• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 fatos terríveis sobre a Necrofilia

POR Lucas Curado    EM Mistérios & Horror      19/03/18 às 18h17

Quando nós ouvimos a palavra necrofilia, muitas vezes isso nos dá um frio na coluna. Esse tipo de ato sexual e fetiche está associado com uma das coisas mais temidas pela humanidade... A própria morte. Manter relações com cadáveres é considerado como uma parafilia, ou seja, comportamentos sexuais com objetos inanimados, ou sem consentimento, com sofrimento ou humilhação.

No caso da necrofilia, é uma questão sobre ter uma relação com alguém que não vai dizer "não". Existem vários tipos de necrofilia, desde o "mais leve" a atos absurdos e homicidas. De qualquer forma, necrofilia é tido como crime e é algo extremamente mal visto socialmente... Para não dizer que é algo bizarro.

Hoje a Fatos Desconhecidos explora esse universo medonho da necrofilia e do fetichismo com mortos e corpos. Por mais que a necrofilia não seja considerada uma doença, ela ainda sim é vista como algo estranho e inaceitável. Muitas vezes pessoas que praticam esse tipo de "sexo", tendem a ser pessoas "mais perturbadas". Descubra 7 fatos terríveis sobre a Necrofilia.

1 - Psicopatia "sexualis"

A primeira vez que necrofilia é mencionada foi em 1850, por um psiquiatra belga chamado Joseph Guislain. Contudo, a primeira descrição feita com riqueza detalhes foi dada em 1885, no livro Psychopathia Sexualis de Richard Von Krafft-Ebing. O livro comenta que é necessário uma sexualidade perversa para sobrepujar o instinto natural de repugnância.

2 -"Coisa de homem"

Em uma pesquisa feita nos últimos anos, 95% dos casos de necrofilia foram praticados por homens. Somente 15% de mulheres já cometeram necrofilia dentro do grupo analisado. Contudo, é tido que 100% do casos de necrofilia que envolvem assassinatos tem participação ou é protagonizado por um homem.

3 - Existem 4 tipos

Existem quatro formas de categorizar a necrofilia. A primeira é a mais macabra: a Necrofilia Homicida. Há também os necrófilos "comuns", os Fatantasizers e os Pseudo-Necrófilos. Cada um desses com suas características específicas.

4 - Homicídio Necrofílico

Esse tipo de necrófilo é considerado o mais terrível de todos. Apesar de não ser algo comum, são essas pessoas que matariam para poder satisfazer seu desejo. Essas pessoas normalmente são psicopatas ou simplesmente pessoas com distúrbios graves.

5 - Necrofilia Comum

Essas pessoas normalmente fantasiam experiências com cadáveres e muitas vezes utilizam-se de corpos mortos para obter prazer. O ato se torna rotineiro em suas vidas, não é atoa que muitas dessas pessoas trabalham em necrotérios e cemitérios.

6 -  Pseudo Necrófilos

Diferente dos necrófilos comuns, os pseudo necrófilos são aquelas pessoas que já passaram pela experiência uma vez, mas sem planeja-la. De qualquer, maneira é algo bizarro.

7 - Necrofilia na história

Algumas sociedades antigamente tinham maior liberdade para praticar a necrofilia, muitas vezes por sua própria crença. Um exemplo disso são os egípcios, cuja algumas de suas próprias divindades teriam consumado o ato sinistro. Quando Seth matou Osíris, segundo o mito, Ísis reuniu todas as partes retalhadas do corpo do marido e para ressuscitá-lo e transar com seu cadáver.

E aí, o que achou dessa matéria? Deixe seu comentário e até a próxima pessoal.

Próxima Matéria
Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+