• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 animais que continuam a viver depois de morrer

POR Natália Pereira    EM Mundo Animal      11/06/18 às 15h14

Quando decapitamos um animal, ou fazemos algo que deveria matá-lo, esperamos que o resto do seu corpo pare de se mexer, certo? Afinal, é isso que acontece quando nós humanos morremos e, de alguma forma, esperamos que a mesma regra seja aplicada aos demais animais. Mas, por incrível que pareça, não é bem assim que as coisas funcionam. E, depois de parar para pensar sobre isso, você já deve estar imaginando algumas espécies que se encaixam nessa característica.

Parece nojento imaginar uma situação como essa, e realmente é, mas alguns animais continuam a se mexer mesmo depois de morrerem ou perderem partes do corpo. E, dentre elas, você já deve ter presenciado o momento em que o rabo uma lagartixa continuou balançando mesmo depois de ser separado do seu corpo. E esse não é o único momento em que isso acontece. Todos esses animais passam por situações parecidas quando morrem e, se você tem nojo desse tipo de coisa, é melhor se preparar!

1 - Polvo

Muitos países, principalmente os asiáticos, tem o costume de comer animais marinhos como os polvos. E, caso você ainda não saiba, quando estes estão bem fresquinhos e acabaram de ser cortados o seu estado é similar ao mostrado no vídeo acima. Isso porque os seus tentáculos não precisam estar ligados ao seu cérebro para se movimentarem e guardam mais da metades de todos os neurônios do sistema nervoso central do animal.

2 - Tartaruga

As tartarugas tem a capacidade de viver durante muitos anos e, acompanhando esse seu ritmo duradouro, seus corações acabam conseguindo bater mesmo depois de mortas. E, enquanto um coração humano só é capaz de bater alguns minutos depois de ser retirado, o de uma tartaruga pode suportar cerca de 30 minutos. Isso porque, aparentemente, elas tem uma espécie de célula marcapasso nesse órgão, que permite o bombeamento independente do cérebro.

3 - Sapo

Por mais estranho que o vídeo pareça, ele mostra como os sapos podem se mexer e reagir a estímulos mesmo depois de terem a sua cabeça completamente cortada. E essa ação continua a acontecer desde que tenha uma fonte de energia que a possibilite. Se muitas pessoas já tem nojo desse animal sem saber desse fato, imagina se presenciarem algo assim.

4 - Cobra

A maioria das pessoas, sem dúvida, tem medo de ser atacado por uma cobra. Afinal, algumas delas são venenosas e podem ser mortais. E, se você é uma delas, é bom saber que o seu medo por esse animal não deve acabar no momento em que você acha que ela está morta. O fato é que, mesmo depois de serem decapitadas, esse animal ainda pode te atacar. Isso acontece porque elas tem sensores sensíveis ao calor nos lados do seu rosato e, mesmo quando perdem a cabeça, eles continuam ativos. Fazendo com que elas possam reagir a movimentos próximos a elas.

5 - Moscas da fruta

Essa espécie de mosca pode se realmente assustadora se você parar para pensar sobre esse fato. Afinal, elas conseguem sobreviver durante dias mesmo sem a sua cabeça. Isso acontece porque, depois de perderem esse membro, elas ainda contam com um 'cérebro reserva' que fica em seu corpo e a mantem viva.

6 - Aranhas

Esse pode ser um dos casos mais estranhos até agora, se não for o pior deles. E tudo isso porque algumas espécies de aranhas acabam sendo bem intensas durante a relação sexual e acabaram evoluindo devido esse fato. Acontece que, durante a relação, a fêmea pode acabar quebrando o órgão reprodutor do macho, quando ele mesmo não o faz. E, para que a copulação não seja prejudicada por esse fato, o órgão reprodutor do macho continua ativo mesmo depois de ser separado do seu corpo. Ele fica preso dento da fêmea e continua sua ação 'normalmente'.

7 - Salamandra

Esse animal peculiar pode se regenerar facilmente independente da parte do seu corpo que você decidir cortar. Por isso, acaba tendo uma capacidade incrível de permanecer vivo mesmo quando você acredita ter matado o animal. E, por incrível que pareça, isso pode acontecer até mesmo quando a decapitação incluí matéria cerebral, podendo ser reconstruída.

Como você podê ver, existem diversos animais são capazes de se manterem vivos mesmo depois de um trauma realmente grave, como a decapitação. E, mesmo que não estejam realmente vivos, eles acabam conseguindo movimentar partes do seu corpo durante algum tempo. Sabendo disso, e entendendo a situação, outros animais como as baratas e as galinhas provavelmente também surgiram em sua mente. O que, sem dúvida, mostra o quão estranho algumas espécies podem ser. Mas e aí, o que acharam? Conhecem mais algum que deveria entrar na lista?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+