7 lendas de seres humanoides aquáticos

POR Lucas Curado    EM Entretenimento      19/03/18 às 12h53

Desde os primórdios da humanidade, nós sempre olhamos para o mar como algo grandiosos e guardião de grandes mistérios. Da mesma forma que nós tivemos laços muito fortes com o esotérico e o místico. Não foi por acaso que surgiram tantos seres lendários antropomórficos que seriam habitantes do oceano.

A sereia, dentro de todas essas criaturas, talvez seja a mais conhecida. Contudo, ela não é a única. Em diversas culturas e lugares do mundo temos exemplos folclóricos de seres metade humanos, metade peixes. Aqui no Brasil  temos a famosa Iara, que está dentro do folclore nativo.

Hoje a Fatos Desconhecidos viaja para as profundezas místicas do mar para encontrar algumas espécies lendárias de humanoides. Eles são metade humanos, metade peixes e vivem nas profundezas das águas mais escuras e abissais. Alguns assumem formas bestiais, outros são seres civilizados. Conheça 7 lendas de seres humanoides aquáticos.

1 - Adaro

O Adaro seria uma criatura que, como muitos dos seres que você verá aqui, é metade humano, metade peixe. Ele supostamente habitaria as águas marítimas das Ilhas Salomão e é visto não só como um ser mágico, mas como um anjo caído ou demônio.

2 - Yacuruna

O Yacuruna seria um uma raça de seres aquáticos humanoides que viviam em alguma região próxima da Amazônia. Eles seriam criaturas similares a seres humanos, porém com com pés, mãos e a cabeça ao contrário. Outros dizem que eles possuíam mãos e pés com membranas e uma aparência de peixe. Esses seres moravam em cidades submersas feitas de cristal e usariam conchas e escamas de peixes para se enfeitar.

3 - Finfolk

Segundo lendas escocesas e irlandesas, o Finfolk seriam metamorfos que poderiam tanto assumir a a forma de pessoas, como de peixes.  No inverno eles viviam em sua cidade submersa e no verão iam para um ilha chamada Hildaland.

4 - Umibozu

Umibozu, também chamado de monge do mar, era uma lenda japonesa de uma criatura que aparecia quando uma tempestade estava para chegar. É dito que marinheiros que estavam navegando à noite em águas calmas e vissem as sombras dessas "cabeças gigantes" estariam encrencados.

5 -  Oannes

Na Babilônia, Oannes era tido como um deus anfíbio. Sua aparência era de um homem com uma longa barba e que vestia um capuz e "sobretudo" de peixe. Em algumas ilustrações ele ainda possui pernas saindo da "roupa de peixe". Oannes teria emergido das águas quando a humanidade pediu conselhos aos deuses de como reconstruir a sociedade.

6 - Vodyanoy

Vodyanoy seria algo como um espirito guardião das águas, segundo a mitologia eslava. Este ser recompensava todos aqueles que tratavam as águas com respeito com fartura na pesca e joias preciosas. Ele controlava todos os seres da água e possuía a aparência de um velho sábio.

7 - Ipupiara

O Upipiara seria algo como uma homem-peixe que habitava o litoral e águas brasileiras. Muitos dos exploradores do velho mundo acreditavam que ele tinha o péssimo hábito de matar as pessoas por estrangulamento. Depois de estranguladas, suas vítimas tinham os olhos, dedos, pés ou a genitália devoradas pela criatura.

E aí o que achou dessa matéria? Deixe seu comentário e até a próxima.

Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento tem o único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+