Curiosidades

7 acidentes terríveis de montanhas-russas

0

Se você é dessas pessoas, que adora adrenalina, com certeza, adora um parque de diversão. E nos parques, provavelmente, a sua atração favorita são as montanhas-russas. Até porque elas são alguns dos brinquedos mais legais de todos. Com seus loopings e altas velocidades, elas são os brinquedos que quase todo mundo enfrenta longas filas para andar.

As montanhas-russas são projetadas para serem atrações divertidas. E exatamente por terem uma natureza complicada, que os brinquedos exigem muitas medidas de segurança, de modo que as pessoas não sigam as leis da física e acabem caindo. Mas a alta velocidade e as acrobacias feitas em montanhas-russas já resultaram em acidentes mortais. Mostramos aqui alguns deles.

1 – Rough Riders

Coney Island já foi o lar de várias montanhas-russas. Mas apenas uma delas teve um acidente realmente fatal, que é o primeiro lugar dentre os mais mortais. A atração se chamava Rough Riders. Ela era uma montanha-russa elétrica, que funcionou de 1907 até 1915. Durante o seu tempo de funcionamento, ela conseguiu matar seis pessoas.

Os carrinhos dessa montanha-russa eram operados por um “motorista” que podia acelerar os carros, conforme ele quisesse. O que dava brecha, para que esse motorista acelerasse os carrinhos, para fazerem curvas muito rápido e acabar causando acidentes. Em 1910, dois carros capotaram por excesso de zelo de um dos motoristas. O carro caiu do pico de 18 metros e 17 pessoas foram para o chão. Mas desses, apenas três morreram. Em 1915, o outro carro saiu dos trilhos, em um acidente parecido e matou o motorista e dois passageiros.

2 – Big Dipper 1972

Essa montanha-russa ficava no Battersea Park, no sul de Londres. Em 1972, um dos trens de madeira, composto por três carros, se descarrilhou e ficou inoperante. Uma das carruagens caiu e ficou pendurado e os passageiros seguravam por sua vida. Algumas pessoas tentaram descer dos carrinhos, mas os balustres cederam.

De acordo com os sobreviventes, foi uma carnificina e havia uma poça de sangue real sob os trilhos. O acidente matou cinco crianças, feriu 16 pessoas e deixou apenas alguns sobreviventes.

3 – Big Dipper de 1930

Esse acidente, que aconteceu em 1930, foi o maior dos Estados Unidos. O parque Krug Park, em Omaha, também tinha uma atração, chamada Big Dipper, que era a atração principal do parque.

Mas o grande sucesso do parque e da sua montanha-russa sofreu um golpe, quando a atração foi ao chão. A queda de 35 metros acabou matando quatro pessoas e deixando outras 17 feridas. E depois desse acidente, o Krug Park nunca mais se recuperou. E em 1940, ele fechou suas portas.

4 – Montanha-russa de Lagoon Amusement Park

Ela era uma montanha-russa de madeira, em Utah, que era assombrada. Entre 1934 e 1989, a montanha-russa foi o cenário de três acidentes fatais. E o mais curioso, é que os acidentes não foram por causa de nenhum defeito dramático.

O primeiro acidente foi em 1934, quando um homem, de 20 anos, tentou ficar em pé em um carro, enquanto ele subia a colina mais alta da atração. Ele acabou atingindo várias vigas transversais. Em 1946, um homem, de 23 anos, morreu enquanto trabalhava em um andaime na montanha-russa. Ele estava trabalhando, enquanto a atração estava em funcionamento, e foi atropelado por um carro. E em 1989, uma menina, de 13 anos, caiu de um carro, depois de, aparentemente, tentar ficar de pé.

5 – Montanha-russa do shopping Mindbender

Essa atração ficava em um shopping no Canadá, e funcionava até 1986, quando matou três pessoas. Supostamente, essa montanha-russa era totalmente segura e era o orgulho do parque Fantasyland, no West Edmonton Mall. Isso, até que um carro ficou preso, no meio de um loop e deixou alguns pilotos pendurados de cabeça para baixo.

Mas esse acidente não foi nada, comparado com o de quatro pessoas, em um carro descarrilhado, que atingiu um pilar a 100 quilômetros por hora e levou quatro pessoas para o chão de concreto. Apenas um dos passageiros, desse acidente, sobreviveu. O acidente foi atribuído ao fabricante da montanha-russa, e depois de atualizar suas medidas de segurança, a atração voltou a funcionar.

6 – Big Thunder Mountain railroad

Essa atração do parque da Disney é um clássico. Mas em 2003, um grupo de visitantes não teve tanta sorte e a atração virou um verdadeiro filme de terror. O carro foi desconectado da sua locomotiva, no meio de um túnel escuro, e conforme os passageiros saiam e corriam para buscar ajuda, algumas pessoas ficaram gravemente feridas.

Um passageiro, que estava no carro da frente, acabou morrendo e teve que ser tirado da atração, por uma equipe de emergência. Ao todo, 10 pessoas ficaram feridas e todos ficaram presos na caverna, por uma hora, até que pudessem ser retirados com segurança.

7 – Wild Wonder

Em 1999, os parques de diversões não estavam tendo o seu melhor ano. Vários acidentes aconteceram, pessoas foram mortas, feridas ou tiveram variados tipos de percalços. Mas nenhum fez o que aconteceu com Wild Wonder. Um dos seu carros foi em direção ao outro, com espectadores, horrorizados, olhando tudo.

O acidente aconteceu quando um carro de duas pessoas estava em seu caminho normal mas, de repente, deu marcha ré, acelerou e bateu em um carro, que estava esperando para começar a sua volta. Esse acidente matou duas pessoas. Era uma menina de oito anos e sua mãe. Além disso, também deixou várias outras feridas.

7 dispositivos que vão facilitar bastante o seu 2020

Matéria anterior

Fãs reagem à surra que Sasuke levou em Boruto

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.