Entretenimento

7 famosos que lutam com a dependência química

0

As pessoas muitas vezes buscam nas drogas e em certos comportamentos, prazeres intensos, que funcionam na maior parte do tempo como escape da suas próprias realidades. Entretanto, os vícios, o abuso de substâncias e o cultivo de certos hábitos podem resultar em diversos problemas e até mesmo em dependência.

E a fama pode cobrar um preço alto de algumas celebridades. Às vezes, elas não conseguem lidar com a super exposição, falta de privacidade, pressão pública, estresse e ansiedade. Consequentemente, em momentos difíceis elas acabam buscando drogas e álcool como uma maneira de fugir da realidade.

E a luta contra o abuso de substâncias sempre é complicado, ainda mais quando se é uma pessoa famosa. Felizmente, algumas dessas celebridades reconheceram seus vícios e fizeram coisas para superá-los. Mostramos alguns casos aqui.

1 – Bento Ribeiro

O ator e humorista abriu o jogo sobre seu vício em drogas, que ele desenvolveu nos últimos anos. Esse vício acabou tendo como resultado a internação dele em uma clínica.

No primeiro episódio do seu podcast “Ben Yur” ele contou sobre sua dependência e que ela foi causada por problemas pessoais. Tudo isso acabou sobrecarregando ele e o impediu até de trabalhar.

“Não conseguia mais fazer humor. Tinha muita coisa na minha vida que eu não estava conseguindo lidar. Tive umas crises, entrei em parafuso e meio que não conseguia trabalhar direito. Minha cabeça estava quebrada por um tempo, muitas coisas pessoais, drogas, m****s que eu fazia. Estava meio perdido”, contou.

Além disso, Bento contou que o vício também provocou mudanças em seu corpo. E ressaltou o medo ao pensar no que poderia ter acontecido se ele não tivesse buscado ajuda.

“Quando você fica desconectado da realidade… Não conseguia me concentrar para mais nada, nem me lembrar das coisas direito, nem prestar atenção em nada direito por mais de cinco minutos. Foi uma bola de neve. Sinto que se eu tivesse continuado na rota que eu estava, eu já teria morrido. Eu fumava três maços de cigarro por dia. Fumava tanto que acendia um e depois outro, esquecendo que já tinha acendido”, disse Bento.

2 – Anthony Kiedis

O vocalista do “Red Hot Chili Peppers” enfrentou um problema com drogas durante anos. Em uma entrevista, ele revelou que fumou maconha pela primeira vez aos 12 anos, até porque seu pai usava bastante substâncias.

O vício de Anthony continuou durante a formação da banda. Tanto que o vocalista foi expulso do grupo por conta do seu problema. Em 1988, o guitarrista da banda, Hillel Slovak, morreu por conta de uma overdose. Isso mexeu muito com Anthony. Ele foi para a rehab e ficou sóbrio por cinco anos.

Desde 2000, o músico está sóbrio. Em 2016, ele voltou a falar sobre o assunto.

“Eu recebo muitas mensagens; parecia que as pessoas realmente se importavam. Meus amigos ligaram, pessoas com quem eu não falava há anos ligaram, mas o que as pessoas pensam ou assumem sobre usar drogas, eu não poderia me importar menos. Não me afeta de nenhuma forma. Na verdade, aconteceu de eu amar estar sóbrio, mas eu também amava ficar bêbado às vezes. Estar sóbrio para mim é um prazer, eu fico muito alegre, funciona para mim. Eu posso surfar, sair com o meu filho, cantar, então eu estou bem”, disse.

3 – Noah Centineo

O astro de “Para todos os garotos que já amei” contou sobre seus vícios. Eles começaram quando o ator tinha somente 17 anos. Noah contou em uma entrevista para “Harper’s Bazaar” que tudo começou quando ele estava começando sua carreira em Hollywood.

“Há um sindicato de, tipo, 500 a mil garotos na indústria do entretenimento que estão tentando fazer sucesso agora e tudo o que eles fazem de segunda a segunda é ir à festas todas as noites. O que mais gostava de fazer com os amigos era tomar ecstasy e conversar por cinco horas e chegar ao fundo de algumas questões profundamente filosóficas. Não havia muita coisa que eu não usava. Eu nunca, nunca injetei nada, o que é bom. Eu fumava muitas coisas. Eu estava muito chateado, cara. Foi um período muito sombrio da minha vida”, contou.

E antes de fazer 21 anos, o ator que atualmente tem 23 decidiu ficar sóbrio.

4 – Fábio Assunção

Em uma entrevista à revista “Trip” o ator contou a respeito dos seus problemas no passado.

“A primeira vez que achei que as coisas estavam saindo do meu controle, em 2008, fui ao Alcoólicos Anônimos (AA). Estava me sentindo envergonhado, muito preocupado com as pessoas saberem. Cara, na hora que eu saí, tinha um paparazzo do lado de fora. Então, eu nunca tive a possibilidade de viver esse processo com privacidade”, disse ele.

“Se você está feliz, se está com saudade, se tem uma perda ou se acaba um relacionamento, tem que vivenciar isso e dói. Essas coisas…todo mundo sente o impacto desses sentimentos, não são sentimentos fáceis. Então acho que fazer uso de substâncias químicas foi uma forma de não sentir, uma coisa que eu não tinha preparo para me relacionar”, lembrou o ator sobre o motivo que o levou a usar substâncias.

E Fábio Assunção também disse para as pessoas que sofrem com essa situação buscarem ajuda.

“Qualquer questão na vida da gente, o que faz piorar é não compartilhar. Não estou falando só de drogas, mas de qualquer questão. Se você guarda para você e não divide, a tendência é que isso vire um fantasma em sua vida. Falar sobre isso e desmistificar esse tema”, disse.

5 – Giovanna Chaves

A ex-atriz mirim do SBT usou o seu Twitter para revelar que estava fazendo abuso do álcool e que por conta disso ela tinha começado a fazer terapia. Giovanna ficou famosa por fazer a novela “Cúmplices de um resgate”.

“Gente, tive probleminhas sérios e descontei tudo em bebida, e foi bem bad porque entrei num ciclo vicioso de só fazer m***a. Hoje começo terapia, porque realmente preciso e espero que vocês me acompanhem nesse processinho que não é tão legal, né? Nunca é tarde para melhorar, e tô bem feliz que consegui perceber que precisava de ajudinha”, escreveu.

6 – Taryn Manning

A atriz conhecida por sua personagem Pensatucky, da série “Orange is the New Black”, disse em uma entrevista ao TMZ sobre seu vício com álcool. Taryn quis deixar claro que ela estava  buscando meios para se manter sóbria.

“Eu agradeço todos os dias por ter chegado a aquilo que alguns chamam de fundo do poço. Alguns dias são ruins, outros são piores. Não me envergonho desse obstáculo, pois eu já aceitei que é ok não estar sempre bem”, disse.

7 – Elton John

Em sua autobiografia, o cantor comentou uma passagem importante da sua vida. A situação foi quando ele conheceu Ryan White, um jovem portador do vírus da AIDS, que o ajudou a superar seu vício em drogas e álcool.

“Quando Ryan morreu em abril de 1990, aos 18 anos, eu não sabia como conversar com alguém a menos que eu estivesse sob o efeito de drogas e álcool. Após o seu funeral, eu voltei para Londres e me tranquei em casa, o que se tornou meu hábito. Meus valores foram enterrados embaixo da minha autodestruição. Mas estou aqui por causa de Ryan”, contou.

Por que o café desperta a vontade de fazer xixi?

Matéria anterior

7 absurdos vistos nas nossas séries preferidas

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.