• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

5 coisas que seu corpo faz e a ciência não pode explicar

POR A redação    EM Mistérios & Horror      02/09/15 às 18h59

A Ciência sabe muito. Nós exploramos os confins do Sistema Solar, alcançamos o topo das mais altas montanhas e sondamos os oceanos. Mesmo assim, ainda há muito a ser descoberto e um mistério em especial se destaca: você. Bom, mais precisamente: todos nós (embora você seja bastante especial, não se preocupe).

Considerando que passamos muito tempo olhando para dentro de nós mesmos, você poderia pensar que já resolvemos todos os mistérios que nos envolvem, mas este, definitivamente, não é o caso.

Apesara de os cientistas já terem feitos grandes avanços na compreensão do corpo humano como, por exemplo, sequenciar o genoma humano e produzir rins em laboratório, ainda existem algumas perguntas bem mais simples que continuam sem respostas. Por que nos beijamos? Por que existem canhotos? Estas são algumas das perguntas que os cientistas estão se fazendo, e estamos finalmente chegando às respostas.

Mioclonia Noturna

Fall

Você se deita na cama depois de um dia cheio. Já está prestes a adormecer quando MEU DEUS DO CÉU, acorda como se tivesse acabado de cair em um precipício. Este evento pouco agradável é conhecido como mioclonia noturna, é há muitas teorias que tentam explicá-lo. A mais conhecida delas diz respeito a um vestígio dos ancestrais humanos que costumavam dormir em árvores. A mioclonia seria, neste caso, um reflexo que nos impede de rolar para fora do "galho" e cair no chão. Outra teoria diz que a mioclonia tem algo a ver com o seu cérebro não definindo muito bem a transição entre os estados de sono e vigília. Isso sem citar as ideias não científicas que envolvem espíritos e possessões. E você, em que acredita?

Impressões Digitais

Fingerprints

Muitos crimes nunca teriam sido descobertos não fossem pelas impressões digitais, mas a verdade é que não existe um consenso de porque elas existem. A maioria dos vincos em seu corpo são causadas por dobras repetitivas, alongamentos e rugas, mas os padrões únicos nos dedos da mão e dos pés estão apenas , sem um motivo aparente. Os desenhos se formam ainda no útero e, apesar do que acredita a crença comum, nem mesmo gêmeos idênticos possuem a mesma impressão.

Como no caso anterior, muitas teorias tentam explicar as rugas. Segundo uma delas, as impressões seriam uma forma de melhorar a aderência em superfícies molhadas. Outra teoria é que elas aumentam a sensibilidade. Somos capazes de  detectar caroços e inchaços minúsculos através dos dedos. Se este não é o caso, pelo menos é bastante eficaz.

 Beijos

O beijo não é algo que a gente vê no reino animal - na verdade, não é algo que não se vê nem na raça humana como um todo. Isto significa que é um comportamento aprendido culturalmente? Bom, não exatamente, uma vez que o beijo tem efeitos fisiológicos sobre nós, fazendo o corpo liberar o hormônio oxitocina. O mais provável é que seja mais que um simplesmente comportamento cultural.

Cientistas afirmam terem encontrado evidências de que o habito do beijo romântico-sexual está ligado ao surgimento de alguns fatores como a higiene oral e a ascensão de classes sociais de elite que valorizam o autocontrole do afeto e demonstrações afetivas. Uma outra teoria está ligada ainda à cor vermelha. Segundo ela, o ser humano é naturalmente atraído por cores vivas. A teoria ainda sugere que o beijo teria surgido primeiro em regiões onde há proeminência de caucasianos, para depois se espalhar culturalmente por todo o mundo.

Canhotos

Canhoto

Apenas 10% da população mundial é canhota e nós ainda não sabemos bem o porque. O fato de que os seres humanos são tão desiguais, no geral, é bastante desconcertante para os cientistas. O que sabemos é que ser canhoto é uma característica genética, mas esta nem é a parte confusa. Evidências arqueológicas indicam que o valor de 10% de canhotos manteve-se na mesma média ao longo de toda a história. Isso significa que, aparentemente, existe uma estranha constante de pessoas que escrevem com a mão esquerda. Outro fato estranho é que o cérebro de um canhoto é exatamente igual ao de um destro. Como explicar?

Rir

Joker

Apesar de ser algo que fazemos (quase) todos os dias, os cientistas não estão inteiramente certos das razões que nos levam a rir - especialmente porque somos a única espécie capaz disto. Apesar de muitos outros animais possuírem estruturas sociais completas como a nossa, eles parecem não ter o menor senso de humor. Na verdade, nossa risada parece ser mais parecida com o som ofegante feito por jovens macacos quando seus pais fazem cócegas neles, mas como estamos igualmente no escuro a respeito de porque eles fazem isso, não é um fato muito útil.

Além disto, riso não está obrigatoriamente ligado com humor - qualquer pessoa que já tenha rido de uma piada ruim sabe disto. Estima-se que apenas 20% das risadas são, de fato, reais - seja por uma piada ou comentário engraçado, ou mesmo por cócegas. O resto é composto por "risadas" educadas que pontuam uma conversa sem nada de realmente engraçado.

Acredita-se que o riso seja uma questão comportamental. Quando você ri de alguém, você está essencialmente dizendo-lhes que o seu comportamento não é aceitável para o seu grupo, e a pessoa acaba se afastando por conta disto, enquanto rir com alguém é um sinal que o comportamento é aceito dentro do grupo, e a pessoa se sente mais a vontade.

Fonte: What Culture

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+