O imperador romano Júlio César viveu uma vida incrível, cheia de conquistas, luxúria e algumas traições. Ele foi muito importante no processo de transição do modelo republicano para o Império. Ele é definido por muitos historiadores como o último ditador da República Romana.

Júlio César recebeu treinamento militar e chegou a se tornar general do exercito. O que muita gente não sabe é que o líder romano quase dedicou sua vida ao sacerdócio. Pensando nisso, hoje listamos alguns fatos e curiosidades sobre a vida do imperador que você provavelmente não sabia. Confira!

1 - Jogada estratégica

Em uma viagem de volta para casa, piratas sequestraram o barco de Júlio Cesar. O líder romano então teve uma grande ideia. Ele tentou fazer amizade com os sequestradores e os incentivou a duplicarem o valor de seu resgate. Depois que seu tio pagou por sua liberdade, Júlio César reuniu uma grande frota de homens e foi atrás dos piratas. Quando os encontrou suas gargantas foram cortadas.

2 - Uma forma de elogio

Publicidade
continue a leitura

Dizem que a melhor forma de elogio é a imitação. Bom, o político e militar romano, Júlio César, serviu de inspiração para muitos outros líderes e tiranos na história. O ditador fascista italiano, Benito Mussolini, por exemplo, se via como um novo Júlio César. Ativamente, Mussolini imitava os caminhos seguidos pelo líder dos tempos do Império Romano.

3 - Nunca se esqueça de mim

Muito do que conhecemos sobre o líder romano é devido ao que ele mesmo escreveu sobre sua própria vida. Escritos como seu Commentarii de Bello Gallico, que conta a história das Guerras da Gália, tornaram a tarefa de contar a história de Julio César muito mais fácil. E claro, uma maneira para nunca perdermos os detalhes de como as coisas, de certa forma, aconteceram. Mesmo que contadas por seu ponto de vista.

4 - Problemas de saúde

Publicidade
continue a leitura

Historiadores são divididos quanto ao tópico sobre as condições de saúde de Júlio César. Embora eles concordem que o líder romano tinha vários problemas de saúde, eles não tinham certeza de qual ou quais exatamente eram essas mazelas. Enxaquecas, epilepsia, malária ou teníase. Os registros médicos eram muito mal arquivados, por isso é tão difícil saber exatamente o que ele tinha.

5 - Contribuições

Embora o imperador romano nunca tenha conseguido invadir completamente as Ilhas Britânicas, os escritos de Júlio Cesar que relatavam suas expedições, descrevia detalhadamente a região. Isso ajudou a estabelecer as bases da aquisição romana de sucesso em 43 d.C.

6 - Quase um sacerdote

Publicidade
continue a leitura

Antes de se aventurar na vida militar, Júlio César se dedicava a adorar o deus Júpiter. O que quase o levou a uma vida de sacerdócio. Sacerdotes naquele tempo não podiam tocar em cavalos. Isso se tornou um grande problema para ele, uma vez que ele também queria se juntar às forças militares.

7 - Três vezes amor

Júlio César se casou por três vezes. Sua primeira mulher se chamava Cornélia e morreu durante o parto. Depois, ele se casou com uma mulher chamada Pompeia, da qual ele se divorciou após sete anos de casamento. Sua última esposa, Calpúrnia Pisônia, é a mais conhecida de todas e esteve ao seu lado até sua morte.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Publicado em: 12/02/19 19h06