• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 fatos sobre a vida e morte de Juscelino Kubitscheck

POR Mateus Graff    EM História      13/09/18 às 20h01

Juscelino Kubitschek de Oliveira foi um médico, oficial da Polícia Militar mineira e político brasileiro que ocupou a Presidência da República entre 1956 e 1961. JK é considerado por muitos como um dos melhores presidentes que o Brasil teve. Essas considerações talvez são dadas devido ao progresso que JK trouxe para o nosso país. Mas vem vá, o quanto você sabe sobre a vida desse grande homem?

Bom, tendo em mente que todo brasileiro deveria saber ao menos o básico sobre a vida de Juscelino Kubitschek, resolvemos trazer para vocês alguns fatos sobre esse homem, desde o começo de sua vida até o acidente que acabou o matando. Então, confiram agora a nossa matéria com os 7 fatos sobre a vida e morte de Juscelino Kubitscheck:

1 - Origens

Juscelino era mineiro, nascido na linda cidade de Diamantina. Sua mãe o colocou no mundo no dia 12 de setembro de 1902. Juscelino era filho do caixeiro-viajante João César de Oliveira e da professora Júlia Kubitschek. Infelizmente ele ficou órfão do pai com apenas três anos de idade. Juscelino cresceu, estudou no Seminário de Diamantina, mesmo lugar onde concluiu o curso de Humanidades. No ano de 1919 ele prestou concurso para telegrafista. No ano seguinte foi morar em Belo Horizonte e depois desbravou o mundo.

2 - Ingressando na política

Juscelino entrou na política em 1934 como chefe de gabinete de Benedito Valadares, que no caso era interventor federal de Minas Gerais. Naquele mesmo ano, Juscelino se elegeu deputado federal, mas perdeu o mandato em 1937. Depois ele foi prefeito de Belo Horizonte entre 1940 e 1945, na administração que impulsionou o nome do arquiteto Oscar Niemeyer. Depois, ele foi eleito deputado federal em 1946, governador de Minas Gerais em 1950 e depois foi eleito presidente da república em 1955.

3 - Hábitos de JK

Querem saber sobre os hábitos de Juscelino? O finado ex-presidente gostava de tirar os sapatos em todas as cerimônias, mesmo que fosse na frente dos fotógrafos. A explicação é que ele tinha um problema no dedo mínimo do pé. Juscelino bebia no máximo uma taça de vinho, mas o que ele gostava mesmo era o champanhe rosé. Ele amava ficar sacudindo o copo para escutar o barulho dos cubos de gelo. Ah, Juscelino também era um bom dançarino, tanto que era conhecido como "pé de valsa". Seus hábitos eram simples, ele comia frango e costelinhas com as mãos. Geralmente só almoçava rodeado por no mínimo dez pessoas e amava a culinária mineira.

4 - JK como presidente

Juscelino Kubitschek criou um Plano de Metas com 31 objetivos. As prioridades eram: energia, transporte, alimentação, indústria de base e educação. Ele construiu duas usinas elétricas, grandes rodovias e pavimentou rodovias já existentes. Mas o objetivo central do seu Plano de Metas era a construção de Brasília, que foi obtido com sucesso. Os planos urbanísticos e arquitetônicos ficaram por conta do grande Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. Depois de mil dias de obras, no dia 21 de abril de 1960, Juscelino Kubitschek inaugurou a cidade de Brasília, a nova capital do Brasil.

5 - "Pós-presidência"

Juscelino Kubitschek entregou o poder a Jânio Quadros em 1961. No ano seguinte, ele foi eleito senador pelo estado de Goiás e em 1964, ele foi cassado pelo governo militar, tendo todos os seus direitos políticos suspensos por dez anos. Ele se exilou em Nova York e depois em Paris. Na volta para o Brasil, ele começou a trabalhar em empresas privadas e a escrever suas memórias. Em 1975, torna-se membro da Academia Mineira de Letras. Em 1976 aconteceu a "tragédia" que todos vocês conhecem.

6 - A morte de JK

Todos vocês sabem que Juscelino Kubitschek morreu em um acidente de trânsito, certo? Bom, no dia do ocorrido ele viajava de São Paulo para o Rio de Janeiro no banco de trás do seu Opala. Juscelino parecia ser um tanto apaixonado pelo carro, tanto que ele o chamava de Platão. A perícia indicou que o automóvel seguia pela rodovia Presidente Dutra no quilômetro 165, quando supostamente foi atingido por um ônibus. O veículo ficou desgovernado, cruzou o canteiro e se chocou com outra carreta na contramão. Platão, o carro, foi arrastado por 30 metros e ficou completamente destruído. Juscelino Kubitschek e seu motorista particular, Geraldo Ribeiro, morreram na hora.

7 - Acidente ou homicídio?

Depois de 37 anos da morte do ex-presidente, a Comissão da Verdade da Câmara Municipal de São Paulo declarou em 2013 que a morte de JK foi um complô do governo militar que vigorava o país. Ele foi vítima de "conspiração, complô e atentado político", mas durante muito tempo acreditou-se que ele tivesse morrido em um acidente por acaso. Sabe essa suposta batida com o ônibus que citamos no item anterior? Pois bem, isso tudo pode passar de balela.

Isso porque o ex-motorista da Viação Cometa (do ônibus que supostamente bateu no carro de JK), Josias Nunes de Oliveira, disse à Comissão que o carro onde JK estava passou o ônibus pela direita, sem colidir com o mesmo. O motorista ainda disse que pessoas ofereceram dinheiro para que ele assumisse a culpa. Os laudos apontaram que realmente o veículo de JK nem chegou a encostar no ônibus e os passageiros confirmaram.

Tudo isso ajudou a criar a tese de que o motorista do Opala de JK perdeu o controle do carro após ser atingido por um tiro na testa. Ademar Jahn, um motorista de caminhão que estava próximo ao local do acidente, disse que pouco antes de batida viu o motorista debruçado e com a cabeça caída entre o volante e a porta do automóvel. As marcas do tiro nunca foram registradas na perícia. E um raio-X, que poderia denunciar o impacto da bala, nunca foi feito.

Bom, depois de toda essa história muito mal contada, foi declarado que a morte de Juscelino Kubitscheck foi realmente um homicídio.

E você, sabia de todas essas coisa sobre a vida do finado ex-presidente brasileiro? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+