CuriosidadesHistória

6 verdades desconhecidas sobre a Bíblia

0

Talvez você não saiba ainda, mas, antes de ser confeccionada em larga escala e da maneira como você conhece, a Bíblia não tinha divisões em versículos e tinha vários livros a mais, que hoje não fazem parte da seleção bíblica, mas foram definidos, como contam as histórias, de maneira bastante curiosa. Além disso, talvez você também não saiba ainda que 666 não é realmente um número infernal, e nem Eva foi a primeira mulher batizada por Deus. Pra saber isso e muito mais, confira aqui essas 6 verdades desconhecidas sobre a Bíblia:

Preciosidade

tumblr_mmk2vfQ1g91s9zno7o1_1280

Bíblias antigas estão entre os livros mais caros do mundo dos colecionadores da área, e algumas delas, como a Bíblia de Gutenberg, feita em 1460, são praticamente inestimáveis. Isso porque Gutenberg, pai da impressão em massa e do jornalismo, foi o primeiro a fazer em larga escala o livro, o que ajudou muito na expansão da religião e dos ensinamentos bíblicos na Europa. Existem apenas 60 exemplares dessas edições, 12 em pergaminho e 48 encadernadas, espalhadas pela bibliotecas de Londres, Paris, Washington e Berlim.

Gênese

20121107-100623

A escolha definitiva dos livros que formariam a Bíblia só se deu no Concílio de Niceia, em 325, quando uma “eleição milagrosa”, que é contada de diferentes maneiras. Na primeira, teria acontecido com orações concentradas de bispos, que teria tido como resultado livros “voando” para cima de uma mesa, definindo quais seriam os textos sagrados incorporados nas escrituras bíblicas e quais não. Na segunda, que os evangelhos foram colocados em uma mesa, e os apócrifos caíram sozinhos. A terceira já diz que Deus derrubou as escrituras falsas, e a quarta que o Espírito Santo entrou na sala com os bispos em forma de pombo e sussurrou nos ouvidos dos homens os livros a serem escolhidos.

Versículos

Versiculo

Já a divisão do Antigo Testamento, em versículos, só aconteceu entre os séculos IX e X, por judeus especializados em estudos bíblicos denominados “massoretas”. Usando os estudos desses homens como base, o impressor francês Robert Estienne fez a divisão conhecida no século XVI, que foi chamada de “Bíblia de Genebra” e publicada na Suíça, em 1560.

Jesus era árabe

Aqui como seria o real rosto de Jesus de acordo com a leitura 3D do Santo Sudário, bem longe da visão europeia na qual é retratado:

Eva e Adão?

abraão_e_sara_3

O primeiro nome que Deus dá a uma mulher na verdade é o de Sara, esposa de Abraão. Isso porque seu antigo nome, Sarai, é trocado para Sara (que significa “princesa entre as mulheres”) para denotar o pacto do casamento divino entre ambos, sendo, na verdade, a primeira mulher bíblica.

616, o número da besta

616_noose

Na verdade o número 666 é um erro de tradução, e o real número do capeta – que, a propósito, é um código para o nome do imperador romano Nero – é 616.

 

E aqui você pode conferir algumas histórias bizarras que você não vai acreditar que estão na Bíblia.

Conheça 3 teorias sobre a origem do Papai Noel e o significado do Natal

Matéria anterior

7 fatos curiosos que você não sabia sobre esperma

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos