7 arcos dos quadrinhos que provavelmente nunca veremos no cinema

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      14/11/17 às 14h21

A tendência de adaptar histórias em quadrinhos se instaurou em Hollywood. Especialmente quando o assunto é super heróis. Se por um lado temos pequenos estúdios tentando seu espaço ao sol, de outro há Marvel e DC disputando a atenção do público. E claro, temos também a Sony Pictures e a 20th Century Fox que fazem parte dessa lista. A Fox engatinha rumo à redenção com seus dois últimos longas do gênero: Logan e Deadpool. Ambos um grande sucesso. Já a Sony, desde Homem Aranha 2 (2004) ainda não conseguiu voltar a brilhar. Sua tentativa reside agora no projeto de levar alguns vilões do Cabeça de Teia para o cinema.

Com tantas opções, o que mais os fãs esperam é que suas histórias favoritas sejam adaptadas para a grande tela. As mais famosas costumam ganhar atenção especial e, dentro do possível, são recriadas do cinema. Contudo, existe alguns arcos que, talvez, seja melhor deixá-los apenas nos quadrinhos. Ou quem sabe, no máximo um longa animado. São narrativas mais violentas e, por vezes, controversas. Pensando nisso, selecionamos algumas histórias que, provavelmente, não veremos no cinema.

1 - Crise Final

Todas as vezes que Darkseide está envolvido, podemos esperar uma história bruta. Crise Final é um bom exemplo. A história é audaciosa e mexa com vários meta-humanos que são reunidos a fim de combater o Novo Deus. No fim, as forças do mal são vencidas, porém, a custo da vida de Bruce Wayne. O Cavaleiro das Trevas é morto por Darkseid em batalha. Essa poderia ser uma bela saída de Ben Affleck do Universo Estendido DC. No entanto, é pouco provável que a Warner Bros. aceita matar Batman no final.

2 - Pecados do Passado

Com a morte de Gwen Stacy, O Espetacular Homem Aranha 2 provou que não tem medo de mexer com o emocional de Peter Parker. O personagem não precisou perder uma batalha para ficar destruído. Se isso já foi difícil de ver, imagine se revelassem que Stacy teve um caso com Norman Osborn antes deste o matá-la. Seria algo grosseiro e que, talvez, fosse mal recebido pela audiência. Isso, no entanto, realmente aconteceu nos quadrinhos. Em Sins Past, Norman e Gwen tem um relacionamento amoroso sério. Ela foi até mãe de seus filhos, os gêmeos Gabriel e Sarah Stacy.

3 - Império Secreto

Uma das fases mo mais polêmicas da Marvel teve início ano passado. Capitão América revelou que sempre foi um vilão e esteve o tempo todo operando como agente duplo da Hydra. Ele procura instaurar uma nova ordem mundial por meio do medo e da tirania. Ele aprisiona parte dos Vingadores em uma estação fora da Terra, mata outra parte deles e conquista a S.H.I.E.L.D. No Universo Cinematográfico Marvel, Steve Rogers pode até ser um foragido da justiça atualmente, mas seus atos são justificáveis. Dificilmente o estúdio mostrará essa versão corrompida de Capitão América.

4 - Morte da Família

Coringa retorna a Gotham depois de um período de ausência. Sua pavorosa aparência e seus atos hediondos tornam a história sombria e pesada demais para uma adaptação cinematográfica. A trama é fantástica, mas talvez boa parte do público não teria estômago de encarar um Coringa com o rosto esfolado e depois costurado em sua pele. Batman não é chamado de Cavaleiro das Trevas à toa. Seus vilões o tornaram tão assustador quando eles próprios. Seria sensacional testemunhar Morte da Família no cinema, mas esta é uma história que provavelmente ficará apenas nos quadrinhos.

5 - Ultimate: Avengers

Inúmeros elementos do Universo Cinematográfico Marvel foram retirados dos quadrinhos Ultimate. Uniformes, personagens, personalidades e mesmo algumas histórias. Contudo, uma parte desse mundo certamente será sempre deixada de lado. Em Ultimate Comics: Avengers é revelado que Caveira Vermelha, na verdade, é filho do Capitão América. Inicialmente, ele foi mantido em uma base militar onde poderia ser treinado e testado para servir o exército. Uma vez forte o suficiente, ele matou toda a base e cortou o "rosto que seu pai lhe deu". Por mais que os filmes do Capitão América sejam os mais maduros da Marvel, sem chances de seguirem essa linha.

6 - Crise de Identidade

Liga da Justiça mal debutou nos cinemas, por isso, uma história controversa para a equipe é algo muito improvável de acontecer. Primeiro porque envolve personagens que certamente estão longe de serem introduzidos no universo. Ao menos por enquanto. Na história, a esposa do Homem Elástico é assassinada. Conforme as investigações avançam o caso apenas piora. De fato, os personagens podem ser substituídos. Porém, a Warner Bros. já confirmou Flashpoint, por isso, ela está bem por enquanto.

7 - Deadpool Mata o Universo Marvel

O quadrinho é bastante controverso porque ultrapassa tantos limites que apenas Deadpool poderia lidar. E claro, se tratando do personagem, o que não falta são cenas de violência e muito sangue. Na história, Wade Wilson descobre que está em uma história em quadrinhos, surta e -literalmente - sai matando todo mundo. Por mais descolado que tenha sido o primeiro filme do anti-herói, a Marvel não o deixaria matar seus personagens apenas para satisfazer um pequeno público. Há também o pequeno detalhe de que Deadpool, atualmente, está com a Fox.

Concorda com lista? Acredita que essas histórias realmente são demais para o cinema? Ou acha que com o tempo tudo é possível? Compartilhe sua opinião com a gente.

Via   CB  
Gabi Noronha
Khaleesi do horror, mantedora da zoeira e entusiasta da cultura pop! @gabinoronhaf

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+