Fantasia é um dos gêneros mais adorados em qualquer mídia. O uso de elementos mágicos e sobrenaturais sempre atraiu pessoas a consumir as mais diversas histórias ao longo dos anos. Embora a fantasia exista desde as odes gregas, a contemporaneidade foi impactada pelas obras literárias de J.R.R Tolkien. O filólogo, professor e escritor revolucionou a área e se transformou no pai da fantasia moderna. No começo dos anos 2000, Peter Jackson adaptou O Senhor dos Anéis para o cinema e fez um belo e rentável trabalho. Assim como o material original, o filme também se tornou referência.

Temos vários exemplos de filme de fantasia desde a criação do cinemascope. No entanto, a frequência de produção do gênero passou a ser proporcional ao avanço tecnológico da arte. Apesar de ajudar consideravelmente a contar a história, vale lembrar que CGI não é tudo. Por isso, separamos alguns exemplos ruins que fracassaram na bilheteria, seja pela qualidade ou pela mesmice. Confira.

1 – Rei Arthur: A Lenda da Espada (2017)

A beleza de Charlie Hunnam não foi suficiente para fazer o filme alcançar o sucesso. A história reconta, pela “quadragésima” vez, a vida de Arthur. Retirado do berço de ouro, criado nas ruas, único homem a conseguir puxar a espada da pedra, lidera uma rebelião no reino e se torna uma lenda. O filme teve o acréscimo de cenas cômicas para tentar diferenciar de trabalhos anteriores, porém, não conquistou público e nem a crítica. Com orçamento estimado de U$175 milhões dólares, o longa teve bilheteria mundial de apenas U$140 milhões.

2 – O Caçador e a Rainha do Gelo (2016)

Publicidade
continue a leitura

Continuação do Branca de Neve e o Caçador, de 2012, o filme provou que o problema do primeiro não era a Kristen Stewart. O elenco cheio de estrelas se deparou com uma bilheteria nublada, público desinteressado e uma crítica raivosa. A história é um prelúdio de amor proibido que tenta sobreviver às maldades do reino. O filme conta com Charlize Theron, Jessica Chastain, Emily Blunt e Chris Hemsworth. Teve custo estimado de U$115 milhões e tímidos U$165 milhões de retorno.

3 – Pan (2015)

Como o nome bem sugere, o filme é mais uma adaptação da história Peter Pan. O filme mostra a história de Peter muito antes de ele ser o queridinho dos Garotos Perdidos. Apresenta a jornada percorrida por ele, desde sua estadia no orfanato desse plano, seu sequestro pela tripulação do Barba Negra, até seu aprisionamento e rebelião na Terra do Nunca. Apesar de ser bonitinho, a nova história de Peter Pan não agradou geral. Teve orçamento de U$150 milhões e bilheteria mundial de apenas U$128 milhões.

4 – 47 Ronin (2013)

Publicidade
continue a leitura

O bacana de Keanu Reeves é que ele não tem medo de se envolver em nenhum projeto. Se ele gostou, costuma aceitar, especialmente depois de ter alcançado estabilidade financeira na vida. Foi assim que ele se envolveu, por exemplo, com 47 Ronin. O filme gira em torno de um grupo de samurais em busca de vingança pela morte e desonra de seu mestre. Com orçamento de U$175 milhões, o projeto arrecadou U$151 milhões em bilheteria mundial.

5 – A Lenda (1985)

Tom Cruise conquistou o mundo e, recentemente, dominou as bilheterias com Missão Impossível: Efeito Fallout. Entretanto, o ator nem sempre teve lucro. Acredite, Cruise também já participou de algumas bombas aqui e ali. Antes de engrenar de vez no mundo da ação, ele se aventurou pela fantasia A Lenda, há algumas décadas. Na história, Cruise precisa salvar o mundo – claro – do Diabo e ainda impedir que ele se case com a garota que ama. O filme foi baratinho para os padrões atuais, com orçamento de U$24 milhões. Ainda assim, rendeu apenas U$15 milhões na bilheteria mundial.

6 – Uma Garota Encantada (2004)

Publicidade
continue a leitura

Antes de cantar para ganhar o Oscar, Anne Hathaway fez algumas comédias duvidosas anos atrás. Em Uma Garota Encantada, Hathaway foi colocada sob um feitiço quando neném: o de obedecer à risca tudo que outras pessoas lhe falam. Cansada de sua condição, ela parte em busca de sua fada madrinha a fim de retirar tal feitiço. Na verdade, se encarado de forma descontraída, o filme pode ser divertido. Mas a bilheteria não foi carinhosa com ele. Com orçamento de U$35 milhões, ele arrecadou U$27 milhões apenas.

7 – Dungeons & Dragons: A Aventura Começa Agora (2000)

Com esfeitos especiais grotescos, performances pavorosas e história mal contada, Dungeons e Dragons é um dos piores filmes de fantasia já feitos. Para o desespero dos fãs do RPG. O filme se passa no Império de Izmer, e mostra a tentativa de um mago em realizar um golpe de Estado para derrubar a Imperatriz. Para tanto, ele toma o controle dos dragões do mundo, enquanto dois ladrões saídos do nada tentam ajudar a salvar o reino. As quase duas horas de tortura custaram U$45 milhões para a New Line e rendeu míseros U$33 milhões em bilheteria global.

Publicado em: 26/09/18 15h20