• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você precisa conhecer sobre a comida mexicana

POR Ana Luiza Andrade    EM Curiosidades      05/09/17 às 14h34

Se você acredita que a comida mexicana pode ser resumida por tacos, quesadillas e guacamole está muito enganado. A gastronomia do México é rica, saudável e calcada em uma tradição milenar que exibe uma grande variedade de ingredientes, que vão muito além dos molhos, queijos derretidos ou dos salgadinhos industriais que usamos para acompanhar os guacamoles, como se fossem "nachos". Os hábitos mexicanos diante das refeições também são bem diferentes da dos brasileiros.

O "desayuno" que é nosso café da manhã oferece pães doces, ao invés do nosso pão salgado. O almoço para eles não começa antes da uma da tarde e eles gostam de apreciar antes do prato principal, uma boa sopa, como a Pozoles. (Ver foto abaixo).

Só depois é servido o plato fuerte (prato principal) que geralmente é uma carne com molho, que acompanha os famosos frijoles (feijão frito), arroz a la mexicana (parecido com o nosso arroz à grega), acompanhado de verduras cozidas e muitas tortillas. Isso segundo a correspondente brasileira, Karine Dantas, que mora no México e escreveu sobre os hábitos alimentares do país para o site Papo de Homem.

Os mexicanos não tem pressa para comer. A reunião ao redor da mesa é também o instante de dividir o momento com a família, que normalmente é grande e muito unida.

Por isso aqui vão outras 7 curiosidades sobre a culinária mexicana que talvez você ainda não esteja familiarizado. Confira:

1 - Milho

Esse é um dos produtos mais consumidos e está sempre presente na comida mexicana. É que o país é um dos maiores produtores de milho em todo o mundo.

Aliás, o milho (chamado de maíz, no México) é a base principal para a preparação das famosas tortillas, e em comparação com o milho brasileiro, o mexicano possui muitas variedades de cores e tipos.

As tortillas são uma espécie de pão achatado que lembra uma panqueca e é utilizado para envolver carnes e outros acompanhamentos que formam um enrolado bastante apetitoso. Elas podem ser usadas na preparação dos tacos, enchilladas e quesadillas.

2 - Guacamole não leva limão

No Brasil tendemos a tendência de abrasileirar todos os pratos internacionais que chegam por aqui. Não há nenhum problema em adaptar uma comida para o nosso paladar. Mas você sabia que o guacamole tradicional não leva limão?

Algumas pessoas ainda se aventuram colocando alho na preparação, mas os mexicanos com certeza não gostariam desse guacamole tão diferente do que eles estão acostumados a preparar e comer.

3 - Ingrediente mais usado

Se você pensou no Chile, você acertou. O chile consiste em uma pimenta frita. Ela é usada em diversos pratos mexicanos, e pode ser encontrado inclusive em sobremesas.

Elas podem ser feitas com a pimenta habanera, jalapeño e podem também ser servidas à parte, para que cada um condimente sua própria comida de acordo com o gosto pessoal. Não é todo paladar que consegue se adaptar à comida caliente ("quente") do México.

4 - Nopales

No México, é comum a preparação de pratos utilizando o nopales, que são frutos do cactos. A parte utilizada não tem espinhos e é doce, muito utilizada para realizar sobremesas e também molhos.

Os nopales são altamente recomendados para quem sofre de hipertensão e possui diabetes. Isso porque eles são ricos em fibras, vitaminas A, C e K, e vários minerais, como o magnésio, ferro, cobre, potássio e cálcio.

5 - Carne vermelha? Nem tanto assim

Se você acredita que os mexicanos preferem a carne vermelha, uma vez que vemos tanto esse ingrediente dentro dos tacos, assim como em outros pratos, esse é um conceito completamente deturpado da gastronomia mexicana.

A cozinha tradicional do México prefere o frango e a carne de porco, em última opção fica a carne vermelha, de acordo com a revista Super  Interesante.

6 - Topopos

Aqueles salgadinhos triangulares que estamos acostumados a comer como se fossem nachos estão mais para o que os mexicanos conhecem como "topopos", que são utilizados como aperitivos.

Os topopos não são condimentados como os salgadinhos industriais e são consumidos como estamos acostumados a imitar: com guacamole. Mas os mexicanos também utilizam para comer com frijoles, mole poblano e salsas.

Os nachos também são consumidos como aperitivos, mas são os topopos que eles utilizam para comer como "base" de outras comidas.

7 - Culinária milenar

A gastronomia mexicana não surgiu da noite para o dia. Grande parte das receitas utilizadas até hoje são as mesmas que se comiam durante o tempo dos Astecas e Maias, civilizações antigas e avançadas que viveram em regiões do México.

A foto acima representa a "Chicomecoatl" que significa "sete-serpentes" e faz referência a deusa asteca da agricultura, principalmente a do milho, tão cultuado pelos mexicanos.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a culinária mexicana? Não esqueça de deixar o seu comentário e aproveite também para compartilhar a matéria com seus amigos e familiares que sabem apreciar essa gastronomia tão rica e deliciosa.

Próxima Matéria
Ana Luiza Andrade
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+