8 coisas que você jamais deve fazer no Japão

POR Ultra Curioso    EM Lugares & Construções      15/09/15 às 17h47

O Japão é um país-arquipélago composto por mais de 3 mil ilhas, sendo as principais Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu. Sua capital Tóquio também é maior cidade do país, tendo cerca de 13 milhões de habitantes. Ao todo, o Japão é habitado por aproximadamente 127 milhões de pessoas.

Mas a Terra do Sol Nascente tem muito, muito mais a oferecer do que dados geográficos e estatísticas. A cultura japonesa é famosa no mundo inteiro por sua tradição milenar mesclada ao moderno, pelas suas peculiaridades, comida, língua, tecnologia e até pela cultura pop! Afinal, quem nunca assistiu uma Anime (o famoso desenho japonês), ou folheou um Mangá (histórias em quadrinhos lidas da direita para a esquerda, e que normalmente inspiram os Animes).

De gueixas, cultos aos ancestrais até sushis e festivais milenares, o Japão definitivamente tem uma cultura de deixar qualquer turista maravilhado. Entretanto, é justamente pelo fato de nossos companheiros de olho puxado valorizarem tanto a cultura e tradição do país que devemos nos atentar a detalhes específicos na hora de visitar essa terra tão extraordinária.

Antes de visitar qualquer país estranho, é sempre bom se integrar dos costumes e hábitos nacionais justamente para não passarmos vergonha ou recebermos fama de má educação e desrespeito, e com o Japão não é diferente. O Ultra Curioso fez uma lista com 8 coisas que você jamais deve fazer no Japão e que, algumas dessas, você faria no Brasil normalmente e sem problema algum.

Portanto, atente-se para essas informações e, se resolver visitar a terra mágica do Japão, saiba como ser um perfeito japonês!

1. Na hora de brindar, nada de "tim tim"!

0419

"Tim tim" em japonês é um termo que se refere especificamente ao órgão sexual masculino. Como no Brasil temos o costume de dizer essa expressão ao fazer um brinde, todo brasileiro corre o risco de cometer uma terrível gafe na hora de brindar com um japonês, dizendo uma palavra bem imprópria para a ocasião.

Então, quando for brindar no Japão, não diga "tim tim" (não faça isso!), e sim "kanpai!" que significa "saúde". E antes de comer, "itadakimasu".

2. Falar no celular dentro do trem

celular

Quando for ao Japão, faça de tudo para só falar no celular antes de entrar em um trem ou depois de descer dele. Não, você não vai receber nenhuma multa por falar ao celular dentro desse transporte, mas vai estar sendo extremamente mal educado.

Falar no aparelho celular ou conversar com outra pessoa em voz alta dentro do trem não é nada bem visto no Japão. É comum pegar esse meio de transporte e ver todos (ou quase) em um profundo silêncio.

3. Beijar em público

beijo-tabu-no-japão

A cultura da 'intimidade' no Japão é tradicionalmente de reserva e recato. Portanto, é um ato totalmente indecoroso dar uns beijos ou amassos no affair em público.

No Brasil é normal ver casais se atracando em alguns lugares públicos, como parques e shoppings, mas nem pense em fazer esse tipo de coisa na Terra do Sol Nascente.

4. Não usar máscara quando estiver resfriado

mascaras

Os japoneses são extremamente preocupados com o contágio de doenças por germes, vírus e bactérias. Devido ao histórico que esse povo tem de surtos de doenças e quarentena, a cultura da máscara foi totalmente absorvida. Por, o simples ato de espirrar em público sem uma máscara já pode gerar um desconforto e um certo pânico nas pessoas ao redor.

5. Não levar um presente quando for fazer uma visita amigável

Presentes-especiais-para-dia-dos-namorados-5

No Japão, a tradição de se visitar alguém não é como no Brasil. Ao fazer a visita, a pessoa deve levar pelo menos alguma lembrancinha para o visitado. Pode ser até um docinho ou uma bebida, nada muito caro. É claro que, se for uma amigo muito íntimo, esse hábito é dispensável.

Outro fato curioso é que você deve evitar levar coisas em quantidade de quatro, pois este é considerado um número de mau agouro.

6. Mergulhar a parte do arroz no molho shoyu

Sushi

Que comida japonesa é uma delícia, todos já sabem. Mas o que muita gente não sabe é que até na hora de comer é necessário atenção para não ser desrespeitoso.

Quando for comer sushi e sashimi, tome cuidado para nunca molhar a parte do arroz da partes como o nigiri no molho de soja (shoyu). Apenas a parte do salmão deve ser molhada. Pode até parecer bobagem para nós brasileiros, mas o japoneses levam isso bem a sério!

7. Não tirar os sapatos antes de entrar em alguns locais

TIRAR-OS-SAPATOS

Esse é um dos hábitos mais famosos do Japão. Os japoneses normalmente sempre tiram seus sapatos antes de entrar em residências, santuários e hospitais. E o ato de não fazê-lo é, além de antihigiênico, muita falta de educação. A maioria das casas tem uma coisa chamada genkan, um local próximo à entrada da casa onde os sapatos são retirados. Depois de retirados os sapatos, coloca-se a suripa, uma espécie de chinelo que deve ser usado apenas dentro da casa. Em alguns banheiros e vestuários públicos também deve-se tirar os sapatos antes de entrar.

8. Abrir a porta quando a visita estiver indo embora

abrir_porta

No Brasil e em outros países é totalmente comum, quando recebemos visitar, o hábito de abrir a porta no momento em que ela chega para recebê-la e também no momento em que ela vai embora. O segundo ato, porém, é uma atitude muito mal educada no Japão. Lá, quando uma visita sua está indo embora, jamais deve-se abrir a porta (é como se quiséssemos que ela fosse embora rápido), mas sim deixar que ela mesmo abra.

E aí, qual desses costumes você achou mais estranho?

Fonte: Japão em Foco

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+