4 coisas que podem excitar o corpo humano que quase ninguém conhece

POR Ultra Curioso    EM Ciência e Tecnologia      23/09/15 às 08h46

O corpo humano é sem sombra de dúvidas uma "caixinha de surpresas". Ele é capaz de curar a si mesmo, dar sinais de alerta quando algo não vai bem e tem um mecanismo de defesa especialmente feito para te proteger instintivamente em qualquer situação.

E é claro, o corpo humano também pode ser usado como uma grande fonte de prazer. Uma pessoa tem zonas em seu corpo consideradas erógenas, isto é, que proporcionam a ela extremas sensações de prazer sexual. As mais populares, obviamente, são o pênis, o introito (a abertura externa do órgão sexual feminino), e a próstata. Entretanto, há outras partes do corpo e sensações que, quando provocadas, podem levar um indivíduo ao delírio!

O Ultra Curioso vai te mostrar 4 coisas que podem excitar o corpo humano que quase ninguém conhece, e que com certeza você vai querer testar depois de ler essa matéria. Sentimentos e sensações que, pela lógica da moral que rege a sociedade, jamais deveria deixar alguém excitado sexualmente: mas deixa! Descubra quais são eles.

1. Sentimento de aflição

calm-panicky-woman-during-labor-800x800

A Associação Britânica de Aconselhamento e Psicoterapia publicou recentemente um artigo no mínimo curioso: os sentimentos de aflição e medo podem despertar fortemente a libido nas pessoas.

O artigo, que tomou como exemplo de estudo o fatídico acontecimento do 11 de setembro, mostrou um grande número de viúvas (que perderam o marido na tragédia) que se relacionaram sexualmente com os bombeiros que prestaram ajuda a elas.

Segundo o estudo, é praticamente normal o corpo humano se sentir atraído sexualmente por outro em momentos de tensão e medo, uma vez que as partes do cérebro que dirigem a excitação sexual estão ligeiramente próximas das áreas que acionam o sentimento de pânico em situações de fadiga. Ou seja, ficar em pânico ou com medo pode te deixar muito excitado(a)!

2. Raiva (doença)

estock_commonswiki_370673_l

A raiva (ou hidrofobia) é uma terrível doença causada por um vírus geralmente transmitido pela mordida de animais infectados como cães oi morcegos. A vítima espuma pela boca e sente horríveis dores. Entretanto, a doença pode surtir certos efeitos no ser humano que ninguém poderia imagina. Por exemplo: tesão extremo.

O caso de uma mulher de 28 anos de idade na Índia chamou atenção da sociedade, e não foi sem motivo. A mulher teve que procurar ajuda médica quando estava numa situação a ponto de sentir uma vontade incontrolável de manter relações sexuais com qualquer pessoa que passasse em sua frente.

Descobriu-se que a mulher havia sido mordida há dois meses por um cachorro (que provavelmente estava infectado), e a mulher apresentava indícios de Raiva. Bizarro, não?

3. Amamentar

amamentar

Apesar de soar totalmente estranho bizarro (e claro, muito embaraçoso), é um fato provado pela Biologia: o ato de amamentar é capaz de deixar uma mulher excitada.

"Como assim?!" você pode perguntar e ficar chocado, mas o que acontece é que, durante a amamentação, a mama da mulher é estimulada e faz com que o organismo desta libere um verdadeiro "coquetel" de hormônios, dentre eles a oxitocina - que pode ser definido como, além do indutor das contrações do músculo uterino durante o parto e estimulante da secreção de leite, o impulsionador do desejo sexual e da libido.

É algo completamente normal, uma vez que é apenas o corpo humano respondendo naturalmente a um estímulo.

4. "Besteiras" alimentícias

sorvete-caseiro

Imagine a seguinte cena: você vai à sorveteria, pede um sorvete de chocolate e, assim que experimenta um pouquinho dele, um poderosíssimo e irrefreável tesão recai sobre você. Pois é isso o que acontece com alguém que sofre de Transtorno da Excitação Genital Persistente (PGAD) sente.

É o caso de Gabi Jones, uma jovem cidadã do Colorado (EUA). O sorvete em especial pode afetar ligeiramente seus sentidos, fazendo com que ela sinta uma excitação sexual tão poderosa que a impossibilite até de andar normalmente. Segundo a moça, assim que alimentos como o sorvete se espalham em sua boca, o "formigamento" no meio das pernas é simplesmente inevitável.

Fonte: How Stuff WorksCracked

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+