4 profissões ameaçadas por robôs

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      15/09/15 às 17h51

Os robôs são capazes de realizar trabalhos de maneira autônoma, pré-programada, ou através de controle humano. É notável a busca de pesquisadores em construir robôs semelhantes a humanos, mas será que eles seriam capazes de substituir uma profissão? Seria o fim dos estudantes e profissionais?

Mas a pergunta é: será que um robô é capaz de fazer um trabalho melhor que o nosso? Imagine se um médico fosse substituído por um robô? Será que você teria coragem de fazer uma cirurgia apenas com essa máquina? Não pense que essa realidade está longe, a consultoria Boston Consulting Group prevê que, em 2025, até um quarto dos empregos seja substituído por softwares ou robôs. Dá para imaginar?

Todos sabemos que há tempos a força de trabalho foi substituída por máquinas. Mas não seria um exagero os robôs entrarem no nosso cotidiano? Ou seria apenas uma revolução para melhorar nossas vidas? Um estudo da Universidade de Oxford, no Reino Unido, aponta que 35% dos atuais empregos no país correm o risco de serem automatizados nas próximas duas décadas.

Motoristas

robotica-na-saude-robos-google-boston-dynamicsVocê já imaginou se os motoristas fossem substituídos por direções inteligentes como robôs? Não pense que está longe - várias empresas estão trabalhando em pilotos automáticos eficientes. Motoristas de táxi também podem sofrer as mudanças. Isso porque, o Uber (aplicativo de carona paga) vêm travando uma batalha. Mas tanto o Uber quanto fabricantes de veículos e até mesmo o Google já estão buscando criar um serviço que dispense a presença do motorista.

Se você quer seguir carreira como motorista, chofer ou caminhoneiro, pense duas vezes! No final deste ano, módulos de táxi automatizados vão começar a operar nas ruas da cidade de Milton Keynes, na Inglaterra, oferecendo corridas pela cidade. O governo está atualizando as placas de trânsito para viabilizar o funcionamento dos carros sem motorista. Será que é a solução para quem não gosta de dirigir e odeia trânsito?

Jornalista

Robot hand typing on a computer keyboard.

Para os jornalistas, a notícia também não é muito boa. Tudo indica que, em um futuro próximo, as reportagens não serão mais escritas por jornalistas. A pesquisa feita pela consultoria Boston estima que, em 15 anos, 90% das notícias serão escritas por máquinas. Já imaginou?

Mas fique tranquilo! Kristian Hammond, chefe-cientista da Narrative Science diz, que isso não significa que 90% dos jornalistas vão perder seu trabalho, mas sim ampliar seu campo de atuação. Isso pode ser um avanço para o jornalismo, já que as máquinas que escreverão as reportagens.

Profissionais da saúde

Outra profissão que pode ser ameaçada por robôs é a medicina. Isso mesmo! Várias empresas estão investindo alto na tecnologia médica a fim de criar máquinas capazes de executar algumas tarefas que somente aqueles que cursaram a faculdade de Medicina eram capazes de realizar.

O Watson é um supercomputador da IBM, ele está atuando com dezenas de hospitais nos Estados Unidos para oferecer recomendações sobre os melhores tratamentos para diversos tipos de câncer. A máquina já é capaz de detectar um câncer de pele em estágio inicial. Mas será que um robô consegue ser mais preciso que uma mão humana? Dificilmente os pacientes vão querer ser consultados por robôs, mas futuramente, eles podem ser uma opção mais barata e confiável.

Profissionais de limpeza

robo-faxineiro-1398800461758_956x500Estima-se que 57% dos profissionais de limpeza tem a chance de serem substituídos por robôs nos próximos 20 anos. Até que essa notícia soa bem no ouvido das donas de casa. Pelo menos o trabalho mais duro pode ser substituído pelas máquinas.

Não podemos negar que a mão de obra robótica já é uma peça chave para nossa indústria. São capazes de facilitar o trabalho - reduz a mão de obra de milhares de operários. Não esqueça que os exemplos são meras possibilidades que podem vir no futuro. Vamos torcer para que esses robôs apenas facilitem nosso trabalho e não nos deixe desempregados.

Fonte: G1

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+