• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 mais perturbadores achados históricos de todos os tempos

POR Isabela Araujo    EM Curiosidades      09/07/18 às 19h44

Descobertas como fragmentos de ossos, restos de pessoas mortas, objetos estranhos são descritos por algumas teorias muitas vezes como improváveis. Alguns deses vestígios são verdadeiros mistérios ou possuem histórias bizarras por trás da sua origem.
Vira e mexe arqueólogos, especialistas e cientistas encontram artefatos bizarros que geram muitas dúvidas e perturbação. O avanço nas pesquisas arqueológicas estão cada vez maiores e nos surpreendem a cada achado perturbador. Confira algumas descobertas que deixarão você no mínimo assustado:

1. Ossos enterrados

Em 2007, alguns arqueólogos encontraram um crânio de 9.300 anos de idade, enterrado com os restos de duas mãos decepadas. Essa descoberta bizarra aconteceu em Lapa do Santo, no interior de Minas Gerais. Embora entendessem que os restos eram de uma vítima de sacrifícios rituais, os arqueólogos ficaram assustados devido ao arranjo do crânio e das mãos. O resto da mão esquerda estava cobrindo o lado direito da cabeça e apontando para cima, já a direita cobrindo o lado esquerdo da cabeça e apontando para baixo.

2. Irrigador vaginal

Sim, isso mesmo. Você não leu errado. O objeto foi encontrado em uma pilha de lixo. Era um cilindro fino feito de osso com roscas de parafuso em cada extremidade, uma parte perfurada e uma tampa com um furo em seu centro. Um dos membros da equipe de, Lisa Geiger, viu um objeto semelhante enquanto trabalhava em um museu da Filadélfia. Só assim o objeto foi identificado como uma seringa ou irrigador vaginal. As mulheres do século 19 usavam o artefato estranho a fim de prevenir a gravidez, se limpar ou para tratar doenças sexualmente transmissíveis. Irrigadores similares aos encontrados, foram vistos em um antigo bordel durante uma escavação arqueológica em Boston. Bizarro, né?

3. Ereção da múmia de Tutancâmon

O corpo do Rei Tut encontrado em 1924 ficou conhecido como a múmia de Tutancâmon. O que muita gente não sabe é que quando a múmia do rei, foi encontrada, ela estava com uma "ereção milenar". Segundo teóricos, o rei não foi embalsamado dessa forma à toa. O órgão ereto representaria um simbolismo à esperança do povo de que as coisas voltariam a ser como eram antes. Osíris também foi enterrado dessa forma. Esse é sempre desenhado como um homem de pele negra, com uma coroa branca na cabeça e com o órgão "em pé".

4. Seringa peniana

Aposto que você já ouviu falar no Barba Negra. Ao contrário do que muitos pensam, ele realmente existiu. O pirata inglês foi capitão da Queen Anne"s Revenege e sofria com sífilis. Ele utilizava a seringa de 15 centímetros para tratar da doença. Esse objeto bizarro foi encontrado em 1996 por arqueólogos na região da Carolina do Norte, no naufrágio do barco de Barba Negra. A seringa era inserida na uretra de Barba, com uma dose de mercúrio. O coitadinho do Barba Negra não sabia que a seringa aliviava os sintomas, mas acabava o envenenando ao mesmo tempo. Um tanto quanto constrangedora essa descoberta...

5. Privada do Império Romano

Durante uma escavação em Vindolanda, no Norte da Inglaterra, arqueólogos encontraram uma privada utilizada na época do Império Romano. Feita de madeira e rente ao chão. O objeto só foi encontrado porque o solo do lugar é pobre em oxigênio.

6. Pedras em formatos de esferas

Um tanto quanto sem explicação, essa descoberta chamou a atenção de alguns cientistas pois a forma das pedras é perfeitamente redonda. Feita de diferentes materiais como pedra calcária, arenito e rocha magmática, cada pedra pesa cerca de 16 toneladas.

7. Geoglifos na Amazônia

Muitas descobertas aconteceram no Brasil. Uma delas foi a marca de desenhos em formato geométrico de 2000 anos de idade - os geoglifos de cerca de dez metros de largura e entre dois e três metros de profundidade. Em formato de círculos e quadrados, as antigas terraplanagens permaneceram ocultas até 1977, quando o pesquisador Ondemar Dias, do Instituto de Arqueologia realizou a descoberta. Alguns dizem que os geoglifos foram feitos por índios Aruaques que habitaram a Amazônia séculos atrás.

Próxima Matéria
Isabela Araujo
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+