de Yungas é responsável pela morte de, mais ou menos, 300 pessoas todos os anos. Além do perigo real que ela representa - às margens de um penhasco de 600 metros - o lugar ainda tem um "tom" macabro, com cruzes por todos os cantos, demarcando os lugares em que aconteceram acidentes fatais.

3. Vulcões de lama do Arzebaijão

8

No Arzebaijão, há uma ilha - no meio do mar Cáspio - resultante de uma atividade vulcânica, em 2001. Acontece, no entanto, que nesse lugar não existem os temidos vulcões convencionais. Seus vulcões, ao contrário do que estamos acostumados a ver por aí, expelem lama e não são perigosos na maior parte do tempo. Mas, a cada 20 anos, mais ou menos, um deles explode e atira chamas a centenas de metros.

2. A zona da alienação

9

O lugar, conhecido por esse nome inquietante, fica há cerca de 30 quilômetros da área afetada pelo desastre de Chernobyl, na Europa Oriental. A região abriga cerca de 400 pessoas, descendentes dos que insistiram em voltar para lá depois do incidente radioativo. Na época, claro, um número considerável de resistentes permaneceram na zona da alienação, mas elas foram morrendo progressivamente.

1. Ilha da Queimada Grande

10

Localizada dentro do nosso Brasil, essa ilha que você jamais deve visitar fica no sul de São Paulo. Ela é praticamente intocada pelo homem. Claro que isso não aconteceu unicamente pelo "espírito de preservação" de nossa espécie.

Cientistas acreditam que nesse lugar vivam cerca de cinco cobras por metro quadrado. Aliás, não estamos falando de quaisquer cobras: as habitantes da região são as Víboras Pit, responsáveis por 90% das mortes por mordidas de cobra no país. Mas, se você é mesmo corajoso, fique ligado, porque é preciso de autorização do governo para ir até esse lugar.

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+